Como funciona uma plataforma de Telemedicina na nuvem?

Por Dr. José Aldair Morsch, 15 de julho de 2019
plataforma de telemedicina

O termo plataforma de telemedicina faz referência ao formato de um sistema de telemedicina online de atendimento global, usando a tecnologia da informação e comunicação.

Esse sistema é fruto da evolução da comunicação em saúde, que teve início com o emprego das primeiras tecnologias da informação e comunicação (TICs), como o telégrafo, para o compartilhamento de dados médicos.

Mas foi a partir dos anos 2000, após a popularização da internet no Brasil e no mundo, que surgiram portais de telemedicina semelhantes aos utilizados nos dias de hoje.

Eles seguem protocolos de segurança e atendimento criados por entidades como o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS).

É o que garante a troca de informações e entrega de laudos a distância com agilidade e eficiência.

Solicite um orçamento

Se você quer saber mais sobre essa tecnologia inovadora, continue lendo este artigo.

A partir de agora, vou tratar do funcionamento, legislação e de que maneira a plataforma de telemedicina pode aumentar as receitas na sua clínica ou hospital.

Boa leitura!

O que é uma plataforma de telemedicina?

plataforma de telemedicina?

O que é uma plataforma de telemedicina?

Plataforma de telemedicina é um sistema de registro eletrônico em saúde que engloba uma série de ações para transmissão, compartilhamento e armazenamento de arquivos digitais na nuvem (local de arquivamento na internet).

BAIXE E-BOOK E APRENDA A IMPLANTAR A PLATAFORMA AGORA!

Esse portal oferece diversas vantagens aos profissionais de saúde, como laudos médicos com mais agilidade, prontuários eletrônicos que podem ser monitorados à distância e resultados de exames em poucos minutos.

Ou seja, a partir da troca de dados entre profissionais de saúde, a plataforma facilita sua rotina e leva informação de qualidade até os locais mais remotos.

Esses sistemas viabilizam uma forma mais acessível de obter laudos médicos de qualidade, com benefícios como agilidade, eficiência e redução de custos.

Benefícios em usar uma plataforma de telemedicina

Benefícios em usar uma plataforma de telemedicina

Benefícios em usar uma plataforma de telemedicina

Contar com uma plataforma de telemedicina intuitiva e moderna agrega vantagens para unidades de saúde, médicos e pacientes.

Uma das facilidades de um sistema de telemedicina é o armazenamento dos documentos médicos em formato digital, que dispõem de um espaço imenso quando arquivados na nuvem, dispensando as cópias em papel.

Sempre que necessário, laudos, prescrições e outros arquivos podem ser consultados e comparados através de simples pesquisas no portal de telemedicina.

Outra vantagem interessante é a possibilidade de ampliar o portfólio, ofertando novos exames ou especialidades aos pacientes com o suporte da telemedicina.

Para isso, basta treinar um técnico em radiologia ou enfermagem para conduzir testes simples de diagnóstico e enviar os registros através da plataforma.

A interpretação dos achados e emissão de laudos online podem ser delegadas inteiramente aos especialistas da empresa de telemedicina.

A plataforma viabiliza a telemedicina para todas as regiões do Brasil

A plataforma viabiliza a telemedicina para todas as regiões do Brasil

A plataforma viabiliza a telemedicina para todas as regiões do Brasil

A plataforma de telemedicina é o instrumento que conecta especialistas a estabelecimentos de saúde em qualquer lugar do país, desde que haja conexão com a internet.

Assim, é possível minimizar problemas como a carência de mão de obra médica em regiões remotas e a superlotação e espera por resultados de exames em grandes centros urbanos.

Nas cidades pequenas, muitas vezes, é preciso percorrer longas distâncias para ter acesso a exames de diagnóstico de qualidade e laudos rápidos.

Mas esse quadro está mudando graças aos portais de telemedicina, que permitem que os testes sejam laudados a distância, com a mesma qualidade e segurança dos documentos produzidos in loco.

Já nos municípios maiores, em que há especialistas, por vezes, esses profissionais ficam sobrecarregados pelas longas jornadas e responsabilidades nos hospitais e clínicas.

Logo, o apoio de um time completo de especialistas via plataforma de telemedicina reduz a sobrecarga de trabalho, já que os especialistas locais não precisam dedicar horas de trabalho à interpretação de exames.

Em todo caso, o uso da plataforma deixa as equipes de saúde mais produtivas, e os pacientes, mais satisfeitos.

Diferença entre a plataforma de telemedicina e o atendimento convencional

Diferença entre a plataforma de telemedicina e o atendimento convencional

Diferença entre a plataforma de telemedicina e o atendimento convencional

Mencionei, nos tópicos acima, os principais benefícios de apostar em uma plataforma de telemedicina.

Agora, farei uma breve comparação desse sistema com o atendimento convencional, destacando outras vantagens.

1. Redução da sinistralidade e absenteísmo

Faltas e outras ausências fazem parte do dia a dia de qualquer empresa, concorda?

Porém, a ausência de um especialista local pode prejudicar o desempenho de toda a equipe de saúde, resultando em atrasos na entrega dos laudos e reclamações dos pacientes.

Esse efeito pode ser reduzido com o uso de uma plataforma de telemedicina, que coloca todo um time de especialistas à disposição da clínica para laudar exames, esclarecer dúvidas e emitir uma segunda opinião quando necessário.

O auxílio desse time também reduz as chances de erros e outros incidentes nas unidades de saúde.

2. Eficiência na clínica com redução de custos

Comentei, antes, como o portal de telemedicina ajuda a aumentar a produtividade, culminando em maior eficiência na emissão de resultados dos exames.

Esse fator diminui os custos com a contratação de novos especialistas locais, que são cobertos pelos profissionais da telemedicina.

Outra atitude que colabora para a redução de despesas é a eliminação dos gastos com papel, impressoras e tintas devido ao uso de documentos digitais.

3. Maior agilidade no atendimento

Interpretar exames e produzir laudos de qualidade é uma tarefa complexa e que exige dedicação exclusiva para ser concluída rapidamente.

O problema é que nem sempre os especialistas locais dispõem de períodos em que podem parar com as demais atividades para avaliar os testes de diagnóstico.

Já os especialistas da empresa de telemedicina permanecem focados nessa tarefa, iniciando a análise dos dados assim que são compartilhados na plataforma.

Desse modo, os laudos digitais ficam prontos no sistema de telemedicina em poucos minutos, conferindo agilidade ao serviço.

4. Registro de dados e histórico de forma segura e permanente

O armazenamento na nuvem forma um histórico organizado e acessível a partir de pesquisas rápidas no portal de telemedicina.

Ele também segue os padrões de segurança exigidos na legislação brasileira, mantendo os documentos médicos guardados de maneira permanente e protegidos por senhas, criptografia e outros mecanismos.

No sistema de telemedicina, laudos e os demais registros que fazem parte do prontuário eletrônico do paciente (PEP) também ficam preservados de danos pela ação do tempo.

5. Acesso aos laudos de exames de qualquer lugar

Portando login e senha, profissionais de saúde, pacientes e familiares podem acessar a plataforma e os laudos a partir de qualquer dispositivo conectado à internet.

Assim, não precisam mais manter espaços físicos para armazenamento.

Mas qual é a diferença entre plataforma de telemedicina e telessaúde?

Mas qual é a diferença entre plataforma de telemedicina e telessaúde?

Mas qual é a diferença entre plataforma de telemedicina e telessaúde?

A telemedicina e sua plataforma se referem ao uso de tecnologias da informação e comunicação para a promoção de soluções tecnológicas em saúde, como laudos de exames e prontuários eletrônicos integrados.

Por sua vez, a telessaúde descreve uma área mais abrangente, de atendimento global, que ajuda médicos, paramédicos e pacientes na promoção da qualidade de vida através de ferramentas digitais, como videoconferências e tele-educação.

Portanto, a telemedicina é uma categoria dentro da telessaúde, servindo exclusivamente para o auxílio a distância no diagnóstico – ou telediagnóstico.

Como funciona uma plataforma de telemedicina?

Como funciona uma plataforma de telemedicina?

Como funciona uma plataforma de telemedicina?

O funcionamento de uma plataforma de telemedicina pode ser assim descrito:

  1. O profissional de saúde realiza o exame no paciente através de equipamentos digitais e compartilha os dados coletados através da plataforma de telemedicina
  2. Uma vez que os dados estejam no portal, especialistas logados no sistema de telemedicina iniciam sua interpretação e a elaboração do laudo médico a distância
  3. Após assinar o laudo digitalmente, os especialistas da empresa de telemedicina liberam o documento na plataforma
  4. Na etapa seguinte, todos os registros e laudos ficam disponíveis no sistema para pesquisa, impressão de segunda via, comparação anual de resultados e todas as informações e estatísticas que a clínica ou o médico precisarem.

Observe que a plataforma de telemedicina trabalha no sentido de oferecer benefícios tecnológicos aos médicos, viabilizando a troca de informações com agilidade.

Alguns sistemas de telemedicina, como o da Telemedicina Morsch, possuem serviços agregados para auxiliar em todas as etapas da realização dos exames, desde a aquisição de equipamentos médicos até a entrega do laudo.

Um exemplo disso é o aluguel em comodato, que proporciona economia na hora de equipar a clínica com aparelhos caros utilizados para fazer os exames.

Pagando uma mensalidade por um pacote de laudos, o cliente ganha o direito de utilizar dispositivos modernos, sem qualquer custo adicional.

Legislação para uso da plataforma de telemedicina

Legislação para uso da plataforma de telemedicina

Legislação para uso da plataforma de telemedicina

A principal legislação nesse campo é a Resolução CFM nº 1.643/2002, que define e disciplina a prestação de serviços através da telemedicina.

O texto exige que essas soluções sejam ofertadas apenas por empresas que tenham infraestrutura tecnológica apropriada e obedeçam às normas técnicas do CFM sobre a guarda, manuseio, transmissão de dados, confidencialidade, privacidade e garantia do sigilo profissional.

Em parceria com a Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS), o CFM aprovou a Resolução CFM Nº 1.821/07, que discrimina as normas técnicas mencionadas na Resolução CFM nº 1.643/2002.

O documento de 2007 também validou o Manual de Certificação para Sistemas de Registro Eletrônico em Saúde, que contém os detalhes para a composição de plataformas de telemedicina eficazes e seguras.

Uma versão mais moderna do manual de certificação de sistemas de telemedicina foi aprovada em 2019.

De que maneira as plataformas de telemedicina vêm revolucionando a medicina?

As plataformas proporcionam soluções de tecnologia da informação e comunicação, que agilizam os processos, oferecem eficiência em laudos médicos online e permitem a otimização das horas de trabalho de profissionais de saúde.

Com os avanços da telemedicina, por exemplo, é possível que um médico que atende em uma zona rural e, consequentemente, não possui acesso a laboratórios que ofereçam os resultados de exames rapidamente, obtenha laudos médicos em poucos minutos.

Da mesma forma, o recurso vale para profissionais de saúde que não têm capital para investir em equipamentos caros para exames, já que a própria empresa de telemedicina disponibiliza esses aparelhos em comodato.

Portanto, não é à toa que a telemedicina vem sendo considerada como parte inseparável do futuro da medicina.

Ela representa o que há de mais novo e eficiente no que tange às soluções tecnológicas em prol da saúde.

Como a plataforma de telemedicina supre as necessidades das mais diversas especialidades médicas?

Como a plataforma de telemedicina supre as necessidades das mais diversas especialidades médicas?

Como a plataforma de telemedicina supre as necessidades das mais diversas especialidades médicas?

Plataformas completas cobrem diversas especialidades, integrando os serviços e centralizando as informações da clínica em um só local.

Embora os testes de diagnóstico gerem documentos em diferentes formatos – como imagens radiológicas ou gráficos de eletrocardiograma, todos ficam disponíveis para pesquisa simultaneamente, facilitando a composição de avaliações, comparações e relatórios.

Além disso, hospitais e clínicas que desejam se expandir não precisam recorrer a novos parceiros em telemedicina.

Basta requisitar o atendimento de uma nova especialidade no portal, seguindo a mesma dinâmica para emissão dos laudos médicos.

Por integrar diferentes serviços, a plataforma ainda permite a realização de videoconferências para avaliação de casos urgentes, como infarto do miocárdio e AVC, em tempo real junto aos especialistas.

Especialidades disponíveis na plataforma integrada de telemedicina

Especialidades disponíveis na plataforma integrada de telemedicina

Especialidades disponíveis na plataforma integrada de telemedicina

A grosso modo, podemos dizer que qualquer teste de diagnóstico simples pode ser laudado a distância com o auxílio da plataforma de telemedicina.

Confira, abaixo, as especialidades médicas que mais se beneficiam desse sistema.

Telecardiologia

Fruto da combinação entre cardiologia e telemedicina, essa especialidade atua na avaliação remota do sistema cardiovascular, realizada por meio de testes cardíacos e que medem a pressão sanguínea.

Os exames de ECG, teste ergométrico, holter de ECG e MAPA contam com equipamentos que podem ser adquiridos em comodato.

Confira os procedimentos contemplados pela plataforma de telemedicina:

  • Eletrocardiograma de repouso
  • Teste ergométrico em esteira
  • Holter de ECG digital 24 horas
  • Mapa de pressão arterial 24 horas
  • Tomografia Cardiovascular
  • Ressonância Cardiovascular.

Telerradiologia

Os exames de diagnóstico por imagem fornecem um apoio essencial no diagnóstico não invasivo de diversas doenças.

Por isso, cada vez mais, clínicas radiológicas, hospitais e consultórios utilizam o reforço dos portais de telemedicina para gerar laudos com agilidade e eficácia, a partir da integração com o sistema DICOM.

Na telerradiologia, veja quais exames podem ser interpretados a distância:

    • Radiologia geral (incluindo diversas radiografias)
    • Raio-X de tórax padrão OIT
    • Mamografia digital
    • Densitometria óssea
    • Tomografia Computadorizada
    • Ressonância Nuclear Magnética.

Telepneumologia

Os exames dessa especialidade permitem a identificação e acompanhamento de males respiratórios crônicos, como a asma e enfisema pulmonar.

Para tanto, o sistema de telemedicina oferece resultados a distância ao exame mais comum em telepneumologia a espirometria ou prova de função pulmonar.

O teste pode ser feito com finalidade clínica ou ocupacional, apontando a capacidade respiratória do paciente.

Teleneurologia

A união entre telemedicina e neurologia permite a democratização do acesso aos exames mais solicitados nessa área, que auxiliam no diagnóstico de doenças como a epilepsia.

Nesse campo, a telemedicina viabiliza laudos a distância para o monitoramento da atividade elétrica cerebral, através do eletroencefalograma (EEG), e de outras atividades do organismo durante o sono, por meio da polissonografia.

Veja, a seguir, as modalidades atendidas pelo portal de telemedicina:

  • Eletroencefalograma Clínico
  • Eletroencefalograma Ocupacional
  • Eletroencefalograma com Mapeamento Cerebral
  • Eletroencefalograma na internação
  • Eletroencefalograma na morte cerebral
  • Polissonografia na internação
  • Polissonografia domiciliar.

Por que implementar a plataforma de telemedicina na sua clínica?

Por que implementar a plataforma de telemedicina na sua clínica?

Por que implementar a plataforma de telemedicina na sua clínica?

O portal de telemedicina otimiza o serviço de emissão de laudos na clínica médica.

Isso significa que os especialistas da telemedicina se encarregam da interpretação dos exames, enquanto os profissionais in loco podem se dedicar a atender os pacientes e realizar os exames de maneira eficiente.

Aderir à plataforma de telemedicina é vantajoso não apenas para os gestores, como também para os profissionais de saúde, porque ela reúne inúmeros benefícios, tais como:

  • Redução de custos, já que não é preciso contratar especialistas para interpretar os exames e, ainda, podem contar com a vantagem do aluguel em comodato de aparelhos para a realização dos testes
  • Otimização das horas de trabalho, haja vista que os laudos médicos são liberados em minutos e, assim, é possível oferecer mais qualidade de vida aos pacientes em menos tempo
  • Maior eficiência em diversos tipos de tratamentos, já que a plataforma de telemedicina garante a qualidade nos resultados de exames e, com isso, é possível obter o diagnóstico com agilidade e tratar doenças de forma precoce.

Sobre a Telemedicina Morsch

Sobre a Telemedicina Morsch

Atuante no setor de telemedicina desde 2005, a Morsch oferece uma experiência completa, através de uma plataforma intuitiva que se integra facilmente a outros sistemas, como o prontuário eletrônico do paciente.

Nosso portal é moderno, reconhecido pela Anvisa, SBIS e Conselho Federal de Medicina.

A plataforma centraliza todo o suporte ao cliente, que tem acesso ao comodato de aparelhos médicos, laudos online, segunda opinião qualificada e treinamento para capacitar técnicos na condução dos testes de diagnóstico.

Todos os serviços ficam disponíveis 24 horas por dia, uma vez que a plataforma funciona sem interrupções.

Conclusão

Vimos, neste artigo, que a plataforma de telemedicina tem um papel essencial na modernização de clínicas, consultórios e hospitais, viabilizando o serviço de laudos médicos a distância.

Entretanto, é preciso escolher um sistema de telemedicina de maneira criteriosa, optando por aqueles devidamente registrados e que garantem a segurança das informações compartilhadas, como o da Morsch.

Deixe que nossa equipe auxilie você por meio de uma plataforma completa e que funciona a qualquer hora do dia ou da noite.

Você pode experimentar nosso sistema agora mesmo, solicitando seu teste grátis neste link.

Se este artigo foi útil, compartilhe com sua rede de contatos.

Referências Bibliográficas

Resolução CFM nº 1.643/2002 – Define e disciplina a prestação de serviços através da telemedicina.

Resolução CFM Nº 1.821/07 – Aprova as normas técnicas concernentes à digitalização e uso dos sistemas informatizados para a guarda e manuseio dos documentos dos prontuários dos pacientes.

Manual de Certificação para Sistemas de Registro Eletrônico em Saúde – Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS).

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp