Por que o centro de diagnósticos devem investir na digitalização?

Por Dr. José Aldair Morsch, 20 de agosto de 2021
Por que o centro de diagnósticos deve investir na digitalização?

O seu centro de diagnósticos está adequado aos principais avanços e às novas exigências da era digital?

Dados da Abramed publicados no portal Saúde Business apontam que as unidades de medicina diagnóstica movimentam no Brasil uma receita de mais de R$ 35 bilhões.

O crescimento contínuo deste mercado e o maior acesso aos procedimentos pelos pacientes tem levado os gestores à busca por melhorias contínuas em seus serviços.

Afinal, com o aumento da oferta aumenta no segmento, há maior competitividade e nível de exigência do público também diante do seu atendimento. 

Nesse sentido, novas soluções digitais têm sido decisivas para garantir processos mais eficientes, diagnósticos clínicos mais precisos e uma melhor experiência de atendimento.

Atualmente, softwares inteligentes e tecnologias que eram vistas como tendências no passado, classificam-se agora como requisitos básicos às clínicas que desejam ter qualidade.

Mas afinal, qual a importância desses avanços e como promover a digitalização para garantir mais excelência nos centros de diagnósticos?

Descubra a resposta para essas e outras perguntas relevantes neste artigo especial que elaborei sobre o tema. 

Qual é a importância de uma gestão eficaz no centro de diagnósticos? 

Como ocorre em qualquer empresa que deseja prestar bons serviços e aumentar sua competitividade, os centros de diagnósticos procuram se tornar cada vez mais produtivos.

Nesta área, contudo, a busca por melhorias torna-se fundamental, pois diz respeito à saúde, à qualidade de vida e ao atendimento humanizado fornecido aos indivíduos. 

Assim, ressalta-se, o dever integrar soluções mais céleres, viáveis e eficientes ao aprimoramento nos cuidados com os pacientes e na conscientização dos funcionários.

Diante de demandas conjuntas tão importantes, a produtividade pode ser medida segundo o nível de rendimento dos procedimentos, somado à qualidade garantida durante eles.

Ou seja, quanto mais pessoas são atendidas com excelência, mais produtivo é o centro de diagnósticos.

Para atingir essa meta, tenha atenção a cada fase de sua gestão; desde o primeiro contato com o paciente até a sua saída e posterior recebimento dos resultados.

Essa atenção deve incluir 

  • Diferenciais competitivos que destacam a clínica no segmento;
  • Cuidados para que os exames sejam mais precisos e seguros;
  • Atenção com a conduta dos funcionários no contato com o público; 
  • Reduções nas filas de espera;
  • Facilidade para a retirada dos laudos; 
  • Gestão financeira, 
  • Tomada de decisões 

Sanar necessidades como essas se tornou indispensável para crescer na área de medicina diagnóstica. Ou seja, esse nível de otimização e sua viabilidade ocorre somente com o apoio e a otimização fornecido pela tecnologia.

Ao longo dos próximos itens, entenda como:

  • Empregar a digitalização 
  • Aprimorar a atividade diagnóstica
  • Observar o rendimento das unidades,
  • Seu desempenho organizacional
  • Satisfação dos clientes 

Por que investir em tecnologias para centros de diagnósticos? 

Conforme expliquei acima, os gestores de qualquer núcleo diagnóstico buscam garantir um melhor nível de produtividade, sendo a aplicação da tecnologia essencial para esse objetivo.

Para atingir a qualidade desejada, a digitalização deve ser promovida com o apoio de softwares para clínicas, que agregam funcionalidades capazes de atender suas demandas.

No segmento de atividades diagnósticas, destacam-se os sistemas RIS, que podem ser usados em programas próprios ou integrados a softwares de Telemedicina.

Independentemente da solução, busca-se como objetivo melhorar o fluxo de atendimentos da unidade, por meio de ferramentas que aprimoram a gestão.

Por exemplo, a plataforma pode unificar os cadastros para facilitar o acesso às informações clínicas dos pacientes, e ao mesmo tempo utilizá-los para otimizar as filas de espera. 

Ou seja, somente na ficha do paciente, o atendimento pode ser aprimorado e a organização se tornar fluida e organizada, exigindo assim um menor tempo de espera entre as pessoas.

A tecnologia também permite ordenar os exames a serem enviados para o médico, para que o profissional saiba exatamente a ordem de atendimento.

Se o paciente precisar realizar mais de um procedimento, o programa encaixa automaticamente os horários próximos de exames e consultas, evitando o excesso de deslocamentos.

Somados a essas possibilidades, também podem ser agregados diferenciais como:

  • Obtenção de laudos online via Telemedicina;
  • Agendamentos via internet com avisos automáticos; 
  • Ferramentas para gestão financeira.

Em todo caso, o foco está na garantia de serviços mais viáveis e bem organizados para os médicos e no aumento da satisfação dos pacientes.

Além disso,  a partir da coleta geram-se os dados, para que seja possível encontrar falhas e oportunidades tornando o negócio ainda mais produtivo.

Como aumentar a produtividade no centro de diagnósticos?

Como você pôde perceber, investir nas tecnologias certas é o passo mais importante para aumentar a produtividade do seu centro de diagnósticos.

Entretanto, não basta apenas optar por um bom sistema e começar a utilizá-lo sem ter atenção às suas demandas e possibilidades.

Como aumentar a produtividade no centro de diagnósticos?

Abaixo, listo os principais cuidados que você deve adotar durante a digitalização, além de alguns diferenciais relevantes para que ela se torne ainda mais vantajosa:

Tenha processos bem definidos

Por mais que um bom software automatize processos e otimize suas demandas.

Em outras palavras, tenha como prioridade a realização de um mapeamento preciso em sua empresa.

Afinal, a tecnologia sozinha não faz nada. 

Portanto, promova as melhorias caso, seguindo todas etapas em sua gestão, integrando essas rotinas ao cotidiano de sua equipe. Nesse contexto, para obter maior produtividade  e garantir que o sistema torne tudo mais célere e fluido, organize-o com cada etapa nas rotinas de atendimento.

Isso vai desde o recebimento do paciente, até seu encaminhamento à sala de espera, possíveis procedimentos feitos antes do exame, orientações gerais, etc.

Integre equipamentos e sistemas

Não basta ter um processo eficiente para que a organização interna atinja a qualidade desejada. Se alguma etapa tiver que ser refeita, ou se alguma informação não estiver disponível, toda a produtividade fica comprometida.

Se as informações do procedimento feito pelo técnico, por exemplo, não forem disponibilizadas imediatamente no computador do médico, perde-se tempo e rendimento interno. 

Integre todos os sistemas e equipamentos, para que os dados dos pacientes e as atualizações do prontuário estejam disponíveis aos envolvidos na cadeia de atendimento.

Treine a sua equipe

Excelentes ferramentas só fornecem a qualidade desejada se os profissionais tiverem domínio sobre suas funcionalidades.

Afinal, se apenas uma pessoa operar o sistema erroneamente ou inserir informações equivocadas nele, comprometem-se todos os processos de atendimento.

Isso significa que, além de treinar sua equipe para fornecer um atendimento humanizado e de qualidade, capacite-a para o uso da tecnologia corretamente. 

Ofereça serviços online

Seria impossível tratar sobre a digitalização sem abordar os benefícios e possibilidades garantidos pelos melhores serviços online.

Essas soluções podem tanto ser disponibilizadas pelo centro de diagnósticos aos pacientes quanto adquiridas pela unidade para aprimorar seus processos.

Por exemplo, para facilitar a todos, disponibilize agendamentos online com avisos automáticos, links para mudanças de horários e possibilidade de retirada dos exames no site da sua clínica.

Já em termos de otimização, contrate uma empresa para a emissão de telelaudos, aproveitando as vantagens da Telemedicina para que todas as informações coletadas sejam laudadas por uma central remota de especialistas.

Avalie seus resultados

Avalie seus resultados

Lembra que eu mencionei que os melhores softwares permitem coletar dados e obter relatórios intuitivos para uma melhor tomada de decisões?

Não deixe nunca de avaliar as métricas e observar os indicadores apontados no sistema, pois só assim é possível atingir uma melhoria contínua e escalável no seu centro de diagnósticos.

Com informações como tempo de permanência dos pacientes, períodos de espera, número de consultas, retorno sobre investimentos, gastos fixos e variáveis, entre muitas outras, você reconhece falhas e pontos passíveis de melhorias que só beneficiam decisões para o crescimento dos negócios.

Principais vantagens da digitalização no centro de diagnósticos

A partir de todos os pontos mencionados até aqui, perceba como a digitalização pode ser benéfica para os centros de diagnósticos

Mais que conferir um melhor nível de organização, de qualidade para os exames e de satisfação para os pacientes, a tecnologia permite que você:

  • Automatize rotinas, reduzindo ao máximo as tarefas manuais, o tempo de execução das atividades, os gargalos nos fluxos de informação e as “travas” nos processos;
  • Tenha decisões mais assertivas, com indicadores práticos e relatórios inteligentes que permitem avaliar os pontos que sua unidade falha,
  • Garanta diagnósticos mais precisos, com um banco de dados integrado que facilita o acesso às informações e ao histórico dos pacientes,
  • Otimize sua gestão, já que a automatização de processos, o entendimento sobre as demandas da unidade e o aumento na qualidade dos serviços permitem ter mais tempo, precisão e foco no gerenciamento da empresa;
  • Melhore seu desempenho financeiro, uma vez que o resultado direto de todos os benefícios mencionados é a garantia de serviços mais produtivos e de maior qualidade.

A Telemedicina Morsch como aliada no centro de diagnósticos

Referência na digitalização de unidades de saúde em todo o Brasil, a Telemedicina Morsch, atua desde 2005 com as melhores tecnologias disponíveis no mercado.

Além de nossa plataforma de teleconsultas com prontuário eletrônico em nuvem e telemonitoramento, temos soluções especialmente focadas nos centros de diagnósticos.

A Telemedicina Morsch como aliada no centro de diagnósticos

Sobretudo, podemos citar nosso serviço de telaudos, que entrega mais de 20.000 laudos mensalmente com total rapidez, excelência e custo-benefício para mais de 2.000 clínicas espalhadas no país.

Com mais de 300 especialistas de todas as áreas da medicina disponíveis 24 horas por dia, durante 7 dias por semana, que emitem os documentos em até 30 minutos ou em tempo real para casos urgentes.

Somado a isso, nosso sistema agrega todas as funcionalidades que citei ao longo deste artigo, para que você tenha um gerenciamento mais eficaz, melhore as experiências dos pacientes e garanta mais lucratividade para o seu negócio. 

Isso inclui ferramentas para integrar os processos, recursos de gestão financeira, agendamento online com avisos automáticos, relatórios para tomada de decisões, marketplace médico para otimizar os horários ociosos da sua agenda, entre muitas outras.

Todas as nossas soluções, contêm sólidos protocolos de segurança, respaldo legal, mobilidade para uso via cloud, adesão livre de burocracias, suporte técnico e científico em tempo real, além de treinamentos contínuos para novos funcionários. 

Para saber mais sobre as vantagens que a Telemedicina Morsch pode proporcionar ao seu centro de diagnósticos, clique aqui e explore os diferenciais de quem é líder na área.   

Conclusão

A medicina diagnóstica não para de crescer no Brasil e no mundo, e o aumento na competitividade e a melhoria das soluções oferecidas pelas clínicas só tendem a beneficiar as experiências e a qualidade fornecida aos pacientes.

Nesse contexto, cabe aos empreendedores do ramo adequarem-se às novas tecnologias digitais, pois só assim é possível ter mais excelência nos serviços prestados, um melhor nível de organização interna, impulsionar os rendimentos financeiros e tornar-se mais competitivo.

Se você gostou de conhecer as vantagens que a digitalização pode proporcionar ao seu centro de diagnósticos, acompanhe os conteúdos mais relevantes e atualizados. Clique aqui para assinar nossa newsletter e compartilhe este artigo com seus colegas.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE