Como implementar a Telemedicina para clínicas e quais são as vantagens?

Por Dr. José Aldair Morsch, 26 de fevereiro de 2021

A Telemedicina para clínicas é uma modalidade de saúde que promete revolucionar os meios com que as unidades médicas se relacionam com os seus pacientes.

Com o crescimento das tecnologias virtuais de comunicação e o avanço das inovações voltadas à medicina, a adoção de novas práticas se tornou indispensável para qualquer clínica que deseja se modernizar e manter-se relevante perante o público.

Mais que facilitar e acelerar os atendimentos, a Telemedicina é de suma importância para que eles se tornem mais acessíveis, completos e vantajosos, tanto para os médicos quanto para as pessoas atendidas.

Mas, por que a Telemedicina para clínicas já é uma das maiores tendências em saúde e como se adequar a essa nova realidade?

A seguir, vou tratar sobre as questões mais importantes ligadas ao tema!

Por que a Telemedicina para clínicas é importante?

A Telemedicina para clínicas é uma área virtual de atenção à saúde, que proporciona atendimentos remotos e mais completos por meio de ferramentas eletrônicas que complementam as intervenções médicas tradicionais.

Além das consultas por vídeo, a modalidade é amplamente utilizada para a emissão de laudos à distância e compartilhamento de documentos com assinatura digital, como:

  • Receitas;
  • Resultados de exames;
  • Atestados, e assim por diante.

Como a Telemedicina proporciona um contato mais prático entre médicos e pacientes, ela favorece significativamente os tratamentos. Assim, tornando-os mais acessíveis, completos e com um melhor acompanhamento.

Diferente do que muitos pensam, a medicina remota não surgiu para substituir os padrões convencionais da área da saúde.

Na verdade, ela serve para aprimorar as rotinas médicas já existentes, por meio de recursos tecnológicos que agilizam e facilitam diversos processos!

Como funciona a Telemedicina para clínicas?

Quando falo sobre Telemedicina para clínicas, muitas pessoas pensam que o conceito se restringe apenas às teleconsultas.

Porém, como mencionei anteriormente, a área proporciona inúmeras ferramentas capazes de aprimorar as rotinas médicas.

Um excelente exemplo dessas possibilidades é a emissão de telelaudos, que permite à unidade ampliar seus atendimentos e sua oferta de exames, mas sem a necessidade de investir na ampliação de seu corpo clínico.

Nesse tipo de serviço, o exame é coletado normalmente no ponto de atendimento, por meio de um aparelho comum (como um equipamento de eletrocardiograma, por exemplo).

A diferença, é que os dados coletados são conectados à internet e enviados diretamente para a plataforma de Telemedicina (com total segurança e adequação às exigências da ANVISA).  

Por sua vez, essas informações são encaminhadas para uma central de especialistas, que se encarregará de elaborar o laudo e o encaminhar para o médico solicitante em poucas horas (ou até minutos em casos emergenciais!).

Da mesma maneira, outro exemplo de Telemedicina para clínicas é a teletriagem, em que recursos de Inteligência Artificial (IA) conseguem selecionar diferentes perfis de pacientes e organizar os atendimentos por ordem de urgência, desafogando as filas de espera.

Muitos outros casos ainda poderiam ser mencionados, como:

  • Telemonitoramentos: em que os médicos podem acompanhar de forma integral a evolução de pacientes crônicos ou graves;
  • Teleinterconsultas: diferentes especialistas podem se conectar remotamente para trocas de informações ou auxílios.

Para que você saiba mais e entenda melhor as possibilidades da Telemedicina para clínicas, me aprofundarei ainda mais sobre o assunto nos itens seguintes.

Como implementar Telemedicina para clínicas?

Por mais que diversos profissionais ainda acreditem que a implementação da Telemedicina para clínicas é complexa, na verdade ela é muito simples e não exige altos investimentos.

O melhor jeito de começar é por meio de uma avaliação da unidade, que deve levar em consideração 3 aspectos:

  1. Sua infraestrutura;
  2. Seus componentes;
  3. E as rotinas de trabalho.

Além disso, entre os pontos que mais merecem atenção durante a adesão, destaco:

Equipamentos em comodato e laudos à distância

Lembra dos telelaudos que mencionei no item anterior? Eles estão entre os diferenciais mais importantes da Telemedicina para clínicas!

Porém, para que esse tipo de serviço seja possível, você precisa se certificar de que seus equipamentos de exames contam com conexão à internet.

Inclusive, aparelhos mais antigos, que têm sistema analógico, podem ser adaptados para enviar suas informações digitalmente.

Contudo, uma solução simples e muito vantajosa para inserir novos equipamentos em sua clínica, ou mesmo para ampliar a quantidade daqueles que você já tem, é por meio do aluguel em comodato.

Nessa modalidade, você fecha um pacote de telelaudos e recebe os aparelhos sem custos, enquanto o comodante cuida de tudo, desde a instalação, até o treinamento e a manutenção. Há ainda a possibilidade de comodatar conforme a sua demanda.

Infraestrutura otimizada

Em relação à infraestrutura, procure avaliar pontos como:

  • Espaço físico disponível para os equipamentos em comodato;
  • Número de profissionais de atendimento para a realização dos exames ou de teleconsultas;
  • Conexão com a internet;
  • Demandas para ampliação de especialidades, entre outros.

Nesse sentido, também é importante destacar que a própria plataforma de Telemedicina para clínicas representa um aspecto estrutural importante.

Isso porque, além de atender às principais demandas dos serviços, ela também deve garantir total segurança das informações durante o compartilhamento e armazenamento de dados, nos termos da LGPD e da Resolução n.º 1.821 do CFM.

Treinamento de equipes

Por fim, não se esqueça de que a adoção das modalidades digitais de atendimento também exige total engajamento e qualificação do seu time de profissionais!

No caso dos telelaudos, os responsáveis pela operação dos equipamentos devem conhecer seus protocolos específicos. Isso, a fim de garantir a correta realização do procedimento e a obtenção de informações e imagens de qualidade.

Além disso, o sistema como um todo precisa ser dominado pelos colaboradores, já que ele também inclui questões administrativas, de agenda médica, entre outras que têm impacto direto sobre as atividades realizadas dentro da clínica.

Quais são as vantagens da Telemedicina para clínicas?

Quais são as vantagens da Telemedicina para clínicas?

A Telemedicina para clínicas pode proporcionar inúmeros benefícios para os profissionais de saúde e seus pacientes. São eles:

Alta qualidade dos serviços

Ao modernizar sua estrutura, ampliar as especialidades com que trabalha, facilitar as rotinas dos pacientes e eliminar barreiras geográficas, as clínicas são capazes de agregar muito mais qualidade aos seus serviços

Dessa forma, garante melhores rendimentos e mais destaque perante a concorrência.  

Ampliação das especialidades

Por meio dos telelaudos, qualquer clínica pode oferecer um volume maior e mais variado de exames, sem precisar investir em equipamentos caros (graças à disponibilização via comodato) e em especialistas para laudar.

Da mesma forma, as teleinterconsultas conectam diferentes especialidades de médicos, que podem pedir auxílio sobre quadros clínicos e diagnósticos, solicitar uma segunda opinião e obter informações gerais para um atendimento mais qualificado.

Atendimento remoto

Graças à Telemedicina para clínicas, até mesmo os pacientes que moram em áreas remotas ou sem acesso à assistência agora podem ter um atendimento qualificado e de excelência à sua disposição.

Inclusive, como as teleconsultas demandam menores custos em infraestrutura, isso também pode tornar os atendimentos mais baratos, o que ajuda a democratizar a saúde e também aumenta a margem recebida pelos serviços.

Como se não bastasse, os atendimentos à distância ainda podem servir para casos de:

  • Pacientes que se mudaram e querem continuar um tratamento;
  • Pessoas com doenças crônicas podem ter acompanhamento constante sem ter que comparecer todas as vezes ao consultório;
  • Prestação de orientações;
  • Retornos, entre outros casos parecidos.

Digitalização da clínica e organização das informações

Para tornar os atendimentos mais dinâmicos e completos, todas as informações de prontuário dos pacientes ficam armazenadas e organizadas em uma plataforma.

Assim, é possível ter acesso a dados importantes durante os atendimentos, facilitar eventuais encaminhamentos, inserir informações de exames e dados de saúde coletados em atendimentos prévios e outras possibilidades que enriquecem a experiência de quem atende e é atendido.

Escalabilidade do negócio

Ao aumentar a qualidade dos seus serviços, ampliar o número de especialidades oferecidas, conquistar novos pacientes independentemente de barreiras geográficas e otimizar os seus processos por meio da digitalização, certamente seus negócios irão se tornar mais lucrativos e vão escalonar significativamente!

Armazenamento na nuvem e segurança de dados

Em relação ao tópico em que abordei a organização das informações, é importante ressaltar que isso só é possível graças às tecnologias em nuvem.

Armazenamento na nuvem e segurança de dados

As melhores plataformas de Telemedicina para clínicas são aquelas que não deixam os dados da instituição sujeitas às limitações e possíveis falhas de HD.

Na nuvem, você pode integrar as informações e acessá-las por meio de qualquer dispositivo autorizado, com total integração e disponibilidade.

Além disso, esse tipo de recurso é extremamente seguro, pois conta com recursos de proteção específicos, que são menos sujeitos a perdas e vazamentos.

Em primeiro lugar, o sistema de Telemedicina para clínicas conta com protocolo HTTPS, que coloca os dados sob uma camada de segurança durante o envio de dados entre o dispositivo e o servidor.

Depois, todos os arquivos são encaminhados para o servidor com criptografia, para que tudo seja codificado e nenhuma pessoa não autorizada consiga acessar as informações sem a correta chave de segurança autenticada.

Rapidez na entrega de laudos

Além de gerar mais economia e escalabilidade para as clínicas, os telelaudos ainda podem ser obtidos de maneira muito mais ágil do que os laudos comuns.

Em casos de urgência, por exemplo, eles podem ser recebidos em menos de uma hora. Dependendo das demais situações, eles chegam em até 1 dia.

Na central de Telemedicina para clínicas, os especialistas estão disponíveis integralmente para laudar – o que permite mais agilidade em todo o processo.

Inclusive, com o apoio das teleconsultas, sempre que um exame indicar a necessidade de encaminhamento para um novo especialista, o paciente pode obter seu atendimento e novas solicitações no mesmo dia, sem precisar se deslocar.

Outro ponto importante é que todos os laudos podem ser acessados online, o que evita a necessidade de ir até a clínica apenas para buscar o resultado de um exame.

Redução de custos

As melhores plataformas de Telemedicina para clínicas já reúnem em um só lugar todos os sistemas de gestão, financeiro, atendimento, armazenamento de dados, marketing, entre outros indispensáveis para as rotinas médicas.

Isso representa uma redução significativa de custos, já que bons softwares individuais para essas funções geralmente têm preços elevados.

Além de contar com um único sistema (mais prático, viável e vantajoso), você ainda poderá atender a grande parte dos pacientes via teleconsultas.

Esse também é um ponto que diminui muitos gastos, já que as consultas remotas exigem apenas o uso de um dispositivo e acesso à internet.

Afinal, quanto mais consultas presenciais, maiores os gastos com aluguel, luz, água, limpeza, telefone e deslocamento.

Outros pontos importantes de redução de custos ainda podem ser mencionados, como:

  • Telelaudos (que eliminam custos com especialistas);
  • Documentos digitais (que reduzem o volume de impressões);
  • Gerenciamento clínico (que otimiza os recursos), etc.

Para que você tenha acesso a todos esses benefícios, confira abaixo vou apresentar a plataforma de Telemedicina para clínicas da Morsch!

Descubra os benefícios da plataforma da Telemedicina Morsch

Desde 2005, a Telemedicina Morsch oferece soluções completas para clínicas que desejam modernizar seus atendimentos.

Com mais de 1000 clientes atendidos, 1 milhão de exames interpretados 20.000 laudos entregues todos os meses, oferecemos o que há de melhor atualmente em Telemedicina para clínicas.

Integrando ferramentas de teleconsulta, telemonitoramento, PEP em nuvem, laudos à distância, telediagnósticos, entre outras, agregamos os seguintes diferenciais aos nossos parceiros:

  • Telemedicina em nuvem;
  • Segurança de dados;
  • Telelaudos em até 30 minutos;
  • Suporte e treinamento completos;
  • Comodato com aparelhos sem custo;
  • Especialistas registrados no CFM e disponíveis para segunda opinião;
  • Pré-pago e sem burocracia;
  • Relatórios e estatísticas de desempenho;
  • Valores diferenciados;
  • Respaldo legal;
  • Multiespecialidades e cobertura total.

Se você quer saber mais sobre os nossos serviços e desfrutar de todas as suas vantagens, clique aqui e entre em contato conosco.

Conclusão

A Telemedicina para clínicas é uma alternativa que já agrega muitos benefícios para unidades de saúde do Brasil e do mundo!

Por meio de plataformas seguras e integradas, a modalidade permite a realização de:

  • Consultas remotas;
  • Obtenção prática de telelaudos;
  • Encaminhamento fácil de prontuários;
  • Acesso ampliado a diferentes especialidades;
  • Uma redução significativa de custos;
  • Além de diversas outras possibilidades que favorecem os pacientes e aumentam os resultados das empresas médicas.

Se você gostou do artigo e quer saber ainda mais sobre Telemedicina para clínicas, assine nossa newsletter e não deixe de compartilhar o conteúdo com os seus colegas. 

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE