Como atender pacientes usando de uma clínica digital

Por Dr. José Aldair Morsch, 18 de dezembro de 2020
Clínica digital como atender pacientes

Transformar o seu ponto de atendimento médico em uma clínica digital é o passo mais importante para modernizar sua relação com os pacientes.

Como em todas as áreas do mercado, a internet e as tecnologias em geral se tornaram indispensáveis para ter sucesso no segmento da saúde.

Ao otimizar processos, reduzir custos e garantir um contato mais completo junto aos pacientes, os sistemas digitais se tornaram soluções cada vez mais utilizadas entre os gestores e especialistas.

Por mais que o conceito de clínica digital já fosse uma tendência muito crescente, foi com a chegada da COVID-19 que sua adesão atingiu níveis exponenciais no Brasil.

Isso porque, além de garantir atendimentos mais viáveis e livres de barreiras geográficas, a prática da clínica digital também possibilita mais segurança para médicos e pacientes.

Assim, sem desrespeitar a necessidade de isolamento social, é possível manter o cuidado e a atenção à saúde dos indivíduos, especialmente neste momento de extrema necessidade.

Da mesma maneira, a capacidade de atendimentos é aumentada, as chances de contaminação são eliminadas, o acompanhamento médico pode se tornar mais constante, entre outros benefícios ligados à otimização de processos e à eliminação de barreiras geográficas.

Os médicos podem optar por atendimentos 100% digitais ou aderir a um modelo híbrido de atuação, conforme suas necessidades. Ainda, desfrutar de um melhor grau de organização e padronização em seus gerenciamentos.

Quais as principais características de uma clínica digital?

Qualquer empresa que investe em tecnologia busca aprimorar suas rotinas internas, seja ao acelerar certas tarefas, automatizar operações, baratear as demandas cotidianas, entre outros benefícios inerentes de sistemas e softwares integrados.

Quais as principais características de uma clínica digital?

O conceito de clínica digital segue essa mesma lógica: por meio de certas ferramentas, é possível facilitar as rotinas dos médicos e dos seus pacientes.

Com isso, é possível:

  • Ampliar o contato com os indivíduos;
  • Agregar mais excelência em cada abordagem;
  • Promover ainda mais o atendimento humanizado;
  • Gerar maiores índices de satisfação entre o seu público, aumentando também os seus retornos.

Entenda os possíveis níveis de uma clínica digital

Existem muitos níveis que podem ser alcançados por uma clínica digital, que vão desde a adoção de serviços digitais pontuais, até a criação completa de um verdadeiro consultório online.

Por exemplo, nas clínicas que estão começando, o mais comum é que algum sistema seja implementado apenas para aprimorar um processo específico, seja no próprio local ou de maneira remota.

Ou seja, nos níveis iniciais de digitalização, a tecnologia já é uma ferramenta importante, mas ainda não dita a atuação da clínica como um todo.  

Porém, depois de se acostumar com determinado processo digital e notar suas vantagens, é recorrente que os médicos ou gestores comecem a digitalizar outras áreas do consultório.

Nessa fase intermediária, a clínica digital é dividida entre o clássico modelo de atuação presencial junto com uma boa base de recursos digitais.

Quando a tecnologia começa a se tornar a grande protagonista do negócio, sendo mais recorrente no dia a dia do que os processos ou serviços físicos, é sinal de que a clínica digital chegou ao último estágio.

Nessa fase, absolutamente tudo é aprimorado e integrado dentro da organização, de forma que as rotinas se tornam mais rápidas, assertivas e de simples realização.

Para isso, os recursos da clínica digital vão muito além do atendimento médico online!

Na verdade, o digital pode servir a absolutamente todas as demandas do consultório, com funcionalidades que vão desde prontuários eletrônicos, até agendamentos online, laudos digitalizados, recursos de gestão, e assim por diante.

Como aderir à clínica digital?

Como mencionei anteriormente, a digitalização das clínicas médicas acontece de maneira gradual e alinhada às necessidades de cada local.

Isso significa que não é recomendado aderir à clínica digital do dia para a noite, mas sim compreender quais são os recursos que podem otimizar os resultados da sua empresa e os melhores meios de utilizá-los.

Como aderir ao consultório virtual

Com base nos níveis levantados no item anterior, existem alguns passos básicos para que você não erre ao começar sua clínica digital. São eles:

Passo 1: Adquira um software médico eficiente

O primeiro passo para tornar a sua clínica digital é optar por um bom software médico.

Somente os melhores sistemas do mercado são capazes de viabilizar uma organização mais prática, disponibilizar recursos de atendimento à distância, gerar documentos digitais, entre outras demandas inerentes da área da saúde na atualidade.

Passo 2: Otimize consultas com a Telemedicina na sua clínica digital

Por meio do seu sistema médico, também é possível otimizar sua rotina de consultas com a realização de atendimentos à distância.

Eles podem ser realizados por videoconferência ou ligações. Isso incluem praticamente todos os tipos de atendimentos que não demandam o toque físico do especialista, como em:

  • Acompanhamentos;
  • Consultas de rotina;
  • Segundas consultas;
  • Entre outros casos parecidos.

Passo 3: Tenha disponível o agendamento online

Como exemplificamos acima, o agendamento online também é muito comum na clínica digital.

Por meio dele, ligações constantes são evitadas e as marcações podem ser feitas com muito mais facilidade via internet.

Passo 4: Conte com prontuário eletrônico (PEP) para ter uma clínica digital

Garanta uma atualização muito mais simples, assertiva e ágil para os seus prontuários.

Com o prontuário eletrônico, você também pode:

  • Acessar as informações de cada paciente com muito mais velocidade;
  • Ter ampla acessibilidade em nuvem;
  • Melhor organização;
  • Toda a segurança necessária para os dados.

Passo 5: Solicite laudos à distância de exames

Com os recursos da Telemedicina inseridos à sua clínica digital, você também não precisa se preocupar em laudar os exames feitos por sua equipe.

Em certos casos, você pode evitar até mesmo gastos com equipamentos. Basta utilizá-los em comodato, enviar os resultados para a central de especialistas e receber os laudos de forma rápida e prática.

Passo 6: Crie estratégias de e-mail marketing

Outros recursos indispensáveis em bons sistemas médicos são as ferramentas de marketing.

Nesse sentido, destacam- se as funcionalidades de e-mail marketing, que permitem ampliar o contato com o público e o fidelizar de maneira mais precisa.

Além de mensagens personalizadas em datas especiais, você pode enviar:

  • Lembretes de consultas;
  • Pesquisas de satisfação;
  • Informações de saúde;
  • Entre outros conteúdos relacionados.

Passo 7: Aposte em conteúdos para pacientes

No mesmo sentido do tópico anterior, uma estratégia de marketing que não pode faltar nas clínicas virtuais é a geração de conteúdo.

Seja por meio dos próprios e-mails, de informativos periódicos, do blog da empresa, de vídeos, posts nas redes sociais, entre outros meios de comunicação.

Seu consultório precisa demonstrar o quanto se preocupa com a saúde das pessoas!

Para isso, procure compartilhar dicas sobre bem-estar e cuidados básicos, e informar as pessoas com mais profundidade sobre a área médica em que você atua. Além de promover campanhas de conscientização e resolver os problemas comuns dos pacientes através de informações amplas e acessíveis.

Não importa qual seja o formato adotado por sua clínica virtual, o ideal é gerar conteúdos que engajem as pessoas, enriqueçam suas experiências junto ao consultório, informem e sejam úteis para o público.

Quais os benefícios da clínica digital?

Depois de todos os detalhes mencionados até aqui, é fácil perceber como a clínica digital pode ser vantajosa para os médicos e seus pacientes!

Entre os benefícios que merecem destaque na área, estão:

Contato mais direto e simplificado

Nos dias de hoje, praticamente todas as pessoas estão conectadas e acostumadas a desfrutar das facilidades garantidas por seus smartphones, tablets ou laptops.

Na clínica digital, você se alinha a essa realidade, dando maior liberdade, simplicidade e poder de escolha ao seu público.

Por exemplo, os agendamentos podem se tornar ainda mais fáceis por meio de uma ferramenta no site ou aplicativo do consultório.

Sem precisar ligar ou se deslocar, as pessoas podem escolher o dia e a hora que julgarem melhor para serem atendidas. Assim, torna seus agendamentos eficientes com poucos cliques e recebendo até lembretes automatizados.

Além disso, com recursos como o atendimento remoto, é possível prestar serviços para pacientes que não podem se deslocar até sua clínica ou ainda ampliar a continuidade das consultas, o que é especialmente vantajoso na medicina preventiva.

Maior produtividade

Quando os processos são acelerados, tarefas redundantes eliminadas e todo o tempo otimizado, os profissionais podem se focar naquilo o que realmente importa para os pacientes!

No caso dos médicos, por exemplo, sem a necessidade de deslocamentos e com um controle mais preciso sobre seu tempo, é possível investir seus esforços em um atendimento ainda mais qualificado aos pacientes.

Já os recepcionistas não precisarão se preocupar com confirmações, atender telefonemas de agendamento, entre outros casos parecidos, o que libera seu tempo para que melhor atendam e orientem os pacientes no ambiente físico.

Benefícios de montar um consultório online

De forma resumida, com a clínica digital tudo é agilizado, erros são significativamente reduzidos e trabalhos redundantes são eliminados.

O resultado é uma equipe mais produtiva, engajada e capaz de gerar mais valor aos atendimentos.

Diminuição de custos e de desistências

Quando boa parte das operações da sua clínica se tornam digitais, ela demandará cada vez menos investimentos em infraestrutura física.

Como se não bastasse, o nível de organização e excelência garantidos pela clínica digital, ela ainda:

  • Otimiza os custos;
  • Favorece as avaliações de desempenho;
  • Identifica gargalos;
  • Evita gastos desnecessários.

O resultado é uma realidade financeira muito mais vantajosa para a clínica, que ao mesmo tempo pode captar mais clientes, satisfazer melhor o público e não se preocupar com altos gastos ligados à manutenção de grandes ambientes presenciais.

Como comentado no primeiro tópico, a continuidade também é um fator que merece destaque especial nesse sentido.

Isso porque, a necessidade de se deslocar toda vez ao consultório médico ou de gastar com consultas recorrentes faz com que muitos pacientes desistam de seus tratamentos.

Com uma clínica digital, você evita esse tipo de situação, já que os retornos e acompanhamentos podem ser à distância, tudo com custos muito menores que também barateiam as consultas.

Pacientes mais satisfeitos

Por fim, quando os pacientes têm um contato mais direto, transparente e simplificado com a clínica, eles tendem a se sentir muito mais satisfeitos com os serviços prestados.

Isso também é garantido pela excelência inerente da maior produtividade dos profissionais e pela maior acessibilidade dos tratamentos, que melhoram toda a experiência junto ao público.

O resultado é uma maior fidelidade dos pacientes para novas consultas, indicações mais recorrentes entre amigos e familiares, além de um relacionamento mais sólido entre médicos e pacientes.

Por que a Telemedicina Morsch é a principal aliada da sua clínica digital?

a Telemedicina Morsch é a principal aliada da sua clínica digital

A Telemedicina Morsch oferece todas as soluções que você precisa para montar uma clínica digital viável e de excelência.

Com nossa plataforma em nuvem, basta ter um computador ou smartphone conectado à internet.

Por meio dela, você facilita suas rotinas médicas, melhora sua organização e ainda tem a possibilidade de realizar exames sem pagar pelos aparelhos e nem elaborar os laudos.

Com o sistema de comodato, você tem acesso a equipamentos para diversas especialidades. Sua equipe realiza o exame, envia o resultado para nossa central de especialistas e recebe o laudo rapidamente.

Para entender como a automatização pode transformar a realidade do seu consultório, confira algumas de nossas especialidades e suas vantagens:

  • Telecardiologia: serviço médico de telediagnóstico interpretado por cardiologistas, que inclui procedimentos como eletrocardiograma, Holter, M.A.P.A., teste ergométrico em esteira, cálculo de risco cirúrgico, tomografia, ressonância, consultoria em cardiologia e segunda opinião médica;
  • Teleneurologia: serviço de emissão de laudos à distância focado no segmento neurológico, com exames como EEG clínico, EEG com mapeamento cerebral, EEG ocupacional, ECG na internação, EEG na morte cerebral, polissonografias e segunda opinião médica;
  • Telepneumologia: voltado à área de espirometria;
  • Telerradiologia: para interpretação remota de exames de imagem, como radiologia geral, digital, de tórax OIT, tomografia computadorizada, ressonância magnética e densitometria óssea;  
  • Teleconsulta: atendimento médico remoto para pacientes que não podem ou precisam necessariamente ser atendidos presencialmente;
  • Prontuário eletrônico: documentação eletrônica de sobre anamneses, receitas, atestados, pedidos de exames, entre outros.

Conclusão

Viu como é fácil aprimorar seus atendimentos com o auxílio da tecnologia e se tornar uma clínica digital cada vez mais completa?

Com um bom software médico, consultas otimizadas via Telemedicina, agendamentos online, prontuários e laudos eletrônicos, ações de marketing, entre outros recursos semelhantes, é possível crescer e garantir ainda mais excelência na área em que você atua!

Nesse sentido, entre as vantagens mais significativas da clínica digital, está:

  • Melhoria no contato entre os médicos e pacientes;
  • Aumento da produtividade;
  • Otimização de custos;
  • Fidelização da clientela;
  • Melhoria dos resultados financeiros.

Assine nosso blog e compartilhe o artigo com os amigos.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE