Marketing para clínicas médicas: 12 dicas brilhantes para atingir seus objetivos

Por Dr. José Aldair Morsch, 5 de janeiro de 2017
marketing para clinicas

Busca no marketing para clínicas médicas uma alternativa para se aprofundar na área, conquistar clientes e ter mais sucesso no mercado?

Você é recém-formado e está querendo se livrar dos plantões intermináveis?

Deseja abrir uma clínica e não sabe como atrair os primeiros pacientes?

Quer fidelizá-los, mas não sabe os caminhos? 

Se a resposta é sim, então esse artigo é para lhe ajudar!

Solicite um orçamento

Se você se identificou com cada um destes questionamentos, com certeza está no caminho certo do empreendedorismo.

O médico é um dos vários super-heróis que temos no cotidiano e o desejo de muitos é ter seu próprio consultório, sem risco de fechar.

O marketing para Clínicas surge como uma brilhante estratégia para os médicos atingirem seus objetivos.

O trabalho de divulgação dos serviços médicos, a captação (e conquista) dos pacientes, além dos próprios desafios para aumentar o faturamento. Todos esses elementos são abrangidos pelo marketing.

Neste artigo, separamos 12 dicas para você que deseja abrir sua própria clínica médica. O destaque vai para a última dica, que será a cereja do bolo de um trabalho rico em divulgação, captação e sucesso.

12 dicas de marketing para clínicas novas no mercado

1) Consulte o código de ética médica antes de qualquer decisão

Respeitar a classe e os colegas é de fundamental importância. Portanto, antes de começar o marketing para clínicas, consulte o código de ética, estabeleça os pontos e esclareça os dados. Seu conselho regional tem uma cartilha de auxílio nessa tarefa.

Ter cautela nesse momento é fundamental, e, para não pisar na bola logo no início, basta seguir corretamente as regras do Conselho.

2) Site sério, profissional e esteticamente agradável

O investimento no site é imprescindível. Investir num site de qualidade, mostrará autoridade, profissionalismo e provocará uma alternativa de primeira escolha na procura dos clientes.

Atualmente, a maioria das pessoas busca por médicos no Google. Portanto, verificar o site da clínica virou uma rotina.

Dessa forma, ter um site atrativo e profissional é fundamental na captação de clientes/pacientes. É através dele que o primeiro contato entre médico e paciente será dado. Investir nele é como investir em um novo aparelho para a clínica.

3) Estar no Facebook é estar em evidência

O Facebook é um espaço necessário. É um contato mais prático com o paciente para dúvidas e, até mesmo, para marcar consultas.

É a melhor forma de captação e fixação do paciente, pois é através do teor da página que ele se agradará ou não da imagem passada pela clínica.

Assim, a página no Facebook precisa ser como o site: limpo, dinâmico e comunicável. Para não haver erros, abasteça-o de conteúdo.

4) Uma marca que seja de presença no Marketing para Clínicas

Investir na marca é investir na imagem. E a imagem que a clínica passará separará o futuro paciente de um visitante esporádico. A marca fixa e representa muito no marketing visual da clínica.

Por isso, invista em uma marca de fácil memorização para que os clientes lembrem, fixem e indiquem a clínica. Investir no design do logo também é de suma importância para dar “A cara” da clínica ao paciente.

5) O paciente em 1º Lugar

O tratamento com o paciente deve ser como o trato com um familiar. Ele necessita de cuidados, de atenção e precisará se sentir 100% atendido a todo momento.

Assim, a presença física da clínica é tão importante quanto a online para que o paciente fique interessado em seus serviços.

6) Recepcionista cortês e atenciosa

Treine a recepcionista para que ela seja atenciosa e solícita com o público. Assim como o item 5, essa dica faz parte do dito “marketing de boca”, no qual as pessoas recomendam a clínica para outros por se sentirem à vontade e confortáveis no ambiente.

Uma recepcionista atenciosa e carismática é fundamental para que o paciente se sinta bem atendido e confortável no local.

7) Jaleco limpo, sorriso no rosto e total atenção ao paciente

Mais um item que forma o tripé do marketing de boca. A apresentação é tudo! Um jaleco sujo e rosto fechado intimidam e desagradam o paciente. Sabendo isto, explane um sorriso, seja agradável, solícito e questionador.

Este será o seu diferencial. Afinal, num momento de abatimento que dores ou doenças provocam, nada melhor do que o paciente se sentir confortável.

O médico sorridente agrada o paciente e o transforma em um divulgador para o círculo de amigos.

8) Clínica e Site: a sintonia entre o real e o virtual

O site será a clínica e a clínica será o site. Como?

Estão são suas formas de apresentação e, portanto, ambos precisam estar em sintonia de organização e transmitir conforto e comodidade ao paciente.

A Clínica e o Site precisam ser, praticamente, um só.

Isso significa que o site trará, em si, a Clínica.

A Clínica, por si só, será o site no plano real. Organização, limpeza e beleza são fundamentais em ambos. Os conceitos se completam.

9) Faça um blog no site – Essencial no Marketing para Clínicas

Traga dicas, textos e uma coluna de opinião.

Mostre o lado humano e opinativo do médico. Traga algo para que as pessoas conheçam o profissional antes mesmo do contato em sala com porta cerrada.

Através do blog, será possível, por exemplo, trazer dicas, otimização SEO (Search Engine Optimization) – para subir nos topos de pesquisa – e, além disso, poderá ser um pouco “mais médico” além do consultório.

10) Abasteça o círculo online de conteúdo

De todos os tipos. Sejam piadas sobre medicina, conteúdo motivacional e, obviamente, dicas de saúde.

Utilize o photoshop, recursos de imagem, vídeo e tudo o que for permitido nas redes sociais. Um sucesso recente são os Gif’s, que tem sido grandes virais espalhados pela web.

11) Contratar um gerenciador de social media

Após o último tópico você deve ter se perguntado: “Como vou ter tempo de produzir todo esse conteúdo?”

Contrate um profissional da comunicação para realizar o trabalho, impulsionar a página, atender aos clientes e abastecer de conteúdo seus canais.

Tanto o blog quanto as redes sociais precisarão ser abastecidos com frequência e esporadicidade. Nada melhor do que um profissional do ramo da escrita para criar, escrever e divulgar suas mídias pela web.

12) A chave de ouro para adquirir clientes para sempre

Após a produção do blog, conteúdo para abastecimento e todas as técnicas do marketing de boca serem realizados, chegou a hora da verdade. Para captar de vez os clientes, será preciso fazê-los retornar ao site – e, consequentemente, à Clínica. Mas como isso?

Simples! A possibilidade de assinatura de um material informativo – uma newsletter, por exemplo – para que o paciente seja alimentado de tempos em tempos com conteúdo sobre a clínica.

Portanto, o maior investimento de uma clínica é criar uma base de pacientes consumidores. Nutrindo-os de tempo em tempo, eles irão retornar ao seu site, e consultar em sua clínica.

O elo entre médico e paciente será, no fim das contas, pelo fornecimento de conteúdo informativo.

Além de dicas de marketing para clínicas como esta, a Telemedicina Morsch apresenta novidades constantemente.

Fiquem atentos! Para não perder uma só postagem, basta assinar a nosso blog.

Compartilhe nas redes, isso traz credibilidade para você mostrar o que realmente busca na leitura!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp