O que é Radiologia online? Para que serve?

Por Dr. José Aldair Morsch, 6 de março de 2017
radiologia online

A medicina está sempre evoluindo e acompanhando as novas tecnologias com a Radiologia online.

Uma delas é a telemedicina,  com a possibilidade de realizar exames rápidos para serem avaliados por especialistas em outros locais, usando uma plataforma na internet e arquivos em nuvem.

Isso pode ser feito na radiologia online, por exemplo.

Dessa maneira a imagem de uma radiografia e os dados são enviados pela internet, de forma segura e rápida. Os médicos responsáveis fazem o laudo que é imediatamente reenviado ao local de origem da imagem radiológica. Continue sua leitura e saiba mais!

Solicite um orçamento

Conceito de Radiologia online

É uma nova era de prestação de serviços médicos, com parte do serviço utilizando a internet. São usados equipamentos de Radiografia digital ou analógica para aquisição das imagens, além do envio das mesmas pela plataforma, usando os aparelhos remotos sem precisar do especialista. Os sinais são enviados em tempo real para os Radiologistas responsáveis que fornecem o laudo em minutos.

Telessaúde na Radiologia online

O ramo da telessaúde invade a radiologia sendo a saída para locais distantes, com poucos recursos, como em cidades do interior sem especialistas para interpretar os exames.

Em grandes cidades a telemedicina também é usada para tornar os processos mais rápidos e dinâmicos. Em breve a telemedicina será mais comum do que se imagina, afinal as novas tecnologias continuarão a evoluir para facilitar diversas atividades.

É uma solução para tornar produtivo o acesso à medicina por qualquer pessoa e em qualquer lugar. Outro ponto favorável à prática de telemedicina na radiologia é a redução de custos pela rapidez e pela ausência de necessidade de deslocamento.

As informações obtidas na radiologia online são transferidas pela internet, podendo ser palavra escrita, falada, sondas, digitalizadores de imagem, instrumentos correntes (versões eletrônicas) via correio eletrônico, videoconferência, cabo, RDIS, satélite, GSM e telefone fixo.

O grau de sofisticação pode ser muito simples, com apenas uma discussão por telefone do caso clínico de um paciente, até sistemas de videoconferência complexos, via-satélite, com prestadoras de cuidados de saúde em países distantes.

A Telemedicina tem diversas aplicações, três delas são:

  • Paciente fisicamente longe do médico.
  • Médico fisicamente longe de outros médicos.
  • Grupos de pacientes e familiares separados entre si.

Aos que têm dúvida sobre a credibilidade do método, ele é feito mundialmente, seguro e também legalizado. As tecnologias da informação agregam qualidade, conectividade e velocidade da informação, com acesso imediato dos médicos aos exames dos pacientes.

A medicina local de cidades pequenas pode ter o apoio da telemedicina, combinada a medicina convencional a fim de melhorar o atendimento, assim como atender mais pessoas. Os exames radiológicos se tornam mais rápidos bem como o seu diagnóstico.

Outro ponto interessante da telessaúde é o ensino e a capacitação à distância, usada em treinamentos para aqueles que não podem se deslocar e quando o deslocamento se torna muito caro.

A telessaúde é a especialidade e a telemedicina é a ferramenta para exercer a especialidade. A telemedicina voltada à radiologia tem inúmeras aplicações que facilitam a vida dos pacientes e dos profissionais. O mercado está em constante expansão e cada vez mais as práticas serão desenvolvidas.

Gostou do nosso artigo? Então compartilhe para que mais pessoas conheçam essa realidade!

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp