Laudo de RX digital direto no PACS da Telemedicina Morsch

Por Dr. José Aldair Morsch, 6 de julho de 2017
Laudo de Rx digital

O laudo de Rx digital se tornou um exame complementar indispensável para a prática médica em todo o mundo.

Apesar de ter sido descoberta há quase 200 anos, os avanços tecnológicos na área do Raio-X ainda são constantes e novidades sempre acabam aparecendo em universidades, centros de pesquisa e, posteriormente, nas clínicas, à disposição dos pacientes.

Este texto irá tratar dos Raios-X digitais, em uma tecnologia que apresenta inúmeras vantagens em relação à tradicional radiografia analógica.

Aqui você conhecerá seus princípios de funcionamento, os impactos para pacientes e profissionais, as vantagens e desvantagens, além de saber como o uso de radiografias digitais pode facilitar o trabalho de clínicas e o atendimento de pacientes com o auxílio da telemedicina.

Como funciona uma radiografia?

A radiografia é como se fosse uma fotografia de alguma parte do corpo humano.

Solicite um orçamento

No entanto, ao invés de utilizar luz para fazer os retratos, como as fotografias, se utilizam ondas que irradiam através do corpo humano, os raios-x.

As radiografias são muito usadas para que médicos possam ter uma visão interna de ossos, órgãos e outras estruturas do corpo humano para que assim possam compreender melhor e realizar um diagnóstico preciso do paciente.

O princípio de funcionamento da radiografia é bastante simples.

O paciente posiciona a parte do corpo a ser retratada sobre o suporte da máquina, sob uma abertura por onde serão disparados os raios.

Ao ativar a máquina, o conteúdo radioativo da estrutura é excitado e irradia as partículas em direção à abertura e, portanto, ao corpo do paciente.

Os raios atravessam o corpo do paciente e se chocam contra uma chapa de recepção sensível à radioatividade que fica sob o corpo do paciente, formando a imagem da radiografia.

Como o corpo humano é formado por diferentes estruturas, mais ou menos densas, a radioatividade atravessa os tecidos do paciente também de formas distintas de acordo com a densidade de cada tecido.

Tecidos mais densos absorvem mais raios, que não chegam à chapa, e assim sucessivamente.

Os raios que chegam à chapa com mais intensidade queimam o material fotossensível, deixando-o escurecido.

Onde os raios não chegam, a coloração permanece clara, formando a imagem necessária para o diagnóstico.

Laudo de Rx digital x Radiografias analógicas

As radiografias digitais e analógicas funcionam por mesmos princípios físicos e lógicos. A diferença está na captação dos Raios-X pela chapa radiosensível.

Nos raios-x analógicos, a chapa é composta por uma espécie de filme com um composto que contém prata, que dá a coloração à radiografia no resultado final do retrato.

Nas radiografias digitais, uma chapa eletrônica radiosensível é posicionada no lugar do filme, e sua interação com os raios-x faz com que as informações sejam convertidas em impulsos elétricos e enviadas ao computador com agilidade.

Dentro das radiografias digitais existem dois tipos: a direta, em que a chapa sensível envia os dados ao computador sem qualquer interferência humana, e a indireta, em que a chapa eletrônica precisa ser escaneada para que o computador possa receber as informações, também com precisão e a agilidade.

Uma questão de saúde e performance

Os raios-x digitais apresentam grande vantagem de performance em relação às radiografias analógicas, mas acima de tudo, representam também mais segurança para o paciente.

Isto porque, em termos brutos, a radiação à qual a pessoa é submetida durante um raio-x digital é muito menor do que na radiografia convencional. Isto acontece por duas razões:

Primeiramente, na radiografia analógica, os detalhes da irradiação são definidos de maneira mecânica pelo profissional, o que pode resultar em um feixe com pouca precisão, ou com uma carga menor do que a necessária para atravessar o filme radiosensível.

Como resultado disso, não é raro que os pacientes tenham de repetir duas ou até mais vezes o processo, pois a radiografia não havia ficado nítida o suficiente para diagnóstico.

Como consequência, o paciente é submetido a uma alta carga radioativa – não chega a ser consideravelmente nociva, mas não é nada recomendável.

Em segundo lugar, pelas características dos materiais utilizados no filme, uma radiografia analógica naturalmente precisa de uma irradiação de raio-x muito maior do que uma radiografia digital para apresentar uma qualidade de imagem consideravelmente inferior.

Além disso, o uso de radiografias convencionais pressupõe a revelação dos filmes radiosensíveis.

Para isso, são necessárias mais substâncias e, em alguns casos, um segundo profissional apenas para realizar este serviço de revelação do negativo.

Além de ser pouco prático, este processo demanda um tempo considerável. Na radiografia digital, o raio-x fica pronto em poucos segundos!

As substâncias citadas no parágrafo anterior para a revelação dos negativos também costumam ser tóxicas.

Se não for bem manejada pelos profissionais, ela poderá trazer malefícios a todos no ambiente.

Afinal, você já notou que as salas de raio-x costumam possuir um cheiro forte e diferente? Boa parte disto se deve a estes produtos.

Veja mais diferenças entre o Raio X digital e o analógico

Relação de custo e benefício do laudo de rx digital

Graças à tecnologia que a emissão de radiografias digitais exige, a instalação e a manutenção destas estruturas em uma clínica, hospital ou outro acaba custando mais caro do que as instalações necessárias para que se opere apenas com radiografias convencionais.

No entanto, a agilidade, a qualidade e o retorno dos raios-x digitais são muito maiores, o que acaba compensando o investimento realizado.

Além disso, com o avanço das tecnologias, a tendência é que as radiografias digitais se tornem cada vez mais baratas e assumam de vez a liderança absoluta no mercado.

Mais importante do que tudo isso, é o fato de que as radiografias digitais permitem uma integração muito mais eficiente e facilitada com instrumentos de tecnologia, o que podem aumentar os ganhos de sua clínica.

Como a telemedicina fornece o laudo de Rx digital?

Outra vantagem do Raio-X digital é que ele pode ser mais facilmente aproveitado para uso na telemedicina.

Com a digitalização das imagens e o armazenamento no computador, se torna mais fácil gestar as informações e enviá-las imediatamente para uma empresa de telemedicina realizar o diagnóstico e oferecer os laudos médicos em pouquíssimo tempo.

Mas o que é Telemedicina?

Telemedicina são as ações de medicina feitas através da internet.

Neste caso, os raios-X são enviados para uma empresa com profissionais especializados que realizam a análise dos exames o devolvem o laudo médico completo para que o médico solicitante possa enfim fazer a devida medicação.

A vantagem da Telemedicina em relação à forma convencional é que, ao terceirizar esta parte da emissão de laudos, sua clínica já não precisa mais contratar um radiologista para fazer o laudo – uma empresa especializada o faz em muito menos tempo e com mais eficiência.

Neste sistema de uso da Telemedicina, todos saem ganhando.

O paciente ganha porque tem o resultado de seus exames muito mais rapidamente.

A clínica porque precisará armazenar menos papel e contratar menos profissionais para desempenhar um trabalho com ainda mais eficiência e precisão;

O médico solicitante poderá otimizar sua agenda baseada em uma emissão de laudos muito mais rápida e praticamente em tempo real.

É economia de tempo, dinheiro, papel e recursos logísticos para que sua clínica possa atender cada vez melhor a pacientes sempre mais exigentes.

No entanto, para aproveitar todas estas vantagens, é importante contratar os serviços de uma empresa qualificada, competente e especializada na área.

Conheça e conte com os serviços da Telemedicina Morsch

A Telemedicina Morsch é uma empresa que atua no ramo desde 2001 com ética, responsabilidade e, acima de tudo, compromisso com os profissionais atendidos.

A clínica se preocupa em oferecer um serviço de qualidade e diferencial no atendimento a pacientes e clientes, sempre visando construir um relacionamento próspero para todos.

A Telemedicina Morsch é uma empresa altamente conceituada e elogiada por seus clientes espalhados em todo o Brasil.

A empresa possui uma plataforma online simples, bonita, intuitiva e extremamente eficiente em disponibilizar os exames e seus respectivos laudos com a segurança e o sigilo necessários.

Todos os documentos são emitidos com o uso de certificado digital para garantir a integridade dos dados.

A empresa atende às seguintes especialidades: cardiologia, neurologia, pneumologia e radiologia, entregando laudos médicos de exames em cerca de 30 minutos.

Os profissionais da empresa são especialistas regulamentados pelo CFM, sempre à disposição para uma segunda opinião.

Os equipamentos utilizados no laudo de rx digital não são cedidos em regime de comodato, o custo do equipamento inviabiliza montar um serviço para um cliente.

O que acontece é o cliente que já tem o seu serviço pedir para a Telemedicina Morsch fornecer o laudo de rx digital.

Que aparelhos são fornecidos em comodato pela Telemedicina Morsch?

Aparelhos como eletrocardiograma, eletroencefalograma, espirometria são fornecidos em comodato, onde a clínica pague apenas pelos exames, utilizando equipamentos de empresas parceiras de renome nacional.

No entanto, caso sua clínica já possua os equipamentos, a empresa pode ainda fazer um preço diferenciado.

No intuito de oferecer uma experiência completa no serviço, a Telemedicina Morsch oferece suporte completo e treinamento à equipe para que o laudo de rx digital e demais exames possam ser geradas sem qualquer tipo de dificuldade, demonstrando grande preocupação pela qualidade do atendimento a clientes e pacientes.

Como facilidade de pagamento a clínicas com bloqueios no Serasa ou outros sistemas de proteção ao crédito, a Telemedicina Morsch ainda oferece planos pré-pagos para evitar problemas.

Aproveite para compartilhar e assinar nosso blog e receber conteúdos relevantes toda semana!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp