Telediagnóstico em cardiologia: entenda como funciona a Telecardio

Por Dr. José Aldair Morsch, 2 de abril de 2018
telecardio

A telecardio é uma especialidade médica virtual criada para auxiliar serviços de saúde remotos que precisam de interpretação do eletrocardiograma de repouso e não disponibilizam de Cardiologistas em tempo integral.

As doenças cardíacas estão no topo da lista das doenças mais frequentes na sociedade, junto com o AVC ( acidente vascular cerebral )  e o diagnóstico rápido é fundamental para evitar complicações como arritmias cardíacas com morte súbita e falência cardíaca nos infartos.

Neste artigo vou descrever como surgiu esta especialidade, sua atuação e o que é possível aproveitar em sua clínica ou hospital 24 horas para ampliar os serviços e auxiliar os médicos de plantão 24 horas por dia, o ano inteiro.

Telecardio, uma abreviatura de Telecardiologia

Em primeiro lugar, a necessidade de levar o especialista para pequenos centros fez com que criássemos uma nova especialidade médica de atendimento médico a distância, ou virtual,  chamada de Telemedicina.

Aproveitamos, por exemplo, o computador, internet, aparelhos médicos digitais e com isso conseguimos romper barreiras geográficas, levando várias especialidades médicas para o interior onde não existem especialistas.

Uma das pioneiras foi a cardiologia.

A procura por Cardiologistas e interpretação de eletrocardiograma de repouso fez com que criássemos a Telecardiologia.

Acima de tudo, os pequenos serviços de saúde podem realizar os exames e enviar pela internet para serem analisados pelos Cardiologistas em tempo real.

Essa facilidade foi rapidamente incorporada e aceita em todo o planeta. Sim, todos os países usufruem disso.

Como funciona na prática a Telecardio?

Um serviço de saúde que necessita de um Cardiologista e não tem recursos para contratar por tempo integral, opta pela telecardio.

Logo, o técnico em enfermagem do serviço é treinado pelo suporte da Telemedicina, ou telecardio que é a Cardiologia dentro da Telemedicina.

Esse treinamento é a distância e permanente!

Em poucos minutos após realizar o exame, ocorre a transferência do arquivo digital feita pelo técnico em enfermagem.

Funciona como um anexo de e-mail, porém, é enviado para a Plataforma de Telemedicina em nuvem na internet.

Então, um Cardiologista que está logado no sistema vai interpretar o exame enviado no arquivo digital e rapidamente libera o laudo médico do eletrocardiograma de repouso para que o cliente possa pegar o resultado e tomar a conduta necessária.

Entenda o seguinte,

Essa especialidade é aceita de acordo com o Conselho Federal de Medicina e pode ser exercida em todo Brasil, ou seja, é ética e segura para ser contratada por qualquer serviço de saúde em todo o Brasil.

O que a Telecardio tem a oferecer? 

Em resumo, além do eletrocardiograma, a prática do telecardio pode ser usada para diferentes tipos de exames voltados à saúde do coração.

Somado ao ECG, é comum que procedimentos de Holter e MAPA (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial) também sejam contemplados na área.  

Muito mais que a interpretação de exames e a emissão de laudos em si, a telecardio pode oferecer uma série de benefícios e possibilidades.

Um bom exemplo é a prática de telemonitoramento. Nela, o indivíduo em avaliação ou cardiopata pode ser acompanhado em sua própria casa ou em uma unidade local. 

Isso porque, os equipamentos utilizados (como Holter, marcapasso, medidor de pressão, etc.) são capazes de enviar os dados do paciente em tempo real.

Essas informações são recebidas diretamente pela equipe médica remota ou pela central de telelaudos responsável pela avaliação do indivíduo. 

Como resultado, garante-se uma atenção mais plena e contínua em saúde. A melhor parte é que fica reduzida a necessidade de deslocamentos à clínica ou hospital, o que agrega mais segurança e comodidade aos envolvidos.

Outra prática importante do telecardio é a teleinterconsulta. Nela, dois ou mais médicos podem interagir à distância para orientar o melhor tratamento ao paciente.

Como exemplo, imagine um clínico geral que está em uma cidade interiorana longe de centros de referência. Ele pode usar a Telemedicina para ter o apoio de um cardiologista. 

Nesse sentido, isso serve tanto para definir os medicamentos mais indicados para o caso, quanto para a busca de uma segunda opinião diagnóstica, para orientações ao vivo sobre procedimentos, e assim por diante.

Como é a atuação do médico em Telecardio?

Como você pôde perceber, apesar do protagonismo que a tecnologia ocupa atualmente na área da saúde, ela jamais substitui a função de um bom médico.

Dessa forma, podemos dizer que o telecardio não torna o atendimento especializado obsoleto, mas sim o complementa e enriquece suas possibilidades. 

Evidentemente, esse processo de avanço também exige mais dos profissionais de saúde. Isso porque, o domínio de novas ferramentas deve ser uma busca constante.

Se antes a experiência e as habilidades técnicas bastavam para garantir a qualidade do eletrocardiograma, por exemplo, agora uma boa atuação cardiológica exige mais. 

Afinal, os sistemas e recursos de telecardio (e da própria Telemedicina) estão em constante evolução, o que exige ações contínuas de aprimoramento e atualização. 

A boa notícia é que esses esforços em prol de novos conhecimentos podem garantir resultados muito positivos. Afinal, são as inovações que ditam o futuro da medicina e o sucesso de quem trabalha na área.

Contudo,  especialistas que atuam no telecardio também podem fornecer um atendimento muito mais humanizado e focado nas necessidades dos pacientes.

Muitos acreditam que a tecnologia limita o contato entre as pessoas. Entretanto, o contrário acontece. Ela é fundamental para eliminar processos burocráticos e barreiras físicas.

O resultado dessa aproximação e diminuição de redundâncias é a certeza de que os médicos podem se dedicar com mais tempo às pessoas. Assim, há a possibilidade de prestar um atendimento cada vez mais empático, humano e de excelência.

Como eu posso aproveitar a Telecardio na minha Clínica?

A necessidade em realizar um eletrocardiograma de repouso leva muitos pacientes a se deslocarem de suas cidades para locais maiores e o tempo, risco de viagem, custo do exame e espera pelo resultado retarda sempre os diagnósticos, sem contar no risco de vida na espera do resultado.

Ao adquirir um aparelho de eletrocardiograma digital de qualquer marca, você pode utilizar em seu serviço e além de melhorar os lucros da sua Clínica, vai trazer qualidade no serviço de saúde de sua cidade.

Como um hospital pode melhorar seus serviços com a Telecardio?

Sobretudo, diferente de uma Clínica que tem horários estipulados para o atendimento, um hospital tem uma emergência, um pronto atendimento que nunca fecha.

O atendimento na área de Cardiologia sempre é difícil nesses serviços e os clínicos precisam de apoio para o diagnóstico e conduta nos casos graves de infarto.

Sim, até aqui eu concordo plenamente. Mas como posso confiar em colocar esse modelo de atendimento num hospital?

telecardio

A segurança de incorporar um serviço de Telecardio é a mesma de contratar um Cardiologista presencial.

Quais são as vantagens da Telecardio?

Como você certamente sabe, os exames cardíacos tendem a ser mais delicados que os procedimentos de outras áreas.

Afinal, considerando o potencial de gravidade das doenças do coração, é imprescindível que os diagnósticos sejam ágeis e tenham total precisão para orientar os tratamentos.

Graças às possibilidades do telecardio que expliquei até aqui, a Telemedicina é uma aliada fundamental para tornar os processos de assistência mais céleres e assertivos.

Além do diagnóstico precoce e qualificado, a cardiologia à distância também evita deslocamentos muito recorrentes de pacientes.

Dessa maneira, também é possível afirmar que o telecardio reduz filas de espera nas unidades presenciais, possíveis chances de infecção e complicações em geral.

Agora, somadas as essas vantagens, muitos outros benefícios ainda podemos mencionar. Veja quais são os principais deles: 

  • Diminuição de gastos em toda a cadeia de assistência, tornando-a mais viável;
  • Ganho de qualidade nos atendimentos, que contam sempre com apoio especializado;
  • Resultados imediatos para diferentes tipos de eletrocardiograma e outros exames;
  • Redução significativa de encaminhamentos ou internações desnecessárias;
  • Maior envolvimento dos pacientes nos cuidados com sua saúde;
  • Fortalecimento de medidas de prevenção, graças à facilidade e viabilidade dos exames;
  • Apoio diagnóstico e clínico dos melhores especialistas, que independe de localização;
  • Ganho de mais produtividade em todos os processos de atenção à saúde;
  • Total confiabilidade e segurança das informações trocadas no meio eletrônico;
  • Muito mais conforto, comodidade e bem-estar para os pacientes.

Redução de custos nos laudos

Os custos são muito menores. Então, o cliente só paga por exame laudado!

Nesse contexto, o seu serviço terá interpretação dos exames de eletrocardiograma em tempo integral e uma segunda opinião para os clínicos de plantão.

A Telecardio resolve o problema da falta de Cardiologistas

Antes de mais nada, quando falamos em Telecardio, estamos resumindo um formato de atendimento a distância feito por um Cardiologista online.

Esta especialidade evoluiu tanto que os especialistas deixaram de atender nos consultórios e hospitais e se dedicam integralmente a interpretar os eletrocardiogramas enviados pela internet, no conforto do seu lar.

Entretanto, os clínicos de locais remotos tem ao seu dispor não somente a interpretação dos exames de eletrocardiograma de repouso.

Em contrapartida, a todo momento surgem dúvidas no diagnóstico, na interpretação do laudo do Cardiologista.

Neste momento de incerteza, basta pegar o telefone, chat ao vivo no site da Telemedicina Morsch, whatsapp e pedir uma consultoria sobre o caso.

Ou seja, as UPA, hospitais, pronto socorros podem melhorar muito a qualidade de atendimento com essa especialidade.

A Telecardio e a segunda opinião médica

Como expliquei no item sobre o que a telecardio tem a oferecer, uma de suas funções mais importantes é aproximar os profissionais de saúde.

Antes de mais nada, quando clínicos ou generalistas têm acesso ao apoio de cardiologistas de referência, os maiores beneficiados são os pacientes.

Quer dizer que o telecardio permite prestar uma atenção de excelência em saúde em qualquer lugar. Isso vale tanto para cidades do interior sem bons centros de cardiologia, regiões remotas ou qualquer outro caso em que o paciente não tem acesso ou não pode se deslocar.

Então, para você ter ideia, os motivos que mais levam os profissionais de saúde a solicitarem apoio especializado via telecardio são: 

  • Incerteza sobre a solicitação de determinados exames;
  • Dúvidas na interpretação dos resultados das análises;
  • Apoio na condução de tratamentos de doenças cardiovasculares.

Também vale mencionar que os casos mais diagnosticados no telecardio tendem a ser sérios. Isso inclui arritmias, hipertensão arterial sistêmica, insuficiência cardíaca congestiva, entre outros.

Dada a seriedade desses quadros e a importância da segunda opinião médica em sua identificação, é fácil perceber a importância da Telemedicina na área.

Afinal, sem o telecardio, os pacientes dificilmente teriam um diagnóstico adequado com a celeridade necessária.

Considerando que a detecção precoce e precisa das patologias é imprescindível para o sucesso dos tratamentos, não é exagero afirmar que a prática também é fundamental para salvar muitas vidas. 

A Telecardio e a Medicina Ocupacional

A Medicina Ocupacional pode ter ao seu dispor a Telecardio.

Realizar os exames ocupacionais na sua clínica ou mesmo nas empresas e ter o resultado imediato do exame para entregar para a empresa é o sonho de todo Médico do Trabalho.

Com a Telecardio o Médico do Trabalho amplia seus serviços, afinal, melhora significativamente a qualidade no seu atendimento e consegue aumentar muito o faturamento.

A Telecardio e o comodato de Eletrocardiograma

Os serviços que desejam utilizar essa especialidade e não tem verba para compra do equipamento podem contratar o serviço na modalidade de comodato.

Comodato é contratar o aparelho pagando uma mensalidade e recebendo os laudos gratuitos.

Seja como for, entenda que no aluguel tradicional o cliente recebe somente o aparelho e precisa contratar o Cardiologista e arcar com os custos da interpretação dos exames.

A Telemedicina Morsch é pioneira na Telecardio

A Telecardio iniciou na Telemedicina Morsch em 2005 e se consolidou como uma das especialidades chave no atendimento a locais remotos.

A Telemedicina oferece uma série de especialidades para agregar valor aos serviços que necessitam de especialistas.

O grande diferencial na Telemedicina Morsch é a estrutura completa de atendimento bem como, o comodato dos equipamentos com suporte em tempo integral.

Em resumo, a Telecardio é uma especialidade médica que leva a Cardiologia para locais remotos sem especialistas, atendendo em tempo integral, o ano inteiro.

Usando a internet é possível enviar os arquivos dos exames de eletrocardiograma de repouso para uma Central de Telemedicina em nuvem onde os Cardiologistas interpretam os exames e liberam os laudos médicos em minutos.

Portanto, o serviço de Telecardiologia é ideal para hospitais 24 horas que terão os laudos dos exames para os clínicos de plantão de forma ágil e segura, sempre interpretados pelos Cardiologistas da equipe de Telemedicina e com certificação digital e registro da empresa no Conselho Federal de Medicina.

Compartilhe conteúdos como esse nas suas redes! Assine nosso blog e receba semanalmente novidades no seu e-mail

Abraço forte e até semana que vem!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE