Laudo de mamografia na Telemedicina: entenda como funciona!

Por Dr. José Aldair Morsch, 14 de dezembro de 2017
laudo de mamografia

Estamos vivendo uma revolução tecnológica na medicina que permitem modelos de realização de exames e diagnósticos em doenças da mama, como o laudo de mamografia digital, que visam facilitar a rotina dos médicos e o tratamento dos pacientes.

Muitas dessas novas técnicas têm sido exploradas na área da mastologia, uma vez que o câncer de mama é uma das doenças que mais atingem as mulheres no mundo.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, estima-se que só no Brasil mais de 40 mil casos são registrados a cada ano.

Para a prevenção, é importante que a mulher realize o exame de mamografia com frequência, e é nesse ponto em que a discussão é ampliada.

O laudo de mamografia na telemedicina

A popularizada mamografia é um exame realizado primordialmente por mulheres acima de 40 anos que colabora no diagnóstico do câncer de mama.

O procedimento extremamente simples pode ser uma excelente alternativa para a prevenção e combate da doença.

Solicite um orçamento

Por isso, a mamografia necessita de novos procedimentos tecnológicos que podem melhorar a qualidade dos exames e promover diversos benefícios na área da mastologia.

Você, que possui uma clínica de radiologia e realiza o exame, pode aderir às novas tecnologias apresentadas no mercado para melhor diagnosticar as lesões.

Existem meios que proporcionam um melhor serviço de imagem, e, para isso, você não precisa necessariamente contratar uma equipe de radiologistas que seja capaz de atender a demanda da sua clínica.

Sabemos que no atual cenário do mercado brasileiro, há uma falta de radiologistas capacitados e disponíveis para a contratação.

E, muitas vezes, devido a essa escassez, os laudos são entregues cinco dias após a elaboração dos exames.

Toda essa demora pode causar ansiedade e preocupação para as pacientes. Há, também, casos em que o serviço de imagem deixa de atender a todos os exames que poderia realizar, abrindo assim espaço para a concorrência.

Entregar os laudos mais rapidamente e com maior qualidade pode ser um diferencial perante a concorrência. Para isso, você pode contar com os serviços de telemedicina a partir do laudo de mamografia da teleradiologia.

Como é realizado o laudo de mamografia na Telemedicina?

Quando a mulher ou homem realizam o exame de mamografia nem imaginam quem está por trás na interpretação do exame.

A Sociedade Brasileira de Radiologia admite como responsáveis tanto o médico radiologista, quanto o mastologista.

A empresa que disponibiliza o mastologista para liberar os laudos médicos oferece a condição de um profissional que vivencia a rotina de investigação do câncer de mama na mulher, com isso agrega valor ao serviço, trazendo uma bagagem cultural diferenciada, muito mais experiência prática em liberar os resultados, trazendo mais credibilidade para a clínica de radiologia.

Ao realizar os laudos de exames usando a telemedicina, você terá uma maior qualidade e precisão nos seus laudos com interpretação rápida e liberação do laudo médico em 30 minutos.

Que classificação é usada no laudo de mamografia?

Nos exames de mamografia, você poderá encontrar o BI-RADS, que contribuirão para um melhor seguimento das características encontradas na mamografia, podendo ser comparado com qualquer exame no mundo, visto que a nomenclatura é padrão mundial.

O BI-RADS é uma lista padronizada que relata os achados radiológicos na mamografia. Ele contribui para reduzir o risco de algumas interpretações subjetivas sobre o exame, impedindo assim que o mesmo laudo tenha interpretações diferentes do radiologista e do médico.

Essa classificação ajuda o médico a saber quando o nódulo suspeito na mama deve ser contemplado com outros procedimentos médicos e também quando o tratamento pode ser interrompido. Portanto, ela padroniza todas as condutas médicas.

A classificação é dividida em sete diferentes categorias que vamos listar a seguir:

Categoria 0 – Exame Inconclusivo

Quando o radiologista classifica o resultado como BI-RADS 0, significa que o exame é inconclusivo. Isso pode estar ligado a diversos fatores, como imagens de baixa qualidade, posicionamento inadequado das mamas ou movimentação da paciente durante o exame.

Porém, a categoria 0 também pode se referir a situações em que há dúvida sobre a existência de uma não lesão. Assim, haverá a necessidade da realização de um outro exame para tirar a prova.

Categoria 1- Exame normal ou exame negativo

Quando o laudo de mamografia é classificado como BI-RADS 1 significa que as mamas não apresentam nenhuma alteração. Elas são perfeitamente normais, pois são simétricas e não foram detectadas distorções ou calcificações suspeitas.

Sendo assim, o risco de lesão maligna nessa categoria é de 0%.

Categoria 2- Exame com achados

No BI-RADS 2, o radiologista encontrou alguma alteração nas mamas. Porém, as características permitem afirmar que ela é benigna. Ou seja, podem ser algumas pequenas distorções como lipomas, hematomas, implantes de silicone ou até cicatriz cirúrgica. Sendo assim, nessa classificação o risco de lesão maligna é de 0%.

Se o médico encontrar alguma alteração que tenha dúvidas de que seja benigna, ele altera o resultado para BI-RADS 3.

Categoria 3- Exame com achados provavelmente benignos

Quando o estágio do exame é elevado para BI-RADS 3 significa que o médico encontrou alguma alteração na mamografia. Mas ele não pode afirmar com 100% de segurança que seja uma alteração benigna. Um resultado BI-RADS 3 indica uma lesão com baixíssimo risco de malignidade.

Mas, para assegurar, a paciente deve realizar o exame no prazo máximo de dois anos.

Categoria 4- Exames com achados suspeitos

NO BI-RADS 4, alguma alteração foi encontrada nas mamas, porém não necessariamente um câncer.

Porém, nesse caso a paciente deve realizar uma biópsia da lesão para que haja o diagnóstico correto.

Categoria 5- Exame com elevado risco de câncer

Na classificação BI-RADS 5 suspeita-se alguma alteração derivada do câncer de mama. Essas lesões são diagnosticadas como nódulos densos, calcificações, lesões com retração da pele ou até mesmo distorção nos formatos das mamas.

As mulheres que se encaixam nessa categoria devem realizar a biópsia, já que o risco de uma lesão maligna é de 95%.

Categoria 6 – Exame com lesão maligna previamente conhecida

A classificação de BI-RADS 6 é estabelecida para pacientes que já possuem o câncer de mama diagnosticado e realizam uma mamografia a fim de acompanhar os estágios da doença.

Portanto, essa classificação tem apenas como base confirmar lesões malignas que já foram diagnosticadas anteriormente.

Com essas categorias, vimos que a mamografia deve ser um exame realizado com qualidade e agilidade.

Por isso, é importante contratar serviços que atendam esses quesitos, como os serviços terceirizados de telerradiologia.

O que é teleradiologia e como ela pode contribuir no laudo de mamografia?

Os serviços de teleradiologia têm se diferenciado no mercado em virtude do fornecimento de laudo de mamografia com qualidade, agilidade e bom custo benefício.

É uma especialidade dentro da telemedicina encarregada de interpretar os exames de imagem enviados para o PACS da telemedicina.

Por isso, eles têm ganhado cada vez mais espaço no mercado da tecnologia médica. Ela contribui na revolução da entrega de resultados e exames médicos.

Os exames são consultados e entregues de forma digital, revolucionando as técnicas da medicina tradicional.

Este é um processo seguro e legalizado que avança as análises de resultados de diagnósticos e exames, beneficiando assim toda a categoria médica.

Nesse modelo, há o uso de tecnologias da informação que são agregadas com qualidade, velocidade e conectividade nas informações dos exames realizados.

A telemedicina proporciona ao médico acesso imediato aos laudos, contribuindo assim para condutas com maior agilidade e precisão.

Os médicos podem acessar os exames de qualquer lugar, sendo necessário apenas um tablet ou computador com internet.

A telemedicina consiste de um sistema apropriado e seguro de gerenciamento das informações e imagens contidas nos exames.

Como o sistema é interligado, o médico pode realizar uma busca de segunda opinião médica em questões emergenciais.

O custo benefício da telemedicina também pode ser extremamente vantajoso. Nesse modelo, você paga apenas pelos exames que foram enviados, e cada um deles possui um valor fixo.

Ou seja, você não precisa ter gastos com uma equipe de radiologia na sua clínica.

Outra vantagem é que você pode enviar os exames à qualquer hora, pois sempre haverá radiologistas e mastologistas para atender aos pedidos.

Hoje, há diversas empresas que trabalham com interpretação e entrega do laudo de mamografia a distância.

Elas estão preocupadas em oferecer os melhores modelos de tecnologia para aprimorar os serviços médicos.

Mas para isso, é importante que você procure por uma empresa que ofereça todas essas vantagens de uma maneira segura, rápida e de qualidade.

Como a Telemedicina Morsch pode me ajudar?

Se você procura oferecer um diferencial no seu atendimento e estar interligado com as tendências de mercado, precisa conhecer a Telemedicina Morsch.

Não tenha medo de experimentar algo novo, pois isso pode apresentar resultados extremamente satisfatórios para a sua clínica de radiologia.

É um modelo que tem ganhado espaço no mercado pela sua revolução no modo de se fazer medicina.

Com a telemedicina Morsch, você terá laudos online que serão oferecidos com qualidade ao interpretar os exames médicos.

Por isso, se você precisa de mais rapidez na entrega dos laudos e não possui um serviço especializado na sua região, você pode contratar esse serviço terceirizado.

Na Telemedicina Morsch você terá uma empresa que é homologada pela ANVISA, garantindo assim uma eficiência e segurança nos seus dados e imagens.

Além disso, a empresa oferece assinatura digital e um sistema administrativo completo de gerenciamento para os clientes a fim de facilitar a rotina médica.

Por isso, se você procura oferecer diferenciais na sua clínica de radiologia, você precisa aderir às técnicas de teleradiologia.

O câncer de mama é um assunto muito delicado para algumas mulheres, por isso, com a Telemedicina Morsch, você oferecerá a suas pacientes mamografias com qualidade e agilidade.

O serviço de teleradiologia terceirizado oferece também um ótimo custo benefício para a sua clínica.

Com esse método, você não precisa pagar por uma equipe especialista de radiologistas.

Ao contratar esse serviço, você apenas realizará o pagamento dos exames que enviar, recebendo laudos feitos por mastologistas, aumentando a qualidade do seu serviço.

A tecnologia avança a cada dia para oferecer melhores alternativas para a medicina. Por isso, contrate serviços da Telemedicina Morsch e ofereça um diferencial.

Gostou? Então compartilhe nas redes! Assine nosso blog!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp