Laudo de Polissonografia: como funciona, resultado e exame à distância

Por Dr. José Aldair Morsch, 29 de julho de 2019
Laudo de Polissonografia

O laudo de polissonografia é um dos documentos mais importantes para a identificação de distúrbios do sono, como apneia obstrutiva e insônia.

Além de causar cansaço, falta de concentração e estresse, esses males têm o potencial de prejudicar as funções neurológicas, respiratórias, cardíacas e de outros sistemas do organismo, levando a doenças e eventos graves.

Para se ter uma ideia, estudos relacionam casos crônicos de apneia a grandes eventos cardiovasculares, como hipertensão pulmonar e arterial sistêmica e até ao infarto agudo do miocárdio.

Daí a relevância de aprofundar os conhecimentos sobre a polissonografia e o laudo médico gerado a partir dos gráficos do exame – principais temas abordados neste artigo.

Acompanhando até o final, você ainda vai ampliar os conhecimentos sobre os diferentes tipos de polissonografia e descobrir como a telemedicina auxilia na otimização dos resultados, a partir de laudos a distância.

Vamos em frente?

Laudo de polissonografia: o que é?

Laudo de polissonografia o que é?

Laudo de polissonografia: o que é?

Laudo de polissonografia é o documento no qual são registrados dados do paciente e do profissional que conduziu o teste, suspeita clínica, técnicas utilizadas e resultados.

O laudo é gerado a partir da interpretação dos gráficos obtidos com o exame de polissonografia, que, de forma simples, pode ser definido como um monitoramento durante o sono.

A polissonografia é considerada o exame padrão ouro para a avaliação das variações biofisiológicas que ocorrem durante o sono, sinalizando anormalidades e patologias.

Como explica este artigo, assinado pela especialista em Medicina do Sono Fabíola Paula Galhardo Rizzatti, a polissonografia fornece dados sobre:

  • Atividade cerebral
  • Fases do sono
  • Movimentos respiratórios
  • Atividade muscular
  • Movimentos dos olhos
  • Batimentos cardíacos
  • Oxigenação do sangue.

Essas informações geram gráficos com diferentes padrões, que serão laudados por um especialista qualificado, in loco ou a distância.

Laudo remotos são viabilizados por empresas de telemedicina, que disponibilizam os documentos em formato digital em numa plataforma aprovada junto à Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS).

A importância do exame de polissonografia no diagnóstico neurológico

A importância do exame de polissonografia no diagnóstico neurológico

A importância do exame de polissonografia no diagnóstico neurológico

Para colher dados sobre diferentes funções do organismo, a polissonografia reúne uma série de testes realizados simultaneamente.

Eletroencefalograma (EEG), eletrocardiograma (ECG), eletromiograma (EMG), eletro-oculograma (EOG) e oximetria de pulso são os principais, mas a quantidade de parâmetros avaliados pode ser bem maior.

O registro dos padrões cerebrais é realizado através do eletroencefalograma, que monitora a atividade elétrica dos neurônios – as células nervosas do cérebro -, produzindo gráficos de linha.

Dependendo da frequência e amplitude das linhas, são formadas diferentes ondas mentais que correspondem a estados de atenção, relaxamento, sonolência ou sono profundo.

Ou seja, os padrões durante o sono diferem daqueles observados com o paciente acordado.

Portanto, estudar o comportamento dos neurônios em ambas as situações é relevante para diagnosticar distúrbios do sono e doenças neurológicas.

Nesse sentido, a polissonografia ganha mais relevância, pois permite uma avaliação ampla, relacionando anormalidades neurológicas a sintomas em outras partes do organismo.

Um exemplo é no diagnóstico da síndrome das pernas inquietas, um distúrbio causado por alterações nos neurônios que provoca uma necessidade involuntária de mexer as pernas, com manifestação de forma mais explícita durante o sono.

A polissonografia permite a observação de alterações neurológicas e seus impactos sobre o sistema motor, dando suporte à identificação da doença.

O que é avaliado em um laudo de polissonografia?

O que é avaliado em um laudo de polissonografia?

O que é avaliado em um laudo de polissonografia?

Níveis de oxigenação sanguínea, ondas cerebrais, frequência respiratória e cardíaca, são comumente avaliados no laudo médico desse teste.

A polissonografia permite, por exemplo, que sejam identificadas arritmias que acompanham o sofrimento durante crises de apneia obstrutiva.

Durante o exame, também são analisados os movimentos das pernas e dos olhos, cuja combinação dos resultados indica os graus de apneia durante o sono.

Outro dado importante é o nível de ronco que o paciente apresenta, que pode aumentar as chances de o paciente desenvolver problemas cardíacos irreversíveis.

-> Solicitar orçamento de laudo de polissonografia a distância

O que é diagnosticado com o laudo de polissonografia?

O que é diagnosticado com o laudo de polissonografia?

O que é diagnosticado com o laudo de polissonografia?

O principal objetivo da polissonografia é identificar e diagnosticar distúrbios atrelados ao sono, sendo a base para o início de tratamentos que tenham relação com a dificuldade para dormir e os distúrbios do sono.

O exame, totalmente indolor e não invasivo, é realizado com facilidade. E suas complicações são extremamente raras.

Qualquer distúrbio do sono pode ser confirmado por meio do laudo de polissonografia, uma vez que apresenta o monitoramento de cada um dos ciclos e estágios do sono do paciente, identificando quando e porque eles são interrompidos.

Dentre os principais males diagnosticados com o auxílio do exame, vale citar:

  • Apneia
  • Narcolepsia
  • Insônia
  • Síndrome das pernas inquietas
  • Estágios avançados de DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica)
  • Síndrome do sono insuficiente
  • Sonambulismo
  • Terror noturno
  • Paralisia do sono
  • Bruxismo.

Laudo de polissonografia tradicional X portátil

Em sua origem, os exames de polissonografia só podiam ser realizados e laudados no hospital.

Esse quadro mudou com o surgimento da telemedicina e dos equipamentos de polissonografia portáteis, que permitem que os testes sejam feitos com todo o conforto, na residência do paciente.

A inovação beneficia especialmente pessoas acamadas, com restrições de mobilidade ou que têm dificuldade para dormir fora de casa.

Os equipamentos são levados ao quarto do paciente, que recebe os eletrodos e é monitorado normalmente.

Por fim, os registros do exame são compartilhados via plataforma de telemedicina, avaliados e interpretados por especialistas.

Os profissionais elaboram e assinam digitalmente o laudo a distância, que é liberado após alguns minutos na própria plataforma.

Um pouco mais sobre a polissonografia hospitalar

Um pouco mais sobre a polissonografia hospitalar

Um pouco mais sobre a polissonografia hospitalar

Nos hospitais e clínicas especializadas, os aparelhos de polissonografia convencionais permitem a realização de apenas um exame por dia, o que faz com que seu custo seja extremamente alto.

Com a telemedicina e equipamentos portáteis, é possível aumentar a quantidade de exames realizados, delegando sua interpretação aos especialistas da empresa parceira.

Os dois problemas principais diagnosticados com a polissonografia

Os dois problemas principais diagnosticados com a polissonografia

Os dois problemas principais diagnosticados com a polissonografia

Ronco e a apneia do sono se destacam dentre os distúrbios que podem ser identificados, diagnosticados e tratados com o auxílio da polissonografia.

Se o exame for interpretado a distância, os laudos ganham eficácia e rapidez, a um custo interessante para clínicas e pacientes.

Devido à desinformação quanto aos perigos que podem representar, ronco e apneia não recebem a atenção devida, resultando em subnotificação e mais casos de doenças cardiovasculares e respiratórias.

Isso ocorre, em primeiro lugar, pela falta de campanhas públicas a respeito do tema e, em segundo, pelo alto custo dos exames que contribuem para seu diagnóstico, incluindo a polissonografia.

Nem todos os hospitais e clínicas contam com aparelhagem suficiente e especialistas para a interpretação desses exames na quantidade necessária.

Investir em telemedicina é uma alternativa simples e menos custosa para melhorar o acesso aos testes de diagnóstico, apoiando diagnósticos precoces e assertivos.

Resultados do laudo de polissonografia

Os resultados que aparecem no laudo médico do exame são fruto da avaliação das funções corpóreas e sua comparação com padrões normais durante o sono.

Ou seja, interpretar os resultados da polissonografia é uma tarefa bastante complexa, que deve ser realizada por um ou mais especialistas qualificados não apenas em uma especialidade médica (como pneumologia e neurologia), mas também no estudo do sono.

A partir de conhecimentos sobre os diferentes estágios do sono e os eventos comuns durante cada um, o especialista pode apontar anormalidades respiratórias, cardiovasculares, neurológicas e motoras, por exemplo.

Daí a necessidade de considerar a suspeita clínica, sintomas e histórico do paciente na elaboração do laudo.

Exemplo de laudo de polissonografia hospitalar

Resultado de polissonografia

Considerando o registro da noite inteira observou-se:

Eficiência do sono (tempo permanecendo em sono) diminuída;

Índice de despertares:

Aumento do índice de despertares;

Latência para o sono (tempo para iniciar o sono) aumentada e para iniciar o sono REM diminuída;

Diminuição do percentual do sono fase N1;

Diminuição do percentual do sono fase N2;

Diminuição do percentual do sono fase N3 ondas delta;

Diminuição do percentual do sono fase REM;

Índice de apnéia/hipopnéia  elevado, predominando os eventos respiratórios obstrutivos;

Presença de dessaturação da oxi-hemoglobina associado aos eventos respiratórios anormais;

Presença de ronco intenso constante.

Conclusão do exame de polissonografia:
Paciente apresentou diminuição de sono reparador, com aumento de despertares . Eficiência do sono diminuída e padrão respiratório anormal (aumento no número de pausas respiratórias durante o sono de origem obstrutiva) consistente com o diagnóstico polissonográfico de Apneia Obstrutiva do Sono em grau elevado que por consequência apresentou uma queda na oxigenação sanguínea e presença de ronco (clínica e epidemiologicamente importante como fator de risco isolado para o desenvolvimento de doença cardiovascular, notadamente se associada a hipertensão arterial sistêmica ou diabetes mellitus).

A Telemedicina como parceira em interpretar exames de polissonografia

A Telemedicina como parceira em interpretar exames de polissonografia

A Telemedicina como parceira em interpretar exames de polissonografia

Ao investir em um serviço de exames de polissonografia, é importante entender que existem protocolos específicos para realização do teste.

Também é recomendado contratar um técnico em polissonografia, que irá acompanhar o exame durante a noite e, depois, estadiar os registros para que sejam enviados para a central de telemedicina.

Basicamente, existem dois formatos para montar um serviço de exames de polissonografia:

1. Com técnico em polissonografia

Neste caso, o profissional é preparado para realizar o exame por completo.

No final, o técnico é capaz de encontrar as alterações registradas e descrever de forma detalhada os registros de movimentos, saturação, batimento cardíaco e atividade elétrica cerebral que serão avaliados pelos especialistas na central de laudos.

2. Sem técnico em polissonografia

Caso sua clínica ou hospital não disponha de técnicos em polissonografia, não se preocupe.

A Telemedicina Morsch fornece treinamento na plataforma para que um técnico em enfermagem esteja capacitado para conduzir a polissonografia.

Finalizado o teste, os registros são enviados em sua totalidade para a plataforma de telemedicina, que será acessada por um de nossos técnicos em polissonografia, responsável por fazer o estadiamento do exame.

Em seguida, as informações serão encaminhadas ao especialista que interpretará os dados e formulará o laudo final a ser entregue ao paciente.

Benefícios do laudo de polissonografia à distância

Benefícios do laudo de polissonografia à distância

Benefícios do laudo de polissonografia à distância

Viabilizados pela telemedicina, os laudos digitais agregam agilidade na entrega de resultados ao paciente, que ocorre no mesmo dia do exame.

Confira, a seguir, outros benefícios de optar pela emissão de resultados a distância.

1. Os laudos de polissonografia à distância ficam salvos na nuvem

A nuvem é um local na internet que permite o armazenamento de uma quantidade maciça de arquivos digitais.

No caso de documentos que contêm informações de saúde, como os laudos médicos, esse local fica protegido por mecanismos como senhas e criptografia, a fim de garantir que apenas pessoas autorizadas os visualizem.

A guarda na nuvem dispensa a necessidade de um local físico para arquivamento, além de manter os documentos intactos e disponíveis para futuras pesquisas, comparações e relatórios.

2. Somente médicos neurologistas interpretam os exames

A realização da polissonografia é relativamente simples, podendo ser conduzida por um médico generalista ou técnico em enfermagem devidamente treinado.

Já sua interpretação é complexa e restrita, pelo Conselho Federal de Medicina, a um especialista com conhecimentos sobre os padrões do organismo durante o sono.

Clientes da Morsch têm a garantia de que essa exigência do CFM será cumprida, pois apenas neurologistas qualificados avaliam os gráficos e compõem o laudo da polissonografia.

Para confirmar a autenticidade do documento, os especialistas o assinam digitalmente.

3. O custo do laudo é menor quando comparado com o neurologista presencial

Comentei, no início deste tópico, sobre a maior agilidade na emissão dos laudos digitais.

Isso é possível porque empresas bem estruturadas, como a Morsch, mantêm equipes de especialistas dedicados apenas à composição dos laudos médicos.

Assim, esses profissionais iniciam a interpretação da polissonografia no momento em que os registros do exame são compartilhados na plataforma de telemedicina.

Sua expertise e concentração também permitem que o laudo custe menos, pois diversos documentos são emitidos a cada hora de trabalho.

4. Disponibilidade de uma segunda opinião quando solicitado

Como engloba vários testes simultâneos, o laudo de polissonografia pode deixar dúvidas.

Mas isso não é problema para clínicas, consultórios e hospitais que contam com o suporte de uma empresa de telemedicina.

Eles podem usar a própria plataforma para pedir uma segunda opinião médica sempre que for preciso esclarecer questões relacionadas ao laudo digital.

5. Ótima solução na ampliação de serviços

Se você está pensando em adicionar a polissonografia ao seu portfólio, certamente, vai se beneficiar dos laudos a distância.

Eles permitem a oferta do exame sem a contratação de novos especialistas, enxugando gastos e elevando as receitas.

6. Modalidade de comodato quando solicitado

Comodato de aparelhos médicos é um jeito simples de economizar com a aquisição desses equipamentos.

Em vez de investir altas quantias na compra ou aluguel convencional, é possível contratar um pacote de laudos por mês e receber o direito de usar dispositivos modernos, sem nenhum custo adicional.

Onde comprar um aparelho de polissonografia de qualidade?

Existem várias marcas de aparelhos nacionais e estrangeiros, mas é preciso cautela ao escolher os equipamentos.

Muitos aparelhos estrangeiros não são registrados na Anvisa, possuem poucos locais de manutenção e nem todos são compatíveis com o sistema de telemedicina.

Uma boa dica é pesquisar se o aparelho está registrado na Anvisa, se a marca tem boa reputação e se atende aos serviços de que seu estabelecimento necessita, a exemplo do eletroencefalograma.

Adquirindo um equipamento completo, sua equipe poderá utilizar essa tecnologia durante o dia, para fazer o EEG, e durante a noite, na polissonografia.

Se tiver dúvidas, você pode marcar uma consultoria com a Morsch.

Vamos entender seu projeto e ajudar a implementá-lo de forma rápida e econômica.

Opção de comodato de aparelho de polissonografia

Opção de comodato de aparelho de polissonografia

Opção de comodato de aparelho de polissonografia

Comentei, acima, que algumas empresas de telemedicina oferecem o aluguel em comodato, proporcionando economia na hora de adquirir equipamentos médicos.

Com a Morsch, o cliente recebe todo o auxílio de que precisa para começar a realizar a polissonografia com eficiência, basta adquirir o equipamento com empresas parceiras.

Depois de assinar o contrato, o equipamento chega em até cinco dias úteis, e pode ser configurado rapidamente através de suporte remoto.

Desse modo, o dispositivo fica pronto para registrar o exame no mesmo dia em que chega à clínica, consultório ou hospital.

Além disso, a Morsch disponibiliza treinamento à distância para técnicos em enfermagem aplicarem as melhores práticas na obtenção dos gráficos de polissonografia.

A capacitação pode ser feita na plataforma de telemedicina, a qualquer hora do dia ou da noite.

Já tenho o aparelho e quero testar os laudos a distância de Polissonografia. Como faço?

Quem já possui o equipamento pode experimentar a plataforma da Morsch agora mesmo.

Basta clicar neste link para fazer um teste totalmente gratuito.

Sobre a Telemedicina Morsch

Sobre a Telemedicina Morsch

Atuando com laudos a distância desde 2005, a Morsch se dedica a criar uma experiência positiva e completa para cada cliente.

Para tanto, oferece um conjunto de serviços que facilitam a rotina de hospitais, consultórios e clínicas que trabalham com exames de diagnóstico, dando suporte desde o treinamento de funcionários até uma segunda opinião qualificada.

Através de uma plataforma que se integra facilmente a sistemas como o prontuário eletrônico do paciente (PEP), a Morsch disponibiliza laudos remotos para exames em quatro especialidades diferentes: teleneurologia, telecardiologia, telepneumologia e teleradiologia.

Dessa forma, o cliente consegue ampliar o portfólio com facilidade, adicionando testes ou até novas especialidades na mesma plataforma, sem burocracia.

Conclusão

Ao longo deste artigo, falei sobre a importância, tipos e doenças diagnosticadas por meio do laudo de polissonografia, mostrando as vantagens claras de apostar no documento digital.

Emitido remotamente, o resultado do exame ganha agilidade e segurança, graças ao armazenamento em nuvem, sem deixar a qualidade de lado.

Permita que a Morsch seja sua parceira na oferta de laudos de polissonografia, aumentando as receitas e a produtividade da sua equipe.

Entre em contato para conhecer opções pensadas para o seu negócio.

Navegue pelo blog e saiba mais sobre os testes neurológicos que se beneficiam da telemedicina.

Se gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo.

Compartilhe com sua rede de amigos.

Referências Bibliográficas

RIZZATTI, Fabíola Paula Galhardo. Métodos diagnósticos em Pneumologia.

GUIMARÃES, Gleison Marinho. Polissonografia: como interpretar os resultados. 2017.

A importância de dormir bem – Revista Espaço Aberto. Edição 140. Julho, 2012.

GONDIM, Lys Maria Allenstein; MATUMOTO, Luciana Matshie; CEZÁRIO, Marco Antônio; et al.Estudo comparativo da história clínica e da polissonografia na síndrome da apnéia/hipopnéia obstrutiva do sono. Rev. Bras. Otorrinolaringol. vol.73 no.6 São Paulo Nov./Dec. 2007.

CESAR, Thulio Zapaterra; CESAR,  Thobias Zapaterra; SILVIA, Joaquim Belchior; MAGNUS, Gisela. Apneia obstrutiva do sono: a importância do rastreamento e do diagnóstico no período pré-operatório. Rev Med Minas Gerais 2016; 26 (Supl 7): S53-S61.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp