Eletroencefalograma ocupacional e clínico, qual a diferença?

Por Dr. José Aldair Morsch, 22 de agosto de 2015
entenda a diferença entre encefalograma ocupacional e clínico

É frequente perguntarem qual a diferença entre eletroencefalograma clínico e ocupacional. Vamos descrever neste artigo as vantagens do eletroencefalograma ocupacional para empresas de medicina ocupacional.

O que é eletroencefalograma?

Eletroencefalograma é um exame solicitado por um neurologista, clínico ou médico do trabalho, utilizado para avaliar a atividade elétrica do nosso cérebro. Para a Medicina do trabalho ele tem a função de descartar doenças epilepticas em exames admissionais, periódicos, demissionais.

É muito frequente pacientes procurarem os serviços de saúde com queixas de tontura, dor de cabeça, desmaios, convulsão, história de ataques epilépticos concluídos como diagnóstico por outros médicos e ficarem na dúvida se trata de um problema sério na cabeça ou é apenas queixas de problemas psicológicos como depressão que atinge uma porcentagem significativa da população.

Dentre as investigações feitas pelo médico está o pedido do exame de eletroencefalograma e tomografia computadorizada de crânio. Então é nesse momento que começa a busca por serviços que realizem estes exames.

Qual a diferença entre eletroencefalograma Clínico e Ocupacional?

1- Eletroencefalograma Clínico

Solicite um orçamento

Este exame é realizado para investigação e acompanhamento de doenças cerebrais em consultórios de neurologistas, clínicos gerais, em que o paciente teve queixas relacionadas ao sistema nervoso central, como epilepsia, convulsões, crise parcial complexa, ataques em que o paciente fica se debatendo.

2- Eletroencefalograma Ocupacional

Já o eletroencefalograma ocupacional é feito em trabalhadores saudáveis que irão assumir atividades de risco em empresas. Existem normatizações que indicam a necessidade desse exame para atividades de risco para o funcionário e para os demais envolvidos.

Como exemplos, podemos citar os motoristas, trabalhadores em altura com pintores, serventes, auxiliares da construção civil, pilotos de aviões.

Quais as vantagens do Eletroencefalograma Ocupacional?

Com o surgimento da medicina do trabalho, foram implementados diversos exames preventivos para preservar a saúde do trabalhador.  Para contratar e acompanhar trabalhadores que realizam atividades de risco como trabalho em altura, motoristas de ônibus, pilotos, etc… Foi regulamentada uma lei que recomenda solicitar um eletroencefalograma ocupacional para confirmar que não existe nenhuma doença cerebral que impeça o candidato a assumir um posto de trabalho de risco.

É de inteira responsabilidade do médico do trabalho avaliar constantemente o trabalhador nesta função. Jamais será permitido contratar um trabalhador que tenha algum problema mental ou cerebral  para atuar nestes ambientes de trabalho de risco pessoal e para os demais dependentes do seu serviço.

Neste momento entra o exame admisional com o eletroencefalograma que analisa a atividade cerebral, onde chamamos de eletroencefalograma Ocupacional. É um exame mais rápido, com uma montagem dos eletrodos mais compacta na cabeça do paciente e manobras de tempo mais rápidas, dirigido para o tipo de exame preventivo.

QUERO SABER MAIS SOBRE OS APARELHOS DE EEG

Geralmente a clínica do trabalho possui o aparelho para fazer o exame no trabalhador. O problema que a clínica enfrenta é pouca informação sobre os tipos de exames e a dificuldade de ter disponível o neurologista qualificado para interpretar o exame.

Como ter laudos rápidos de Eletroencefalograma?

A tecnologia digital propiciou desenvolver uma plataforma em nuvem de telemedicina que recebe os exames enviados pelas clínicas e libera os laudos médicos em 30 minutos. As clínicas em locais remotos estão aproveitando essa oportunidade de serviço e trazendo mais agilidade nos exames realizados nos funcionários de empresas.

A Telemedicina Morsch disponibiliza um ambiente em nuvem completo para receber exames de todas as especialidades, trazendo agilidade na liberação dos laudos.

Como as Clínicas tem acesso ao aparelho de eeg com baixo custo?

As empresas de Telemedicina disponibilizam o equipamento em comodato onde um técnico de enfermagem é treinado á distância pela equipe de suporte e realiza o exame dentro das normas exigidas pelo Conselho Federal de Medicina.

QUERO SABER MAIS SOBRE O COMODATO DE APARELHOS MÉDICOS

Após finalizar o exame, ele envia para uma central de telemedicina que possui o especialistas que interpretam o exame e emitem o laudo médico final que pode ser impresso ou fica arquivado na pasta do trabalhador. Se passar no teste, está apto a ser contratado para essa função. Esse exame é repetido anualmente.

No que consiste o exame de Eletroencefalograma Clínico?

Ao contrário do eletroencefalograma ocupacional onde é o médico do trabalho que acompanha a saúde do trabalhador, o eletroencefalograma clinico está relacionado á busca de doenças cerebrais em pacientes que vão consultar com o médicos em geral, clínicos, neurologistas, pediatras e também médico do trabalho em menor escala.

Nestes casos o paciente tem queixas específicas como desmaios, ataques, dores de cabeça, tontura, etc…Também é frequente o neurologista solicitar o eletroencefalograma clínico no acompanhamento de epilepsia e crise parcial complexa para escolher a dose correta dos medicamentos que irão controlar essas doenças.

Para as situações de investigação de doenças cerebrais nos pacientes que estão com sintomas, o médico solicita um eletroencefalograma clínico Este exame é completo, envolve um tempo maior de exame, onde é necessário realizar uma montagem de eletrodos completa na cabeça do paciente, de acordo com o modelo de aparelho que a clínica utiliza.

As manobras para realizar o exame são mais demoradas e com mais estímulos, como é o caso do foto-estímulo. Neste caso novamente o técnico de enfermagem após realizar o exame, envia para a central de telemedicina para que o especialista emita o laudo médico definitivo sobre o exame.

A Telemedicina Morsch como prestadora de serviços de laudos á distância

O desenvolvimento de uma tecnologia inovadora, voltada a atender pequenos consultórios, Clínicas e Hospitais carentes de especialistas provou ser uma ferramenta indispensável e sem volta para atender os pacientes de locais remotos sem a necessidade de se deslocar para centros maiores.

A eficiência desse serviço traz redução de custos, agilidade na entrega dos laudos e melhor qualidade de vida para a população de locais remotos.

As áreas atendidas pela Telemedicinamorsch incluem:

  • Neurologia
  • Cardiologia
  • Pneumologia
  • Radiologia Geral

Em resumo, e eletroencefalograma ocupacional vem crescendo rapidamente na medicina Ocupacional e praticamente se iguala ao número de pedidos de eletrocardiogramas para avaliação da condição cardíaca do trabalhador, onde via de regra o médico do trabalho também deve ter todo o cuidado de avaliar bem o coração dos trabalhadores em funções consideradas de risco. Mas este já é outro assunto.

Aproveite para comentar, compartilhar nas redes e assinar nosso blog!

Dr. José Aldair Morsch – Especialista em Telemedicina

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp