Como receber atendimento psiquiátrico online com a telemedicina

Por Dr. José Aldair Morsch, 23 de dezembro de 2021
Atendimento psiquiátrico online

Já conhece o atendimento psiquiátrico online?

Essa ferramenta conecta psiquiatras a pacientes em diferentes localidades, eliminando a barreira geográfica.

O atendimento é realizado em uma sala virtual reservada para a consulta, a fim de garantir o sigilo médico-paciente.

Para tanto, a teleconsulta psiquiátrica só pode ser feita dentro de sistemas seguros: as plataformas de telemedicina.

Dessa forma, é possível receber assistência de qualidade sem sair de casa, mantendo uma rotina de cuidados com a saúde mental.

Nas próximas linhas, explico melhor quando buscar, como funciona e de que forma agendar o seu atendimento psiquiátrico online.

Vamos em frente?

Atendimento psiquiátrico online: o que é?

Atendimento psiquiátrico online é um formato de assistência médica em saúde mental mediada pela internet.

Como mencionei acima, trata-se de uma consulta com o psiquiatra de maneira remota, que acontece dentro de um sistema de teleconsulta.

Que, por sua vez, fica hospedado na plataforma de telemedicina.

Ou seja, o software de telemedicina é um sistema robusto que reúne uma série de ferramentas, incluindo a teleconsulta.

Ele também oferece suporte ao paciente na forma de segunda opinião médica, telemonitoramento e teletriagem.

A consulta online pode ser ofertada por uma série de especialidades médicas, o que engloba a psiquiatria.

Assim como a cardiologia, pneumologia, ginecologia, neurologia, etc.

Desde que as regras do Conselho Federal de Medicina e do Ministério da Saúde sejam respeitadas, esses especialistas podem ofertar atendimento remoto.

Essa modalidade agrega vantagens como a economia de tempo e dinheiro que seriam gastos com o deslocamento, segurança dos dados e agilidade desde a marcação da teleconsulta.

Ouça este conteúdo no formato de podcast Morsch.

Como funciona a consulta com psiquiatra online

A consulta online com psiquiatra é parecida com a convencional, incluindo as seguintes etapas:

  • Exame clínico e psiquiátrico
  • Solicitação de testes complementares.

Também chamada de entrevista com o paciente, a anamnese consiste em um roteiro estruturado para coletar informações de apoio ao diagnóstico e tratamento.

Nessa etapa, o médico faz algumas perguntas e presta atenção aos detalhes das respostas, tira dúvidas e dá algumas orientações.

Se for a primeira consulta com o psiquiatra, a entrevista se estende para apoiar a construção de uma relação de confiança junto ao profissional.

Esse vínculo é importante em qualquer área médica, no entanto, ganha ainda mais relevância para o sucesso do diagnóstico e tratamento de transtornos de ordem psíquica.

Nesse contexto, é fundamental a plena confiança no trabalho do médico para que o doente compartilhe suas queixas, pensamentos e outros sinais que devem ser considerados.

Assim, fica mais simples formar uma hipótese diagnóstica e sugerir o tratamento adequado.

Depois da anamnese, vem o exame clínico combinado ao teste psiquiátrico.

Durante essa fase, o profissional utiliza recursos de vídeo e áudio para observar o estado clínico, tom de voz, coerência na fala e outros aspectos que possam indicar problemas de ordem mental ou emocional.

Os dados resultantes dessa etapa são combinados aos colhidos na entrevista, contribuindo para formular uma ou mais suspeitas clínicas.

Se for preciso, o psiquiatra pede ou ele mesmo realiza alguns exames específicos para confirmar ou afastar suas suspeitas.

Ansiedade, depressão e sanidade mental são exemplos de condições que podem ser diagnosticadas com o suporte desses testes complementares.

Outros procedimentos de interesse são exames de sangue para verificar a presença de certos hormônios, eletroencefalograma (EEG) e exames para descartar doenças neurológicas.

O EEG é um exame que avalia a atividade elétrica dos neurônios por meio de eletrodos fixados na cabeça do paciente.

Atenção psiquiátrica

O atendimento psiquiátrico online acontece em um sistema seguro e discreto, com toda a comodidade para o paciente

Quando buscar atendimento psiquiátrico online

Há algumas décadas, o atendimento psiquiátrico enfrentava um grande estigma relacionado às doenças mentais.

A falta de conhecimento a respeito desses males dava margem a teorias fantasiosas, atrapalhando o diagnóstico e o tratamento dessas patologias.

Felizmente, hoje em dia as pessoas têm mais acesso a informações confiáveis, o que ajuda a compreender os males psíquicos como doenças.

Ou seja, condições nem sempre permanentes, diagnosticadas por médicos e que melhoram diante da terapia apropriada.

A seguir, conheça algumas situações em que vale marcar uma consulta com o psiquiatra online.

Quando for difícil sair de casa

Transtornos como a síndrome do pânico e agorafobia tendem a isolar o doente dentro de casa, pois o mundo exterior passa a representar uma ameaça.

Nesse cenário, fica complicado ir até o consultório, ainda que essa etapa seja importante para conseguir ajuda.

Mas, usando a tecnologia, dá para receber a assistência necessária em um ambiente seguro e acolhedor, o que auxilia na superação de traumas e no retorno às atividades sociais.

Para combater e tratar vícios

O vício em álcool, drogas ilícitas e medicamentos é capaz de alterar funções do organismo, tornando sua reversão uma tarefa árdua.

Muitas vezes, é preciso mais do que paciência e apoio da família e amigos para lutar contra a dependência dessas substâncias.

O ideal é procurar suporte psiquiátrico assim que possível, e a modalidade online democratiza o acesso a esse especialista.

Se houver mudanças nos padrões alimentares ou de sono

Distúrbios alimentares como bulimia e anorexia levam a uma distorção na autoimagem, fazendo com que a pessoa tome atitudes radicais como deixar de comer.

Contudo, mudanças bruscas nos padrões alimentares também podem indicar males como depressão e ansiedade.

Alterações relacionadas ao sono podem aparecer, associadas ou não aos problemas alimentares.

Elas indicam um desequilíbrio psíquico que merece atenção.

Quando experimentar oscilações de humor frequentes

De vez em quando, é normal perceber oscilações no humor.

Afinal, ele é coordenado pelas emoções que, por definição, podem mudar a todo momento se houver algum gatilho.

Entretanto, vale ficar alerta se as oscilações se tornarem frequentes, aparecendo muitas vezes por semana e prejudicando os relacionamentos interpessoais.

Elas podem sinalizar doenças como transtorno bipolar ou quadros depressivos.

Se buscar constantemente o isolamento

Não estou dizendo que desejar ficar um tempo sozinho seja sintoma de problemas psíquicos.

Porém, preferir o isolamento à companhia de qualquer outra pessoa não é normal e prejudica a busca por ajuda médica.

Avalie, por exemplo, se fica incomodado, cansado ou desgastado durante uma reunião com amigos que, antes, era fonte de prazer.

Psiquiatra pela internet

Terapias apropriadas podem agir de maneira significativa sobre o paciente, de acordo com cada diagnóstico

Quando se sentir estressado, ansioso ou deprimido

Esses e outros estados emocionais negativos são experimentados por todos os indivíduos ao longo da vida.

Quando existe acúmulo de tarefas, é natural ficar estressado, assim como ansioso antes daquela reunião com um cliente importante.

Ou deprimido logo após a perda de um ente querido.

Mas a repetição constante ou a extensão desses estados negativos deve ser observada e investigada pelo psiquiatra.

Vantagens da psiquiatria online

Agora que você sabe como funciona o atendimento psiquiátrico online, veja suas principais vantagens.

Economia de tempo e dinheiro

Quantas vezes você, que vive nas metrópoles brasileiras, já gastou mais tempo no deslocamento do que na própria consulta médica?

Ou você, que vive longe dos centros urbanos, precisou investir um valor considerável em passagens, gasolina ou alimentação fora de casa para receber tratamento?

A telepsiquiatria soluciona essas duas questões a partir da conexão entre médico e paciente em diferentes locais físicos.

Praticidade

A consulta online auxilia na manutenção dos cuidados de saúde mental, mesmo que você tenha uma rotina agitada.

Porque ela pode ser feita de qualquer lugar, bastando que haja um dispositivo conectado à internet.

Pode ser um notebook, tablet e até um smartphone.

Assim, dá para aproveitar o horário de almoço, a espera no aeroporto ou a pausa depois das aulas para conversar com seu psiquiatra.

Democratização no atendimento

Tão grandes quanto a extensão territorial do Brasil são as desigualdades.

Esse fator afeta os mais diversos setores, inclusive o acesso ao atendimento de médicos especialistas, como o psiquiatra.

Muitas vezes, é difícil encontrar esses profissionais em localidades remotas ou distantes das capitais e regiões metropolitanas.

Ao superar a barreira geográfica, a teleconsulta psiquiátrica se apresenta como instrumento de democratização.

Isso porque ela amplia o alcance do trabalho dos especialistas, permitindo seu acesso dos quatro cantos do país.

Agilidade

Se, no SUS, é preciso esperar semanas ou até meses por atendimento, a consulta online é agendada e realizada rapidamente.

Por vezes, é possível conseguir assistência poucas horas depois de agendar o encontro online.

É o fim das longas filas de espera, que ameaçam a saúde ao permitir agravos e complicações.

Assim, há maiores chances de um diagnóstico precoce e sucesso no tratamento dos males psíquicos.

Mais conforto para o paciente

Como detalhei nos tópicos anteriores, vítimas de certos distúrbios ficam impedidas de sair de casa, sendo beneficiadas pelo atendimento remoto.

O mesmo raciocínio vale para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, idosos, crianças e pacientes acamados.

Eles podem permanecer no conforto de seus leitos, sofás ou camas sem deixar de receber os cuidados psiquiátricos necessários.

Horários alternativos

Enquanto a consulta presencial costuma ser feita apenas na janela de horário comercial, o atendimento online pode disponibilizar horários alternativos.

Desse modo, fica mais fácil conciliar a agenda de compromissos com o acompanhamento psiquiátrico.

O agendamento também pode ser realizado em qualquer horário, exigindo apenas que você acesse a plataforma de teleconsulta e faça login.

Como conversar com um psiquiatra online?

Contatar o psiquiatra online é simples e rápido. Adiantei, acima, que basta você ter um dispositivo capaz de se conectar à internet para conseguir essa assistência.

É interessante verificar se a conexão é estável e se a câmera, os autofalantes e o microfone estão funcionando para garantir uma experiência completa.

Dentro da plataforma Morsch, você conversa com o psiquiatra e outros especialistas via videoconferência. Assim, é possível qualificar o diagnóstico e o monitoramento à distância com informações fidedignas.

Outra dica é procurar por uma sala tranquila, longe de outras pessoas para que você fique à vontade na hora de compartilhar detalhes da vida pessoal.

Ou responder questões que envolvam assuntos íntimos referentes à sua percepção sobre o mundo e aos indivíduos com quem você convive.

Em um local isolado, também vai ficar mais fácil tirar dúvidas com o psiquiatra sobre o diagnóstico, terapia prescrita, prazos e resultados esperados.

Atendimento com psiquiatra

É recomendado que a consulta online seja em um lugar tranquilo, o que facilita compartilhar detalhes pessoais

Vale lembrar que o sistema de telemedicina fica hospedado na nuvem, um local de armazenamento da internet acessível apenas a pessoas autorizadas.

Para visualizar seus dados, é preciso passar por barreiras como senhas e criptografia. Por isso, fique tranquilo em relação à guarda das suas informações de saúde.

A cada consulta online, o médico atualiza seu prontuário eletrônico, que apresenta vantagens sobre o modelo impresso.

Em primeiro lugar, porque não requer ser transportado de uma unidade de saúde para outra. Em segundo, por dispensar rotinas de conservação, já que resultados de exames de imagem e outros ficam protegidos da deterioração depois de um tempo.

Além do mais, o prontuário pode ser compartilhado com o paciente ou outros profissionais de saúde por e-mail, otimizando o atendimento em diferentes clínicas e consultórios.

Agende atendimento psiquiátrico online na Morsch

A teleconsulta é a melhor opção para iniciar ou dar continuidade aos cuidados com a saúde mental em períodos conturbados ou de isolamento social.

Tanto que o formato ganhou autorização do CFM e popularidade em 2020, a fim de diminuir a exposição ao coronavírus.

Veja como bastam poucos passos para marcar sua consulta com o psiquiatra online na Morsch:

  • Acesse a página de agendamentos
  • Use o campo de buscas para selecionar a especialidade Psiquiatria e escolha o profissional de sua preferência
  • Confira os horários de agendamento, ao lado da identificação do médico, e clique sobre o mais adequado
  • Você será redirecionado para uma página de login. Se não tiver cadastro, selecione “Criar conta”
  • Preencha o formulário com informações de identificação e prossiga
  • Crie uma senha e acesse o sistema
  • Confirme o horário da teleconsulta e faça o pagamento.
  • Meia hora antes do atendimento, você vai receber o link de acesso à sala virtual via WhatsApp ou SMS.

 

Conclusão

O atendimento psiquiátrico online oferece um suporte fundamental para o diagnóstico e tratamento de males psíquicos.

Depressão, síndrome de burnout e distúrbios alimentares são algumas doenças que podem ser monitoradas com o auxílio do sistema de teleconsulta.

Conte com a Telemedicina Morsch para esses e outros cuidados de saúde com agilidade e qualidade, ofertados no conforto da sua casa.

Se achou este artigo interessante e quer ser notificado sobre os próximos, assine a newsletter.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE