Quais processos implementar para aumentar o faturamento hospitalar

Por Dr. José Aldair Morsch, 2 de julho de 2018
faturamento hospitalar

Um administrador hospitalar sabe muito bem que a saúde do seu hospital depende do bom andamento no setor de faturamento hospitalar.

O desafio está em buscar que a conta feche no azul no final do mês e para isso acontecer, o segredo está em quais processos implementar para aumentar o faturamento hospitalar.

O tema de hoje é voltado em dicas para auxiliar na boa gestão hospitalar e a busca de melhorias para aumentar o faturamento hospitalar.

O que é faturamento hospitalar, também chamado de contas

É um setor da administração hospitalar responsável pela análise das contas médicas que comprovem o uso dos recursos ofertados na prestação de serviços hospitalares aos pacientes em sua internação e que serão enviados para as operadoras de planos de saúde.

Após a análise, os planos de saúde poderão efetuar o pagamento ou glosar.

Solicite um orçamento

É impossível fazer uma boa gestão do faturamento hospitalar sem um ERP

Esta é a primeira dica para organizar a casa!

Num ambiente competitivo em que vivemos e com uma transição constante de informações, utilizar planilhas em excel está propenso ao fracasso.

Também não basta investir em funcionários como analista de faturamento, auxiliar de faturamento, ou entender tudo de contabilidade hospitalar.

Um ERP é um software de gestão financeira em saúde que substitui a velha planilha em excel e que agrega todas as informações que circulam entre os setores do hospital, facilitando a vida de todos no momento de organizar as informações e gerar os documentos e relatórios necessários para executar a cobrança.

O treinamento para uso de um sistema de gestão financeira não deve ficar somente para o assistente de faturamento.

Como o sistema precisa estar disponível em todos os setores, padronizar o seu uso é fundamental para coleta de informações assertivas que evitarão glosas dos convênios.

Já pensou ter todo o histórico financeiro do hospital em uma única fonte? Sim, isso é possível.

Os 6 investimentos primordiais para que o faturamento hospitalar funcione

1-Informe-se sobre um BI eficiente para analisar seus dados

Deixo aqui um link de uma empresa que trabalha nesse ramo e integra vários sistemas,

2-Busque ferramentas de controle financeiro completos para o seu hospital

Neste quesito é importante que elas possam ser integradas para centralização dos dados.

3-Procure registrar tudo, afinal sem dados anteriores não podemos comparar nosso progresso

Como seria possível documentar os indicadores clínicos, operacionais e financeiros do seu hospital?

4-Automatizar a área de controladoria é fundamental

O que eu ganho com isso?

Todos os processos do seu hospital serão automatizados e acessados de qualquer dispositivo que navegue na internet.

Acompanhe esse hospital que melhorou sua gestão com um software de controladoria para hospitais.

Haverá uma redução significativa dos custos operacionais com aumento dos lucros reais, reduzindo os desperdícios de materiais e medicamentos.

Além da facilidade de acesso e clareza nos relatórios, os dados ficarão disponíveis para prospecção de novos investimentos e tomadas de decisões como custos de contratação de pessoal, etc.

Pense na facilidade na apresentação de relatórios para o setor administrativo do hospital, investidores, curadores e até para os casos de auditoria hospitalar.

5-Prontuário eletrônico em todas as áreas de atendimento dos pacientes

O prontuário eletrônico é ferramenta fundamental para otimização do atendimento ao paciente e pode ser integrado com os demais recursos tecnológicos.

6-Software de atendimento na saúde

Reduza custos de atendimento, falta de comparecimento, fidelize o seu paciente, interaja com ele.

Sugiro avaliar essa empresa no setor.

faturamento hospitalar

Na área de diagnóstico é possível economizar com a Telemedicina

Aqui está outra dica valiosa!

Todos sabemos que a área de diagnósticos é muito lucrativa, porém, o custos com especialistas para laudar os exames é a parte que pesa mais no orçamento.

Para hospitais que não disponibilizam de todos os especialistas, ou que eles não permanecem no setor de diagnósticos o dia todo, utilizar os serviços terceirizados da Telemedicina Morsch é uma forma inteligente de melhorar os indicadores.

Utilizar uma Plataforma de Telemedicina implica em disponibilizar para o seu hospital especialistas virtuais 24 horas por dia, o ano inteiro para interpretar os exames com laudos a distância para qualquer especialidade.

Imagina no meio da madrugada receber um paciente com dor no peito na emergência e precisar de um laudo de eletrocardiograma de urgência?

Contratando um serviço de interpretação de laudos a distância o administrador melhora não só o faturamento hospitalar, reduzindo os custos nos laudos, como também melhora o atendimento ao paciente e todos ganham com isso.

A plataforma de Telemedicina se integra totalmente ao ERP e com isso facilita a organização das contas hospitalares para este setor.

Em resumo, para conseguir melhorar o desempenho do faturamento hospitalar é preciso investir em tecnologia da informação e terceirização de serviços.

Integrar todos os setores do hospital e centralizar as informações de modo a ter acesso a relatórios completos e inteligência competitiva é a saída para um administrador hospitalar ter sucesso em sua carreira.

Gostou do artigo?

Compartilhe nas suas redes!

Não se esqueça de assinar nosso blog!

Forte abraço e sucesso em seu hospital!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp