Quais processos implementar para aumentar o faturamento hospitalar

Por Dr. José Aldair Morsch, 2 de julho de 2018
Guia basico de eletrocardiografia faturamento hospitalar

Um administrador hospitalar sabe muito bem que a saúde do seu hospital depende do bom andamento no setor de faturamento hospitalar.

O cenário atual vem mostrando que diversos hospitais estão encerrando suas atividades em um curto espaço de tempo devido à falta de preparo no gerenciamento administrativo e financeiro.

Isso ocorre porque até pequenos equívocos pode afetar os caixas da instituição e, assim, impossibilitá-la de seguir em frente.

Logo, o desafio está em organizar o faturamento hospitalar para garantir que a conta feche no azul no final do mês. 

Mas como fazer isso? É possível:

Solicite um orçamento
  • Melhorar processos;
  • Promover uma gestão estratégica do hospital;
  • Buscar a automatização de diversas tarefas.

O tema de hoje consiste em dicas para promover uma boa gestão organizacional e, principalmente, aumentar o faturamento hospitalar.

Continue a leitura!

Afinal, o que é faturamento hospitalar?

Também chamado de contas, é um setor da administração hospitalar.

Ele é responsável pela análise das contas médicas que comprovam o uso dos recursos ofertados na prestação de serviços hospitalares aos pacientes em sua internação e que serão enviados para as operadoras de planos de saúde.

Após a análise, os planos de saúde poderão efetuar o pagamento ou glosar.

É ele que emite:

  • Boletos;
  • Duplicatas;
  • Faturas de cobrança;
  • Relatórios de controle de faturas emitidas e pendentes;
  • Notas fiscais. 

Ele também analisa a cobrança realizada aos clientes, garantindo que está de acordo com o seu contrato e prontuário.

O termo faturamento hospitalar também representa a margem de lucro da empresa no final do mês, ou seja, a diferença entre o que saiu e o que entrou no caixa. 

O faturamento hospitalar está diretamente relacionado a uma boa gestão estratégica

O faturamento hospitalar está diretamente ligado à gestão estratégica.

Qual o papel da gestão estratégica no faturamento hospitalar?

É impossível não vincular o faturamento hospitalar a uma gestão financeira estratégica. 

Isso porque é preciso ter o pleno controle sobre as despesas fixas e variáveis da instituição e, a partir disso, realizar um planejamento de marketing e vendas – visando obter saldo um positivo. 

É essencial prever gastos desnecessários e encontrar alternativas para enxugar a folha,  como ao adotar tecnologias específicas – assunto que abordarei no próximo tópico.

Outros temas também devem ser estudados, como empréstimo, aquisição de equipamentos, entre outros.

Essa gestão completa é fundamental para garantir um faturamento hospitalar saudável e condizente com o resultado que você espera. 

Ter um ERP é fundamental para uma boa gestão do faturamento hospitalar

Esta é uma dica importante para organizar a casa!

No ambiente competitivo em que vivemos e com uma transição constante de informações, utilizar planilhas em Excel está propenso ao fracasso.

Também não basta investir em funcionários, como analista de faturamento e auxiliar de faturamento, ou tentar entender tudo sobre contabilidade hospitalar.

É preciso contar com a ajuda tecnológica!

Um ERP é um software de gestão financeira em saúde que substitui a velha planilha manual pela automatização e que agrega todas as informações que circulam entre os setores do hospital.

Com isso, facilita a vida de todos, no momento em que organizar as informações e gera os documentos e relatórios necessários para executar a cobrança.

Sem falar que padroniza os processos, unificando as informações e tornando-as mais acessíveis.

O treinamento para uso de um sistema de gestão financeira, todavia, não deve ficar restrito ao assistente de faturamento.

Como o sistema precisa estar disponível em todos os setores, padronizar o seu uso é fundamental para coleta de informações assertivas, que evitarão glosas dos convênios.

Já pensou ter todo o histórico financeiro do hospital em uma única fonte? Sim, isso é possível!

Um software de gestão é uma decisão valiosa para gerenciar seu hsopital

A centralização e padronização de processos de vários setores do hospital é uma das principais vantagens do ERP

Os 6 investimentos primordiais para que o faturamento hospitalar melhore

1 – Informe-se como realizar um processo eficiente de Business Intelligence 

Business Intelligence é um processo que consiste na coleta, organização e análise de dados, visando entender a realidade da organização e, assim, tomar decisões assertivas. 

Através dele, é possível:

  • Gerenciar as informações;
  • Otimizar processos;
  • Identificar falhas;
  • Prever oportunidades;
  • Prevenir riscos;
  • Adaptar-se ao mercado.

Para realizar o BI, é essencial contar com softwares modernos e robustos, que realizam todo esse processo automaticamente e em tempo real. Um exemplo de sistema é o Google Data Studio que, além de gratuito, pode ser integrado facilmente a uma conta Google.

2 – Busque ferramentas de controle financeiro completos para o seu hospital

Neste quesito, é importante que elas possam ser integradas para centralização dos dados.

Assim, em um único local, você terá acesso a todo o faturamento hospitalar, facilitando na sua gestão.

Alguns exemplos de ferramentas são:

Logística hospitalar e prática de insumos

Acesse nosso E-book completo sobre logística hospitalar!

3 – Procure registrar tudo

Não é possível comparar o progresso no faturamento hospitalar sem ter acesso a dados anteriores. Logo, pergunte-se: como documentar os indicadores clínicos, operacionais e financeiros do seu hospital?

Aqui, vale um adendo: explique aos seus colaboradores a importância desse registro amplo, somente assim você irá gerar engajamento.

4 – Automatização da área de controladoria é fundamental

Provavelmente você está se perguntando: o que eu ganho com isso?

Com essa automação, todos os processos do seu hospital serão automatizados e poderão ser acessados de qualquer dispositivo que navegue na internet.

Haverá uma redução significativa dos custos operacionais com aumento dos lucros reais, reduzindo desperdícios de materiais e medicamentos.

Além da facilidade de acesso e clareza nos relatórios, os dados ficarão disponíveis para prospecção de novos investimentos e tomadas de decisões, como custos de contratação de pessoal, por exemplo.

Pense na facilidade na apresentação de relatórios para o setor administrativo do hospital, investidores, curadores e até para os casos de auditoria hospitalar.

5 – Prontuário eletrônico em todas as áreas de atendimento dos pacientes

O prontuário eletrônico é uma ferramenta fundamental para otimização do atendimento ao paciente e pode ser integrado com os demais recursos tecnológicos.

Esse software permite guardar todos os dados relativos ao paciente, facilitando o controle da sua saúde, bem como pesquisas futuras.

Além disso, elimina a necessidade de guardar durante anos os prontuários médicos de papel – ficando sujeito a perdas e rasuras.

6 – Software de atendimento na saúde

Com softwares especializados, você consegue reduzir custos de atendimento e falta de comparecimento. 

Além disso, consegue interagir com o seu paciente, promovendo a sua fidelização

Uma boa solução para melhorar a receita hospitalar é usar novas tecnologias

Seja no setor de controle financeiro, atendimento ao cliente ou prontuário eletrônico, a tecnologia é fundamental para auxiliar o hospital.

Na área de diagnóstico, é possível economizar com a Telemedicina

Aqui está outra dica valiosa!

A área de diagnósticos é muito lucrativa, porém, os custos com especialistas para laudar os exames é a parte que pesa mais no orçamento.

Para hospitais que não disponibilizam de todos os especialistas, ou que não permanecem no setor de diagnósticos o dia todo, utilizar os serviços terceirizados da Telemedicina Morsch é uma forma inteligente de melhorar os indicadores.

Utilizar uma Plataforma de Telemedicina implica em disponibilizar para o seu hospital especialistas virtuais 24 horas por dia, o ano inteiro, para interpretar os exames com laudos a distância para qualquer especialidade.

Imagina no meio da madrugada receber um paciente com dor no peito na emergência e precisar de um laudo de eletrocardiograma de urgência?

Contratando um serviço de interpretação de laudos a distância, o administrador melhora não só o faturamento hospitalar, reduzindo os custos nos laudos, como também o atendimento ao paciente – e todos ganham com isso.

A plataforma de Telemedicina se integra totalmente ao ERP e, com isso, facilita a organização das contas hospitalares para este setor.

Em resumo, para conseguir melhorar o desempenho do faturamento hospitalar é preciso investir em tecnologia da informação e terceirização de serviços.

Integrar todos os setores do hospital e centralizar as informações de modo a ter acesso a relatórios completos e inteligência competitiva é a saída para um administrador hospitalar ter sucesso em sua carreira.

Conclusão, fique atento ao faturamento hospitalar!

Como expliquei acima, o faturamento hospitalar influencia diretamente na saúde da sua instituição e, portanto, é o que pode fazê-lo ter que encerrar suas atividades. 

Para melhorar o faturamento e obter lucro é preciso dar uma atenção especial à gestão estratégica, bem como integrar a tecnologia no dia a dia.

Com o software certo, é possível melhorar processos e ter acesso a informações valiosas.

Além disso, aderindo à telemedicina, é possível contar com laudos à distância.

Essa parceria elimina a necessidade de contar com uma grande quantidade de especialistas para analisarem os exames realizados. 

Gostou do artigo? Compartilhe nas suas redes!

Não se esqueça de assinar nosso blog e receber todas as novidades no seu email!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp