Ecodopplercardiograma: o que é, para que serve e como é feito

Por Dr. José Aldair Morsch, 23 de novembro de 2018
Ecodopplercardiograma: o que é, para que serve e como é feito

O ecodopplercardiograma é um dos principais exames de ultrassonografia com doppler para avaliação do funcionamento de estruturas anatômicas na área do coração.

Completo e indolor, o teste fornece apoio ao diagnóstico de anomalias e doenças cardiovasculares, que são as principais causas de mortes no mundo.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, só em 2015, 17,7 milhões de pessoas morreram por causas cardíacas.

Por essa razão, compreender o que é um ecodopplercardiograma e como funciona o exame, além de suas principais indicações, se torna cada vez mais relevante.

Se você procura informações a respeito, leia este artigo até o fim.

Solicite um orçamento

Ele reúne tudo o que você precisa saber sobre o ecodopplercardiograma e o seu papel na cardiologia.

Você também vai descobrir como a tecnologia permite realizar exames de diagnóstico por imagem e reduzir gastos com laudos médicos.

Vamos em frente?

O que é ecodopplercardiograma?

O que é ecodopplercardiograma?

O que é ecodopplercardiograma?

Ecodopplercardiograma é uma ecocardiografia realizada com Doppler.

Logo, é preciso primeiro entender o que é ecocardiografia, ou ecocardiograma, uma espécie de ultrassom do coração.

Resumidamente, o exame utiliza ondas sonoras de alta frequência (com mais de 20 mil Hz) para obter imagens estáticas e em movimento do músculo cardíaco.

A partir desses registros, é possível visualizar o tamanho do coração, características das paredes das cavidades cardíacas e o funcionamento do órgão.

O chamado efeito Doppler pode ser observado quando ondas acústicas são refletidas ou emitidas por um objeto em movimento.

No caso do ecodopplercardiograma, as hemácias (glóbulos vermelhos) cumprem esse papel.

Aliada ao Doppler, a ecocardiografia é capaz também de avaliar o fluxo sanguíneo através das cavidades e válvulas na região.

Sua direção e velocidade podem ser observadas, principalmente, por meio do Doppler colorido.

Ele ainda pode ser pulsado (quando analisa baixa velocidade da circulação do sangue em um ponto específico do miocárdio) ou contínuo (quando oferece a soma das velocidades dos fluxos numa parte do coração, fluxos com pressões elevadas, como na aorta torácica).

Para que serve o ecodopplercardiograma?

O ecodopplercardiograma serve para analisar a saúde do coração, identificando possíveis anormalidades e doenças nas cavidades, válvulas e vasos sanguíneos.

Por ser um exame sensível e detalhado, tem papel fundamental no diagnóstico de cardiopatias, anomalias congênitas e outras patologias.

Anomalias congênitas são aquelas desenvolvidas pelo bebê durante a gestação, ou seja, já estão presentes no nascimento.

Síndrome da Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE) e atresia pulmonar são exemplos de doenças congênitas na região cardíaca.

Na SHCE, a maioria das estruturas do lado esquerdo do coração é pouco desenvolvida, prejudicando o fluxo sanguíneo exigido para uma série de atividades do corpo humano.

Já a atresia pulmonar impede a comunicação entre a parte direita do coração e os pulmões, dificultando a oxigenação do sangue.

Tipos de ecodopplercardiograma

Tipos de ecodopplercardiograma

Tipos de ecodopplercardiograma

Quando você ouve falar em ecodopplercardiograma, é possível que a referência seja sobre a modalidade transtorácica, que é a mais comum.

Mas existem outros tipos do exame. Conheça os principais.

Ecodopplercardiograma transtorácico

Serve para examinar o funcionamento cardíaco de maneira geral, cavidades e válvulas cardíacas, usando um transdutor e gel na parte da frente do tórax.

Ecodopplercardiograma fetal

O ecocardiograma fetal é o exame de referência para a avaliação cardíaca do bebê durante a vida intrauterina, sendo cada vez mais recomendado como parte integrante de um pré-natal eficiente.

Quando feito com Doppler, é capaz de identificar anomalias nos batimentos cardíacos do feto, chamadas de arritmias.

O ecodopplercardiograma fetal é de extrema relevância para a identificação de cardiopatias congênitas, permitindo que ações sejam tomadas assim que a criança nasce, diminuindo sequelas e impactos da doença.

Em casos raros, como na presença de arritmias, é possível iniciar o tratamento ainda durante a gestação.

Ecodopplercardiograma transesofágico

Essa modalidade é indicada quando há necessidade de examinar algumas estruturas anatômicas ou próteses valvares com maior nitidez.

Durante o procedimento, o paciente é sedado e um transdutor (aparelho de ultrassom) é introduzido até o esôfago, possibilitando a emissão de ondas sonoras com frequências maiores.

O ecodopplercardiograma transesofágico é especialmente útil para pessoas que possuem próteses nas válvulas cardíacas ou que irão passar por cirurgia na região.

Ecodopplercardiograma com estresse

Esse ecodopplercardiograma avalia a reação cardíaca sob estresse, provocado por atividades físicas (esforço físico) ou por substâncias que aumentam a necessidade de oxigênio no coração, como o dipiridamol ou a dobutamina (estresse farmacológico).

Costuma ser recomendado para avaliar pacientes com valvulopatias (doenças nas válvulas cardíacas) ou doença coronariana.

Diferença entre o ecodopplercardiograma e ecocardiograma

Diferença entre o ecodopplercardiograma e ecocardiograma

Diferença entre o ecodopplercardiograma e ecocardiograma

Apesar da semelhança nos nomes, há uma diferença fundamental entre esses dois exames – que comentei no primeiro tópico deste artigo.

Quando realizado com Doppler, a ecocardiografia vai além de registros da estrutura e funcionamento cardíaco, mostrando detalhes sobre o fluxo sanguíneo no órgão.

Por isso, o ecodopplercardiograma agrega a vantagem de embasar diagnósticos de problemas nas veias e artérias da área cardíaca.

Se o exame apontar uma velocidade mais alta que a média, por exemplo, pode ser sinal de estreitamento em algum trecho dos vasos sanguíneos.

Indicação do ecodopplercardiograma

Indicação do ecodopplercardiograma

Indicação do ecodopplercardiograma

As principais indicações do exame ocorrem na suspeita de doenças, como sopro no coração, cardiopatias congênitas, insuficiência cardíaca e avaliação de sequelas após um infarto.

O sopro no coração faz referência ao ruído que pode ser auscultado quando o sangue flui por passagens reduzidas nas válvulas cardíacas.

Já a insuficiência cardíaca ocorre quando o coração não é capaz de bombear o sangue necessário para a nutrição e oxigenação das células do corpo.

O ecodopplercardiograma também pode ser solicitado para acompanhar a recuperação do músculo cardíaco depois de cirurgias, ou na investigação de sintomas de doenças.

Elevação na pressão sanguínea, síncopes, dores no peito, falta de ar ou palpitações são alguns dos sinais que podem motivar a realização do exame.

Outra recomendação se destina a atletas que participam de competições nas quais o coração precisa trabalhar mais, como modalidades de corrida e de natação.

Preparo para o exame de ecodopplercardiograma

Os tipos mais comuns do exame – transtorácico e fetal – não exigem preparo.

Mas as suas versões mais complexas, como o transesofágico ou ecodopplercardiograma com estresse farmacológico, exigem jejum de quatro ou seis horas, segundo a orientação médica.

Como é feito o exame de ecodopplercardiograma?

Como é feito o exame de ecodopplercardiograma?

Como é feito o exame de ecodopplercardiograma?

O teste é simples, indolor e costuma durar menos de meia hora.

O paciente deita sob o lado esquerdo do corpo, ou de barriga para cima, com o tórax nu.

Mulheres podem realizar o teste com uma camisola cirúrgica.

Durante o procedimento, pode ser preciso que o paciente troque de posição.

Em seguida, um cardiologista com conhecimentos em ecocardiografia aplica um gel sobre o transdutor – pequeno equipamento usado para a emissão de ondas sonoras de alta frequência.

O médico, então, desliza o aparelho sobre o peito do paciente, pressionando o transdutor eventualmente, para visualizar melhor as estruturas anatômicas.

A partir das imagens, mostradas em um monitor em tempo real, o profissional verifica se há alguma anomalia aparente, podendo estender o exame por alguns minutos para colher mais registros.

Na modalidade transesofágica, o paciente é levemente sedado para a introdução de uma sonda pela boca.

A sonda é posicionada no esôfago e, devido à proximidade com o coração, o exame tem maior sensibilidade que outras técnicas.

Resultados do ecodopplercardiograma

Resultados do ecodopplercardiograma

Resultados do ecodopplercardiograma

Uma ecocardiografia com Doppler pode ter resultados normais, mostrando estruturas anatômicas saudáveis na região cardíaca.

Esse diagnóstico pode ser observado mesmo quando há relato de sintomas ou até mesmo arritmias.

Isso porque a frequência cardíaca costuma sofrer alterações durante alguns períodos do dia, como na prática de exercícios físicos ou após a ingestão de substâncias estimulantes, como a cafeína.

Por outro lado, alterações evidenciadas pelo ecodopplercardiograma podem indicar e confirmar suspeitas de doenças graves.

Tumores, trombos, insuficiência cardíaca, isquemia e endocardite são alguns dos males mostrados com a realização do teste.

Trombos são coágulos que obstruem a circulação do sangue, podendo desencadear doenças e levar à morte.

A isquemia cardíaca ocorre quando há redução no fluxo sanguíneo, prejudicando a nutrição e oxigenação do coração.

Já a endocardite é uma infecção no endocárdio, a membrana que reveste a parte interna do coração e das válvulas cardíacas.

Riscos do ecodopplercardiograma

De maneira geral, o procedimento não apresenta riscos, nem contraindicações.

O ecodopplercardiograma pode ser realizado em gestantes e crianças, por exemplo.

A única exceção está no ecodopplercardiograma transesofágico.

Como envolve sedação, o paciente precisa de acompanhante, que o levará para casa após o exame.

Nesse caso, não é recomendado dirigir logo após o teste, nem ingerir álcool nas 24 horas posteriores.

Qual o valor do exame ecodopplercardiograma?

O preço pode variar bastante conforme o tipo de exame e região do país onde o ecodopplercardiograma é realizado.

Mas é possível apontar um valor aproximado, já que o seu custo deve ficar entre R$ 150 e R$ 400.

Outros exames cardiológicos

Outros exames cardiológicos

Outros exames cardiológicos

O ecodopplercardiograma é um exame bastante específico, normalmente solicitado para investigar cardiopatias ou aprofundar o estudo de anomalias encontradas em exames de rotina.

Entre eles, estão o eletrocardiograma (ECG), MAPA e teste ergométrico.

Veja detalhes sobre esses e outros testes cardiológicos.

Eletrocardiograma de repouso

Simples, rápido e indolor, o ECG serve para monitorar a atividade elétrica do coração, apontando padrões e anormalidades que podem sinalizar doenças.

Realizado através de eletrodos conectados a um monitor, esse exame faz parte da maioria dos check ups para avaliação cardíaca.

Holter de ECG digital 24 horas

Holter é um aparelho capaz de estender o tempo de monitorização do eletrocardiograma por pelo menos 24 horas.

Esse exame permite uma avaliação mais detalhada dos impulsos elétricos que mantêm o coração batendo, pois colhe dados em vários momentos do dia.

Assim, é possível estabelecer e comparar padrões de ritmo cardíaco normal ou alterado.

Determinado de acordo com a frequência dos batimentos, o ritmo cardíaco tem seu próprio padrão, influenciado por fatores como a idade e condicionamento físico.

Mapa de pressão arterial 24 horas

O teste de Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA) é realizado através de um pequeno dispositivo fixado no braço do paciente, e de um gravador preso na cintura.

Durante 24 horas, os equipamentos medem a pressão em pequenos intervalos, mostrando as variações que ocorrem durante atividades do dia a dia.

Tomografia Cardiovascular

Através de um raio X e de um tubo que gira ao redor do paciente, o exame registra imagens transversais da região cardíaca, incluindo coração e vasos sanguíneos.

Segundo diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia, a tomografia cardiovascular tem sua principal aplicação no diagnóstico da doença coronária.

Essa patologia provoca obstrução nos vasos sanguíneos que irrigam o músculo cardíaco.

Ressonância Cardiovascular

Esse é um dos métodos mais seguros para o diagnóstico de males que afetam o sistema cardiovascular (formado pelo coração e vasos sanguíneos).

A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda a ressonância magnética cardiovascular na investigação de diversos males.

Diagnóstico de infarto, fibrose, cardiomiopatias, detecção de trombos nos ventrículos e câncer são algumas aplicações do exame.

Teste ergométrico em esteira

Também conhecido como eletrocardiograma de esforço, esse teste mede a eficiência do coração durante estresse físico.

Assim, é possível comparar o comportamento do músculo cardíaco em esforço e em repouso, visualizando padrões e anormalidades.

Telemedicina Morsch na emissão de laudo a distância de exames cardiológicos

Telemedicina Morsch na emissão de laudo a distância de exames cardiológicos

Como vimos, procedimentos que avaliam a região cardíaca têm extrema importância para o diagnóstico precoce de doenças cardiovasculares.

Conforme diretrizes do Conselho Federal de Medicina (CFM), os exames cardiológicos de rotina podem ser realizados por técnicos em enfermagem, mas devem ser laudados por médicos especialistas.

Foi para garantir que os procedimentos sejam realizados em cidades com carência de médicos que surgiu a telemedicina.

A partir da tecnologia, clínicas, hospitais e consultórios podem oferecer exames e contar com laudos à distância na sua interpretação, mesmo se afastados dos grandes centros urbanos.

Após a realização do ECG normal ou de esforço, holter, MAPA, tomografia ou ressonância magnética, o técnico envia os dados colhidos para a plataforma de telemedicina.

Em seguida, um cardiologista com a especialização adequada acessa os registros do teste e informações clínicas do paciente para analisar o exame.

Ele descreve sua avaliação e conclusões no laudo médico, que é assinado digitalmente.

Desse modo, o laudo online fica disponível na plataforma de telemedicina em minutos.

Com a Telemedicina Morsch, exames de urgência são laudados em tempo real, favorecendo um diagnóstico ágil para adoção do melhor tratamento.

As unidades de saúde atendidas ainda podem contar com a expertise dos especialistas, que respondem dúvidas e fornecem uma segunda opinião qualificada.

Se a sua clínica não tiver equipamentos digitais para a realização dos exames, outra vantagem está no comodato de aparelhos médicos.

Isso significa que, ao contratar uma quantidade de laudos, sua equipe ganha o direito de usar aparelhos digitais sem pagar nada por isso.

Conclusão

Ecodopplercardiograma: o que é, para que serve e como é feito

Neste artigo, você teve acesso a informações importantes sobre o ecodopplercardiograma e outros exames para avaliação da área cardíaca.

Em razão da grande contribuição que oferecem à saúde, é fundamental que possam ser oferecidos em todo o país.

Para isso, fica evidente a necessidade de cardiologistas capacitados para laudar os testes de rotina, ampliando o acesso a serviços de qualidade.

Com a Telemedicina Morsch, sua clínica ou hospital conta com todo o suporte que precisa para ampliar o portfólio de procedimentos realizados.

Entre em contato para saber mais a respeito e solicite seu teste grátis no site.

Compartilhe nas suas redes sociais e assine nosso blog para ter a comodidade de receber artigos como esse toda semana no seu e-mail.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp