Erros frequentes ao fazer Eletrocardiograma

Por Dr. José Aldair Morsch, 15 de março de 2015
fazer eletrocardiograma

Neste artigo vamos discutir os erros frequentes ao fazer eletrocardiograma, onde a qualidade do traçado é fundamental para que o especialista consiga dar um laudo médico correto sem prejudicar a vida do paciente.

O tema abordado aqui serve para clínicas com serviços que realizam o ecg e tem cardiologista presente, quanto para clínicas que utilizam a Telemedicina.

Muitos exames enviados para a Telemedicina são solicitados que sejam repetidos por vários problemas técnicos.

Os erros mais comuns ao fazer eletrocardiograma são:

  1. Falta de preparo da pele.
  2. Má posição dos eletrodos no  tórax.
  3. Trocas dos eletrodos nos braços e pernas.

Além disso, muitas vezes os profissionais responsáveis não receberam treinamento adequado de suporte pelas empresas de Telemedicina contratadas.

Aprenda neste artigo detalhes de como ocorrem os erros ao fazer eletrocardiograma e quais os cuidados na realização do ECG.

Os 4 erros grosseiros ao fazer Eletrocardiograma

Os 4 erros grosseiros ao fazer Eletrocardiograma

Os 4 erros grosseiros ao fazer Eletrocardiograma

Descrevo detalhadamente abaixo os erros cometidos ao fazer eletrocardiograma que acabam atrasando a entrega do resultado para o paciente.

Os erros cometidos impedem que o Cardiologista tenha segurança na interpretação do eletrocardiograma e acaba pedindo para repetir o exame.

Veja que o paciente fez o exame e foi para casa, na volta, terá o desconforto de não receber o exame em tempo hábil e ainda terá que repetir todo o processo.

Isso que eu chamo de perda de tempo e dinheiro numa empresa.

Vamos aos erros?

1- Inversão na colocação dos eletrodos nos membros

Inverter a colocação dos eletrodos coloridos nos punhos e tornozelos é algo muito comum na hora de realizar um eletrocardiograma e é responsável por criar uma tendência para erros de interpretação do traçado pelos Cardiologistas.

Observar sempre as cores na ponta dos eletrodos e respeitar as posições.

Sempre que o Cardiologista observar a troca dos cabos, ele irá pedir para repetir o exame de forma correta e isso vai atrasar a entrega do laudo.

Observe que os 4 cabos mais compridos do eletrocardiograma são utilizados exclusivamente para colocação nos punhos e tornozelos.

Vamos lembrar aqui as posições corretas:

  • Punho direito – eletrodo VERMELHO
  • Punho esquerdo – eletrodo AMARELO
  • Tornozelo direito – eletrodo PRETO
  • Tornozelo esquerdo – eletrodo VERDE

Para decorar e nunca mais esquecer, a seleção brasileira verde – amarela fica do lado esquerdo do peito, perto do coração com a cor clara nas alturas.

O time vermelho e preto, mais básico, fica do lado direito, nas cores vermelho e preto, também com a cor mais clara nas alturas.

Parece bobagem, mas inverter as cores, implica em mudar de posição o coração e neste sentido, se o Cardiologista não estiver atento, vai descrever um laudo médico onde o paciente nasceu com o coração do lado direito. Imagine que erro grave!

2- Presença de interferências

Os artefatos, também chamados de interferências no traçado, são outro tipo de erro bastante comum.

É importante observar o preparo da pele no momento de colocar os eletrodos, usando sempre algodão com álcool para tirar a gordura da pele, passando várias vezes no mesmo local e não abusar no gel de condução.

Outras interferências comuns são a de rede elétrica e para isso sugerimos que use o notebook sem o cabo na tomada no momento do registro do exame ou use um aterramento na tomada do computador de mesa.

Se houver atividade muscular (tremor), procure observar a temperatura da sala e acalmar o paciente.

Ecg com interferência

Ecg com interferência

3- Má colocação dos eletrodos no tórax

Dos erros frequentes ao fazer Eletrocardiograma, este é o mais grave e você precisa ter cuidado redobrado.

Cada eletrodo de V1 a V6 tem seu lugar específico, não colocar os eletrodos no lugar certo pode acarretar num exame de menor qualidade, criando doença onde não existe.

A colocação muito alta de V1 E V2  perto do pescoço acarreta o distúrbio de ramo direito do feixe de His ou pobre progressão de R ou R grande em V1, V2 e V3.

No treinamento de eletrocardiograma como fazer, isso deve ser bem enfatizado.

São laudos de doenças que o paciente não apresenta, isso acarreta transtornos, mais gastos em exames desnecessários e compromete a credibilidade de sua empresa.

Abaixo é possível conferir na figura a posição correta dos eletrodos.

Eletrodos no tórax do paciente

Eletrodos no tórax do paciente

Imagine esse paciente que recebeu um ecg alterado e decide repetir o exame em outro lugar.

Certamente o seu concorrente vai cair em cima de ti e vai falar muito mal do seu serviço.

Sem contar no risco de ser processado pelo paciente e ter que pagar danos morais.

4-Cabo quebrado

O manuseio inadequado do cabo de ecg, a falta de cuidados ao guardar, principalmente quando ele é enrolado acaba quebrando os filamentos internos e isso impede a transmissão dos estímulos da pele para o aparelho de eletrocardiograma.

Sempre que o Cardiologista observar essa situação ele irá avisar para trocar o cabo.

É comum os funcionários insistirem em enviar o traçado do ecg com interferências mesmo após ter sido avisado que o aparelho está impossibilitado de continuar a realizar os exames.

Procure ter consciência de que o exame está prejudicado, não adianta insistir em enviar um exame mal feito, seu serviço terá um grande risco de processos.

Lembre que o médico não acompanha o exame e vai confiar no exame que você realizou.

A telemedicina Morsch disponibiliza cabos extras para serem trocados o mais rápido possível para não ficar sem os exames em seu serviço, basta entrar em contato.

No vídeo abaixo é possível observar a posição correta de guardar o cabo de ECG:

Neste link é possível acessar um conteúdo completo sobre artefatos que aparecem ao fazer eletrocardiograma.

Como fazer eletrocardiograma da forma correta

Marque o exame e solicite que o paciente se apresente meia hora antes, assim você se prepara com cadastros, arrumação da sala, correção de problemas que podem surgir ao ligar o computador.

Deixe cadastrado no computador os dados previamente para ganhar tempo, revise sempre para não trocar os nomes, datas de aniversários, endereços, convênios e tipos de ecg.

Veja se a temperatura da sala está adequada.

Certifique-se de que o aparelho de ecg tenha aterramento.

Chame o paciente da sala de estar e encaminhe para a sala de exame de ECG.

Explique que é um exame rápido, indolor e que pode ser entregue em poucos minutos ( nos casos em que a Telemedicina é usada para interpretação rápida do ECG).

De maneira objetiva, abordo aqui os passos para realizar ECG independente do tipo de aparelho de ECG que é usado no eletrocardiograma como fazer.

  1. Solicite que o paciente retire a roupa da parte de cima do corpo, mesmo nas mulheres
  2. Use um algodão e álcool para limpar a pele onde vai colocar os eletrodos, lembre que a gordura da pele não transmite o estímulo adequadamente
  3. Siga rigorosamente a anatomia do corpo humano para não errar nos locais dos eletrodos, principalmente no tórax do paciente, veja mais adiante fotos ilustrativas e vídeos
  4. Preste muita atenção na colocação dos eletrodos V1 e V2 – tenha como base que eles ficam entre os mamilos e não perto do pescoço
  5. Deixe o traçado ficar uniforme na tela do computador antes de registrar o exame, isso significa uma linha lisa, com os batimentos, sem um serrilhado que indica interferências
  6. Capte pelo menos dois registros limpos, sem interferências para enviar para o cardiologista
  7. Aproveite a telemedicina e envie pela internet o registro para o cardiologista e tenha o laudo em 30 minutos
  8. Imprima o resultado do eletrocardiograma e entregue ao paciente

Treinamento ECG: como fazer eletrocardiograma

Treinamento ECG: como fazer eletrocardiograma

Treinamento ECG: como fazer eletrocardiograma

Com o advento da EAD (educação a distância), ficou muito mais prático ter acesso a bons cursos para fazer eletrocardiograma de qualidade em seu serviço.

Não vejo necessidade de fazer cursos presenciais para observar os cuidados na realização do ecg.

A Telemedicina Morsch disponibiliza gratuitamente os cursos para os seus clientes, basta marcar um horário sempre que precisar.

É frequente a troca de funcionários nas clínicas, alta rotatividade que leva a prejudicar o andamento dos serviços.

Tendo parceiros como a Telemedicina Morsch, esse inconveniente não ocorre.

Para aqueles que ainda não utilizam nossos serviços, é possível ter uma prévia do nosso curso de ECG acessando esse link e baixando o material gratuito.

Abaixo, uma demonstração em vídeo de como fazer eletrocardiograma:

Recomendações de artigos de como fazer eletrocardiograma com qualidade

Como existem vários modelos de aparelhos de ecg, procurei publicar separadamente como manusear as principais marcas do mercado, assim, todo técnico em enfermagem poderá revisar os passos com segurança.

O primeiro artigo é sobre os cuidados gerais com os aparelhos de ecg.

CLIQUE AQUI para aprender a cuidar do aparelho de ECG

CLIQUE AQUI se vocé usa o  WINCARDIO

CLIQUE AQUI se você usa o ECGPC DA TEB

CLIQUE AQUI se você usa o ECG 6 HW 

CLIQUE AQUI se você usa o ECG da VENTRIX

Ainda não tenho aparelho de ecg, qual devo escolher?

Ainda não tenho aparelho de ecg, qual devo escolher?

Ainda não tenho aparelho de ecg, qual devo escolher?

Com a era da tecnologia, vale muito a pena escolher um aparelho digital.

Com ele é possível fazer o eletrocardiograma usando o computador e enviar para ser interpretado por uma empresa de telemedicina.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA AS PRINCIPAIS MARCAS DE ECG

Como vivemos uma era de transformação digital, existe no mercado várias marcas analógicas muito boas e que podem ser aproveitadas na Telemedicina.

O cliente pode usar o próprio smartphone para fotografar as tiras de ECG e enviar normalmente para ser interpretado numa plataforma de Telemedicina.

Utilizando um aplicativo da Telemedicina, o cliente não precisa de um computador para enviar exames para a Telemedicina, basta preencher os dados do paciente, escolher o exame e fotografar o registro feito em papel, de qualquer tamanho.

Também é possível escolher marcas de aparelhos usados, basta enviar para uma revisão e calibração na fábrica e iniciar seu serviço para fazer eletrocardiograma.

Não tenho cardiologista para laudar ecg, o que posso fazer?

Não tenho cardiologista para laudar ecg, o que posso fazer?

Não tenho cardiologista para laudar ecg, o que posso fazer?

A Telemedicina Morsch foi criada para auxiliar clínicas e hospitais de regiões remotas sem especialistas.

É possível com toda segurança em fazer eletrocardiograma em sua clínica e enviar para nossa plataforma de telemedicina onde um Cardiologista vai interpretar o ecg e liberar o laudo em 30 minutos.

Os exames interpretados na Telemedicina não se limitam apenas a Eletrocardiograma.

É possível interpretar a maioria dos exames a distância realizados por técnicos em enfermagem treinados.

Recebo o laudo de ecg com várias conclusões, como tomar a conduta certa?

Para auxiliar os médicos generalistas, escrevemos um manual de ecg muito didático, você pode baixar gratuitamente assim como muitos outros e-books na área de conteúdos do nosso site.

A qualidade e rapidez na execução dos exames é que define o quanto um serviço prospera num ambiente de alta competitividade.

É recomendável reuniões regulares com os responsáveis em fazer eletrocardiograma para avaliar como estão realizando os exames, assim é possível reduzir os problemas enfrentados e melhorar muito a produção e como consequência, seus lucros também aumentarão

Eletrocardiograma mal executado gera DANOS MORAIS

Precisamos ficar alertas para não termos problemas jurídicos. A cada dia milhares de pessoas entram com processos para cobrança de indenizações e ninguém deseja passar por esse inconveniente.

Lembre-se que o paciente tem todo direito de processar o serviço que não executou o exame dentro da técnica recomendada.

Se a clínica trocar os nomes, trocar datas de exames ou mesmo os registros de ecg, estará infringindo o código de defesa do consumidor e estará sujeito a penalidades que envolvem pagamento de grandes indenizações.

Vi acontecer isso com vários serviços de saúde que utilizaram funcionários sem treinamento adequado e acabaram falindo e fechando as portas.

CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS SOBRE OS DANOS MORAIS

Conclusão

Nesta postagem abordei os passos de como é possível fazer eletrocardiograma com qualidade, mesmo sem a presença de um especialista em tempo integral.

Os cuidados na realização do ecg vão desde a preocupação em não trocar os nomes dos pacientes, não trocar registros de ecg, até a posição correta dos eletrodos no corpo do paciente.

É possível realizar um bom curso de ecg mesmo a distância quando o assunto é eletrocardiograma como fazer.

Utilizar a Telemedicina é uma excelente alternativa para levar agilidade ao serviço, redução de custos e com o aumento da produtividade, levar o seu serviço para outro nível.

Se ficou com alguma dúvida, fique á vontade para perguntar.

Se achou esse conteúdo relevante, por favor assine nosso blog para receber sempre conteúdo de qualidade no seu e-mail e compartilhe com seus amigos e compartilhe nas redes sociais.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp