CID F60.3 – Transtorno de personalidade com instabilidade emocional (comportamento impulsivo)

Por Dr. José Aldair Morsch, 30 de setembro de 2022
CID F60.3

CID F60.3 é o código para Transtorno de personalidade com instabilidade emocional, conforme a Classificação Internacional de Doenças.

Aqui, apresento o significado do CID F60.3 e recomendações para uma conduta médica adequada.

Leia até o final para conhecer soluções que podem qualificar seu atendimento nesses casos.

CID F60.3: o que significa?

O CID F60.3 indica um transtorno de personalidade caracterizado pela tendência a agir de modo imprevisível.

Nele, o paciente apresenta mudanças repentinas no humor, comportamento impulsivo e tendência a acessos de raiva, principalmente se for contrariado ou censurado.

De acordo com a descrição do CID, dois tipos podem ser distintos:

  • Impulsivo: se caracteriza apenas pela instabilidade e falta de controle dos impulsos
  • Borderline: somam-se às características acima perturbações da autoimagem, do estabelecimento de projetos e das preferências pessoais, sensação crônica de vacuidade, relações interpessoais intensas e instáveis e tendências autodestrutivas e suicidas.

O CID F60.3 é uma das 10 subcategorias do CID F60 – Transtornos específicos da personalidade.

Ele exclui o transtorno da personalidade dissocial (F60.2).

Conduta médica para o CID F60.3

Neste tópico, apresento recomendações de diagnóstico e tratamento do CID F60.3.

Acompanhe as informações a seguir.

Diagnóstico

Com base no Manual Diagnóstico e Estatístico DSM-5, indico abaixo exemplos de perguntas a serem feitas durante a anamnese médica:

  • Como você se vê?
  • Você teme ser abandonado? Se sim, esse temor leva você a tomar alguma atitude?
  • Você se sente desvalorizado às vezes? Ou supervalorizado?
  • Você tem episódios de muita ansiedade?
  • Você costuma ter uma sensação de vazio?
  • Você sente raiva e tem alguma dificuldade para controlar esse sentimento?

Uma vez que este CID indica risco de suicídio, o tema deve ser abordado de forma cautelosa.

Indico aqui exemplos de perguntas e a sequência que elas podem ser feitas:

  • Você já quis dormir e não acordar mais?
  • O que vem à cabeça quando você pensa na morte?
  • Você já teve um impulso de ferir alguma parte do seu corpo? Se sim, o que o levou a isso?
  • Você já fez planos de se matar ou se ferir?

Para a confirmação do diagnóstico, outros transtornos devem ser descartados.

Diagnóstico diferencial

O manual indica condições que devem ser distinguidas do CID F60.3:

Em média, três entre cada quatro pacientes são mulheres.

Tratamento

O CID F60.3 não tem cura, mas os sintomas podem ser controlados com auxílio da psicoterapia.

Além disso, um psiquiatra pode prescrever medicamentos para situações de crise.

Entre eles:

  • Estabilizadores de humor
  • Antipsicóticos atípicos (de 2ª geração).

O uso de benzodiazepínicos e estimulantes não é indicado.

Serviços Morsch para o CID F60.3

Apresentei aqui informações sobre diagnóstico e tratamento do CID F60.3.

Se você tiver dúvidas, procure as soluções oferecidas pela Telemedicina Morsch.

Em uma teleconsultoria, você pode entrar em contato com um integrante da equipe de especialistas em diversas áreas médicas coordenada por mim.

Podemos dar informações e debater sobre diagnósticos complicados em uma conversa por telefone ou internet.

Se for preciso, também realizamos uma consulta com um especialista para ampliar a investigação com o conforto da telemedicina.

Também fornecemos uma segunda opinião médica, e nossa plataforma é referência em laudos de exames.

Conheça nossa plataforma realizando uma avaliação gratuita ou faça contato.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE