Profissionais da medicina do trabalho: qual a formação necessária

Por Dr. José Aldair Morsch, 9 de julho de 2018
profissionais da medicina do trabalho

Entrar no ambiente da Medicina Ocupacional implica em conhecer a formação dos profissionais da medicina do trabalho para decidir que área está de acordo com sua vocação e qual o melhor retorno financeiro esperado.

Não há dúvidas que o ramo de atividade médica voltado para atender empresas que necessitam de exame médico admissional, exame demissional ou periódico para seus colaboradores é bastante complexa.

Escolher a área de atuação requer um conhecimento de qual  formação profissional lhe é mais atrativa, bem como se as condições para sua efetiva formação estão de acordo com seu orçamento e seu tempo de dedicação.

Neste artigo exploro os tipos de profissionais que atuam na Medicina e segurança do trabalho e o tipo de formação necessária.

O melhor conceito de profissionais da medicina do trabalho

É o conjunto de pessoas com formações específicas para atuar numa Clínica de Medicina do trabalho pública ou privada.

Solicite um orçamento

Cada profissional tem sua própria formação e atribuições, sendo todas inter-relacionadas e o seu conjunto traz o benefício de atender colaboradores de empresas desde a sua contratação, exames periódicos, prevenção de acidentes do trabalho e exames demissionais.

O que é SESMET e sua relação com profissionais da medicina do trabalho

O SESMET é uma sigla usada para um serviço especializado em engenharia de segurança e medicina do trabalho.

A sua constituição depende exclusivamente de manter uma equipe completa de profissionais da medicina do trabalho para atender as empresas, tudo isso previsto na norma regulamentadora NR 04 da CLT.

Quais os tipos de profissionais da medicina do trabalho?

Os 7 profissionais que compõe os profissionais da medicina do trabalho e suas atribuições:

1- Médico do trabalho

Numa clínica de Medicina do trabalho, também chamada de Medicina ocupacional, o Médico do trabalho executa funções como:

1. Emitir o atestado admissional;
2. Fornecer o atestado de saúde ocupacional cuja sigla é ASO exame;
3. Realizar o exame periódico;
4. Emitir o Ppra que é um programa de prevenção de riscos ambientais;
5. Criar o Pcmso, um programa de controle médico de saúde ocupacional.

Neste artigo detalho todas as atribuições do médico do trabalho

Logicamente que para atuar como médico do trabalho, é necessário primeiro fazer a faculdade de medicina de 6 anos e devido à alteração da NR 4, pela portaria do Ministério do Trabalho n. 590/2014, os requisitos para que o médico seja considerado médico do trabalho são definidos pelo CFM.

Este, somente reconhece como especialista o portador de RQE (requerimento de especialista).

As formas de obtenção são:

  1. Residência Médica de 2 anos reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura).
  2. Aprovação em Concurso de Título de Especialista promovido pela ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho), com regras próprias como tempo de atuação na área.
  3. Os cursos de especialização em medicina do trabalho, que eram em geral de 1 ano,  não mais preenchem o requisito da NR4 como era no passado.

2- Enfermeiro do trabalho

O Enfermeiro do trabalho deve obrigatoriamente fazer uma faculdade de enfermagem de 4 anos e depois uma especialização em medicina do trabalho.

Atua exclusivamente na promoção da saúde, segurança e higiene nos ambientes de trabalho, focando em proteção na saúde dos colaboradores para diminuir a periculosidade e melhorar a qualidade de vida no seu espaço de trabalho.

3- Técnico em enfermagem do trabalho

Este profissional tem sua formação dentro do segundo grau que fornece a opção de título de técnico em enfermagem padrão para hospitais e clínicas e depois complementa com mais um ano focado em medicina do trabalho.

Fica responsável pelo ambulatório de uma empresa com um número significativo de colaboradores.

4- Ergonomista

Este profissional tem sua formação técnica complementar a qualquer área de médicos ou paramédicos, como biomedicina, farmácia, fisioterapia, nutrição, educação física e muitos outros.

É responsável por acompanhar ativamente os colaboradores em cada atividade que necessite vigiar a postura e inclusive melhorar a postura para não ter complicações ou até se recuperar de LER que são as lesões por esforço repetitivo.

5- Técnico em segurança do trabalho

Este profissional tem o segundo grau completo e é formado num curso técnico profissionalizante em segurança do trabalho.

Sua função é identificar as falhas nos campos da saúde, segurança e higiene nos locais de trabalho, planilhando tudo e entregando para os responsáveis aperfeiçoarem os programas de prevenção de acidentes.

Alguns exemplos de sua atuação:

– Identificar as necessidades nos campos da saúde, como atividades de postura, ergonomia;
– Avalia a segurança no ambiente de trabalho;
– Mede o nível de higiene nos locais de trabalho;
– Analisa áreas de combate a incêndio e saídas de emergência.

6- Auxiliar de enfermagem e segurança do trabalho

O auxiliar de enfermagem tem sua formação básica depois que passou no segundo grau em escolas públicas e privadas. O tempo de formação varia de acordo com o curso de sua região, sendo de 6 meses a um ano.

Desempenha a mesma atividade de um auxiliar de enfermagem num hospital.

Neste caso ele assume o ambulatório para medir sinais vitais, fazer curativos ou aplicar medicamentos.

É um apoio ao enfermeiro do trabalho.

7- Engenheiro em Segurança do trabalho

O Engenheiro em Segurança do trabalho adquire sua formação á nível universitário e está encarregado em fornecer ao médico do trabalho todas as informações do ambiente de trabalho necessárias para a criação dos programas de prevenção de acidentes do trabalho.

Na atividade de Saúde e segurança no trabalho, o engenheiro em segurança do trabalho presta sua assessoria em segurança do trabalho medindo índices de ruído, poeira, umidade, calor, luz, entre outros para que tudo chegue ao médico do trabalho e com os programas sugeridos, tudo fique adequado ao trabalho do colaborador.

Uma empresa de Assessoria em segurança do trabalho pode ter como responsável o engenheiro de segurança e medicina do trabalho e o médico do trabalho pode ser contratado para suas funções alguns dias da semana.

O ramo de Consultoria de segurança do trabalho é uma grande oportunidade para um empreendedor se instalar numa região e fazer um trabalho valorizado e altamente lucrativo.

profissionais da medicina do trabalho

Os profissionais da medicina do trabalho podem aproveitar a Telemedicina Morsch como parceira nos exames ocupacionais

Qualquer profissional de segurança e medicina do trabalho pode abrir sua clínica e oferecer exames ocupacionais e periódicos para os colaboradores das empresas.

A facilidade de contratar os aparelhos médicos em comodato com a Telemedicina Morsch, faz com que o investimento seja mínimo e o retorno muito significativo.

Com aparelhos médicos portáteis é possível marcar nas próprias empresas as visitas para realizar eletrocardiograma, espirometria, eletroencefalograma e entregar o resultado em 30 minutos.

Nesse link é possível entender mais sobre o comodato de equipamentos para a medicina ocupacional.

Em resumo, entrar no ambiente da medicina ocupacional envolve conhecer vários profissionais da medicina do trabalho.

Cada profissional tem sua própria formação e função dentro de uma clínica de medicina do trabalho e todos se comunicam.

Atender empresas e se responsabilizar pela medicina e segurança do trabalho dentro dos ambientes de cada colaborador vai trazer mais qualidade de vida dentro da empresa e maior produtividade com reflexo na lucratividade da empresa.

Se existe uma possibilidade de atuar nesse segmento, avalie sua condição financeira e tempo para escolher uma das 7 profissões dentro dos profissionais da segurança do trabalho.

Lembre-se que pode contar com a Telemedicina Morsch para contratar os aparelhos médicos e o laudo a distância para os exames ocupacionais.

Comente, compartilhe nas suas redes!

Não vai embora sem assinar nosso blog e receber conteúdos semanais no seu e-mail!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia pela PUC-RS. Pós-graduação em Cardiologia Pediátrica pela PUC-RS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp