Qual o melhor tratamento para sinusite e quais as chances de cura

Por Dr. José Aldair Morsch, 7 de março de 2022
Tratamento para sinusite

Inalação e medicamentos são formas comuns de tratamento para sinusite.

Na maioria das vezes, a doença se apresenta de modo agudo, com resolução rápida e sem necessidade do uso de antibióticos.

Nesses casos, a terapia foca no combate à inflamação, que resulta no desaparecimento dos incômodos.

A patologia costuma causar febre, dor de cabeça, congestão nasal, tosse com catarro, mau hálito e pressão interna na face.

No entanto, o tratamento precisa ser mais forte quando os sintomas são graves ou a sinusite é crônica.

Por exemplo, quando há febre alta por mais de 3 dias seguidos ou a doença se estende por mais de 90 dias.

A seguir, indico as opções terapêuticas disponíveis e cuidados de saúde para evitar complicações.

Visitar um médico regularmente está entre as principais medidas preventivas, facilitadas pela consulta online

Tratamento para sinusite: 5 opções

Antes de falar sobre os tratamentos, vamos voltar um passo para falar sobre a doença.

Sinusite é a inflamação dos seios da face ou paranasais, que são cavidades (buracos) nos ossos que rodeiam o nariz.

Por causa da proximidade, a patologia costuma aparecer junto com a inflamação das cavidades nasais (rinite).

Vírus de resfriados, bactérias, fungos e alergias podem desencadear a sinusite.

Quando o episódio é curto, durando menos de um mês, é chamada sinusite aguda.

Se os sintomas permanecerem por mais de três meses, a sinusite é crônica.

Vamos ver agora quais são as terapias disponíveis para tratar desse mal.

1. Inalação e medidas não medicamentosas

A sinusite é caracterizada pela entrada de líquidos nos seios paranasais, tanto por causa da inflamação quanto para combatê-la.

O quadro inflamatório ainda provoca inchaço nas membranas mucosas que pertencem à cavidade nasal, bloqueando a passagem para os seios da face.

Nesse cenário, medidas que diminuem o inchaço ajudam na drenagem dos líquidos e reversão do quadro.

Inalações com vapor e a ingestão de bebidas quentes causam esse efeito, aliviando incômodos como as dores de cabeça.

2. Sprays nasais

Partindo para as terapias que incluem medicações, vale citar aquelas administradas via spray nasal.

Oximetazolina e mometasona são alguns exemplos dessas substâncias.

Seu impacto também faz com que as membranas da cavidade nasal retornem ao tamanho normal, mas por um período determinado.

Daí a necessidade de adotar outras medidas combinadas para potencializar o tratamento.

3. Antibióticos

Particularmente eficientes para o controle de sinusite provocada por bactérias, os antibióticos devem ser ingeridos com moderação.

Isso porque, quando são empregados de forma indiscriminada, existe o risco de aumentar a tolerância dos agentes infecciosos e piorar a condição do paciente, fazendo com que a sinusite se torne mais perigosa e duradoura.

Contudo, sob prescrição médica, remédios como amoxicilina/clavulanato e azitromicina são fortes aliados na luta contra a sinusite intensa.

Tratar sinusite

A sinusite é uma inflamação do revestimento interno dos seios da face, causada por infecção viral ou bacteriana

4. Outros medicamentos

Dependendo do tipo, gravidade e limitações do doente, o médico pode receitar outras medicações para conter a sinusite.

Descongestionantes auxiliam na desobstrução da passagem aos seios paranasais, enquanto corticoides tem efeito anti-inflamatório e antialérgico.

Analgésicos também auxiliam no tratamento, diminuindo as dores na cabeça, e os antitérmicos baixam a febre.

5. Tratamento cirúrgico para sinusite

Em casos graves, pode haver obstrução severa ou até bloqueio no acesso aos seios paranasais, impedindo que a inflamação por sinusite regrida.

Essas situações exigem tratamento cirúrgico para a desobstrução e/ou retirada de agentes infecciosos que estão por trás da doença.

Um exemplo são os fungos, que desencadeiam problemas como a sinusite fúngica alérgica.

Neste caso, é necessária a reabertura dos seios paranasais por meio de cirurgia.

Tratamento caseiro para sinusite vale a pena?

Muitas vezes, os sintomas de sinusite atrapalham a rotina do paciente, prejudicando sua disposição e sono.

Para minimizar esses efeitos, o médico pode indicar inalações com vapor ou até com essência de plantas como o eucalipto.

Quem tem sinusite crônica ainda pode ser orientado a lavar as narinas com soro fisiológico ou uma solução feita de água e sal.

No entanto, essas práticas são complementares ao tratamento, que deve ser prescrito por um médico.

Postergar a avaliação do profissional abre margem para que a doença se agrave.

Qual o melhor tratamento para sinusite?

O melhor tratamento vai depender da condição clínica, tipo de sinusite e gravidade dos sintomas.

Portanto, não caia na armadilha da automedicação, pois o que funciona bem para um caso pode não ser o ideal para outro.

Há chance de cura no tratamento para sinusite?

Na maioria dos casos, sim.

Somente uma pequena parcela dos pacientes adquire a sinusite crônica, que costuma apresentar recidivas esporadicamente.

Assim, a doença é tratada e parece ter desaparecido por um tempo, mas retorna, exigindo novo tratamento.

Mesmo nessas situações, a terapia melhora a qualidade de vida.

Qual é o médico para sinusite?

Ao desconfiar de que está com sinusite, procure pelo otorrinolaringologista, ou, simplesmente, otorrino.

Esse especialista estuda e trata de problemas nos ouvidos, nariz, seios paranasais e garganta.

O clínico geral também pode conduzir o atendimento a essa patologia, que está entre as mais comuns.

A avaliação pode ser feita de maneira convencional ou via telemedicina, que é muito mais prática.

Consulte online com a Morsch

Usando a plataforma de teleconsulta Morsch, você e sua família se conectam com diversos médicos em poucos cliques.

Basta ter um dispositivo com acesso à internet e seguir nosso pequeno roteiro para marcar seu atendimento médico online com toda a comodidade.

Veja como é simples:

  • Acesse a página de agendamentos
  • Selecione a especialidade, Otorrinolaringologia ou Clínica Geral, e o profissional de sua preferência
  • Veja quais horários de agendamento estão disponíveis, ao lado da identificação do médico. Clique no mais adequado
  • Você será redirecionado para uma página de login. Se não tiver cadastro, selecione “Criar conta”
  • Preencha o formulário com informações de identificação e prossiga
  • Crie uma senha para acessar o sistema
  • Confirme o horário da teleconsulta e faça o pagamento
  • É possível anexar atestados, resultados de exames e encaminhamentos para dar mais informações ao médico
  • Pronto! Meia hora antes do atendimento, você vai receber o link de acesso à sala virtual via WhatsApp ou SMS.

 

Conclusão

Apesar de existir mais de uma opção, o tratamento para sinusite deve sempre seguir a recomendação médica.

Até porque o próprio diagnóstico da doença depende da avaliação do otorrinolaringologista ou do clínico geral.

Fuja de soluções milagrosas que só vão atrasar as medidas de combate à inflamação dos seios da face.

Gostou deste conteúdo e quer ficar ligado nos próximos?

Então, assine a nossa newsletter!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE