CID F41.2 – Transtorno misto ansioso e depressivo

Por Dr. José Aldair Morsch, 14 de fevereiro de 2022
CID F41.2

CID F41.2 é o código para transtorno misto ansioso e depressivo, conforme a Classificação Internacional de Doenças.

Neste texto, informo sobre o significado da CID F41.2 e apresento as recomendações para o tratamento adequado.

Leia até o final para conhecer também soluções que podem qualificar a assistência médica caso haja necessidade.

CID F41.2: o que significa?

Segundo o DATASUS, pacientes com CID F41.2 apresentam tanto sintomas de ansiedade como de depressão, simultaneamente:

“(…) sem predominância nítida de uns ou de outros, e sem que a intensidade de uns ou de outros seja suficiente para justificar um diagnóstico isolado”.

Dessa forma, pacientes com sintomas ansiosos ou depressivos com intensidade suficiente devem receber diagnósticos isolados das respectivas condições.

Essa condição também pode ser chamada de depressão ansiosa (leve ou não persistente).

O CID F41.2 é subcategoria de CID F41 – Outros transtornos ansiosos.

Conduta médica para o CID F41.2

Neste tópico, falo sobre procedimentos a serem adotados para diagnosticar e tratar pacientes com CID F41.2.

Acompanhe.

Anamnese

A anamnese médica se faz importante para identificar sintomas ansiosos ou depressivos e avaliar a intensidade de ambos.

Listo abaixo exemplos de perguntas:

  • Você se considera muito preocupado?
  • Você tem se sentido desanimado?
  • A preocupação e o desânimo têm a mesma intensidade?
  • Em que situações a preocupação ou o desânimo são mais fortes?
  • Você deixou de se interessar por alguma atividade?
  • Você se sente irritado?
  • Como estão o seu sono e sua alimentação?
  • Você se sente mais ou menos confiante do que o normal?
  • Como tem sido o convívio com pessoas próximas?
  • Você tem algum problema de saúde?
  • Você toma algum remédio? Se sim, há indicação médica?
  • Você usou recentemente alguma droga ilícita?

 

Especialidade

A área médica adequada para o atendimento de transtornos ansiosos como CID F41.2 é a psiquiatria.

É recomendável um acompanhamento psicoterápico concomitante ao tratamento.

Recomendações

Em relação ao tratamento de CID F41.2, embora seja um documento do governo da Espanha, vale observar o que diz o Guia de Boas Práticas Clínicas em Depressão e Ansiedade:

“Dado que o conhecimento atual da natureza e do tratamento do transtorno misto ansioso e depressivo é escasso, não existem, no momento, muitas evidências científicas para recomendar ou desencorajar nenhum tratamento em um nível suficiente.”

Nesse sentido, o documento traz algumas recomendações:

  • Investigar o histórico psiquiátrico do paciente
  • Na ausência de diagnósticos anteriores, considerar outras alternativas 
  • Estabelecer uma relação estreita com o paciente
  • Adotar técnicas cognitivo-comportamentais.

 

Medicamentos

O guia citado como referência também afirma haver eficácia no tratamento com antidepressivos.

Entre eles, estão:

  • Imipramina
  • Trazodona
  • Venlafaxina
  • Paroxetina.

 

Serviços Morsch para o CID F41.2

Neste texto, tratei da CID F41.2 – Transtorno misto ansioso e depressivo, incluindo diagnóstico e recomendações para o tratamento.

Para casos de necessidade, a Telemedicina Morsch conta com soluções sob medida para profissionais de saúde.

Entre elas está a consulta com um especialista para ampliar a investigação.

Mas nem sempre é necessário encaminhar o paciente.

Nesses casos, é possível buscar orientações por meio de teleconsultoria.

Para ambos os serviços, a equipe que coordeno conta com especialistas em áreas médicas diversas.

Também fornecemos uma segunda opinião médica e emitimos laudos de exames com agilidade.

Conheça nossa plataforma realizando uma avaliação gratuita ou faça contato.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE