CID R52 – Dor não classificada em outra parte do corpo

Por Dr. José Aldair Morsch, 5 de abril de 2022
CID R52

CID R52 é o código para Dor não classificada em outra parte, conforme a Classificação Internacional de Doenças.

Abordo neste material o significado da CID R52 e forneço informações para diagnóstico e alívio da dor.

Em seguida, apresento soluções para dar mais qualidade à assistência médica nesses casos.

CID R52: o que significa?

A CID R52 indica “dor não referida a qualquer órgão ou região do corpo em particular”, segundo consta no DATASUS.

Esta CID exclui:

  • Cefaleia (R51)
  • Cólica renal (N23).
  • Dor abdominal (R10.-)
  • Dor articular (M25.5)
  • Dor na coluna vertebral (M54.-)
  • Dor de dentes (K08.8)
  • Dor no dorso (M54.9)
  • Dor de garganta (R07.0)
  • Dor na língua (K14.6)
  • Dor lombar (M54.5)
  • Dor na mama (N64.4)
  • Dor de membro (M79.6)
  • Dor nas costas (M54.9)
  • Dor no ombro (M75.8)
  • Dor nos olhos (H57.1)
  • Dor de ouvido (H92.0)
  • Dor pélvica e perineal (R10.2)
  • Dor psicogênica (F45.4)
  • Dor torácica (R07.1-R07.4)
  • Personalidade caracterizada por uma síndrome álgica crônica (F62.8).

E possui quatro subcategorias:

  • R52.0: Dor aguda
  • R52.1: Dor crônica intratável
  • R52.2: Outra dor crônica
  • R52.9: Dor não especificada.

Quanto à duração, a dor é classificada em:

  • Aguda (inferior a 30 dias)
  • Crônica (superior a 30 dias).

Conforme seu mecanismo fisiopatológico, pode ser:

  • Nociceptiva
  • Neuropática
  • Mista.

As dores miofascial e fibromiálgica são apresentadas separadamente devido à prevalência e dificuldade de classificação.

Conduta médica para o CID R52

Apresento aqui informações para diagnosticar a CID R52 e listo algumas das classes de fármacos recomendados.

Escalas de dor

Primeiramente, com base no Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Dor Crônica, do Ministério da Saúde, apresento duas escalas amplamente usadas em diagnósticos de CID R52:

  • Escala Visual Analógica (EVA): o paciente indica a intensidade da dor com um número de 1 a 10
  • Escala de dor Leeds Assessment of Neuropathic Symptoms and Signs (LANSS): usada para determinar o tipo de dor, variando de 0 a 24, pontuação dividida entre aspectos qualitativos e sensitivos.

 

Diagnóstico

Listo abaixo informações para diagnóstico da CID R52.

  • Dor nociceptiva: há dano tecidual demonstrável e corresponde na escala LANSS a escores menores que 8 
  • Dor neuropática: costuma ser descrita como “queimação” “agulhada” e “dormência”, ter uma distribuição anatômica plausível e uma condição de base predisponente, como diabetes ou quimioterapia, e corresponde a escores superiores a 16 na escala LANSS
  • Dor mista: indica lesão simultânea de nervos e tecidos adjacentes, e tem escore na escala LANSS de 8 a 16 
  • Dor miofascial: segue ao menos um desses critérios: sensibilidade elevada sobre um ponto de espessamento muscular, resposta muscular local à manipulação do ponto-gatilho, reprodução da dor usual, dor referida, amplitude de movimento restrita, fraqueza sem atrofia ou sintomas autonômicos associados
  • Dor fibromiálgica: dor crônica disseminada e sintomas múltiplos como fadiga, distúrbio do sono, disfunção cognitiva e episódios depressivos.

 

Medicamentos

Conforme o tipo, podem ser prescritas as seguintes classes de medicamentos:

  • Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs): dor nociceptiva, mista e miofascial
  • Antidepressivos: dor neuropática, mista, fibromiálgica e miofascial
  • Anticonvulsivantes: dor neuropática e miofascial
  • Relaxantes musculares: dor fibromiálgica e mista
  • Opioides: dor neuropática refratária.

 

Serviços Morsch para o CID R52

Apresentei aqui o significado e informações sobre o diagnóstico e tratamento da CID R52.

Se ainda houver necessidade, a Telemedicina Morsch conta com soluções sob medida.

Entre elas está a teleconsultoria.

Trata-se de uma comunicação bidirecional com um de nossos especialistas para dirimir dúvidas e conversar sobre diagnósticos.

Mas você também pode encaminhar seu paciente a uma consulta com especialista para ampliar a investigação, ou pedir uma segunda opinião médica.

Também emitimos laudos de exames à distância, com rapidez e segurança.

Faça uma avaliação gratuita para conhecer a nossa plataforma ou entre em contato.

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG – Fundação Universidade do Rio Grande – RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE