Mamografia para homem e mulher tem diferença?

Por Dr. José Aldair Morsch, 9 de fevereiro de 2017
Exame de mamografia

Mamografia para homem? O câncer de mama também atinge os homens no mundo todo.

Mas em quais situações está indicado mamografia para homem?

No Brasil, ele responde por 25% dos novos casos que são diagnosticados todos os anos da doença entre as mulheres e não tem estatística nos homens.

Importância do diagnóstico precoce do câncer no homem e na mulher

Quando é detectado precocemente, as chances de cura são altas, ultrapassando a marca de 90%, por isso, é importante que as mulheres realizem os exames preventivos.

Atualmente, o acesso a eles está mais simples mesmo em locais mais afastados dos grandes centros urbanos, por causa da telemedicina e o fato de ela possibilitar análises de laudos à distância.

Solicite um orçamento

É recomendado que mulheres façam mamografia pelo menos uma vez por ano, a partir do momento em que completam 40 anos de idade.

Essa é a regra geral, mas pode variar de acordo com cada caso, por exemplo, para aquelas que possuem fatores de risco para o desenvolvimento da doença, como história familiar, não ter tido filhos, o médico pode pedir que o exame comece a ser feito antes, com cerca de 35 anos.

Além disso, também há casos em que é preciso fazer mamografia mais de uma vez por ano. É por isso que realizar o acompanhamento com um ginecologista é fundamental, afinal, ele é quem vai orientar como cada paciente deve proceder para cuidar da sua própria saúde.

A mamografia é feita por meio de um aparelho de raio-X, chamado de mamógrafo. Nos dias de hoje, a versão digital do exame é a mais utilizada, na qual esse raio é convertido em sinal elétrico e depois transmitido para o computador.

Ao contrário da convencional, nesse caso a imagem pode ser salva e recuperada eletronicamente, o que facilita o trabalho das empresas de telemedicina.

Tá, mas e sobre mamografia para homem?

É triste dizer que os homens só procuram recursos de saúde em último caso. No câncer de mama é uma desgraça, visto que ele é muito mais agressivo no homem que na mulher e é imprescindível um diagnóstico inicial da doença para ter chance de cura.

Já imaginou a reação quando falamos em mamografia para homem?

Quando está indicado mamografia para homem?

De maneira geral, os sintomas se comparam aos das mulheres e por isso não foi por acaso que primeiro comentei sobre os dados da doença nas mulheres e depois nos homens.

Claro que fui cavalheiro também, afinal, mulheres na frente!

Como homens não se importam em ler coisas de mulher, descrevo agora para que vocês valorizem e busquem a mamografia para homem numa investigação rápida para esclarecer a doença:

  • Aumento inexplicado do volume da mama
  • Mudança da sensibilidade no mamilo
  • Eliminação de qualquer substância líquida pelo mamilo
  • Presença de qualquer alteração no conteúdo da mama
  • Presença de algum caroço ao passar a mão enquanto se lava
  • História de familiar do sexo masculino que já teve câncer de mama

Como a Telemedicina é parceira na entrega do laudo do exame de mamografia?

Normalmente, quem conduz o exame é um técnico de radiologia, e não o médico diretamente.

Assim, depois que as imagens foram obtidas e armazenadas, elas podem ser enviadas para um especialista pela internet, usando uma plataforma de telemedicina na web em nuvem.

Isso tem trazido facilidades especialmente para as clínicas que ficam em regiões periféricas ou no interior, pois nelas o número de especialistas é escasso e eles nem sempre conseguem avaliar todos os exames com agilidade.

Atualmente, os laudos podem ser emitidos a distância, por um médico que trabalhe em outra região, sendo totalmente seguro e confiável.

Outra vantagem que a mamografia digital trouxe foi que o técnico ou o médico consegue trabalhar melhor as imagens por serem digitalizadas, buscando novos focos e ângulos.

Por consequência, a necessidade de produzir uma grande quantidade de imagens diferentes é menor e a paciente fica menos tempo exposta à radiação.

Inclusive, justamente por ser feita com base em radiação, a mamografia raramente é recomendada para mulheres mais jovens, antes dos 30 anos. Quando elas precisam de exames para avaliar as mamas, a ecografia mamária é mais comum.

Enfim, além de detectar precocemente o câncer de mama, a mamografia também mostra lesões benignas, como nódulos e calcificações.

Ela pode ser recomendada para homens, quando  observar o aumento anormal das mamas ou a presença de nódulos, visto que eles também podem ser acometidos por esse tipo de câncer e neste caso é mais agressivo que nas mulheres.

Gostou do artigo? Comente, compartilhe nas redes! Assine nosso blog!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp