Como contratar exames de Telemedicina

Por Dr. José Aldair Morsch, 14 de abril de 2015
Como contratar exames de Telemedicina

Tem dúvidas em como contratar exames de Telemedicina em sua Clínica? Neste artigo descrevemos o passo-a-passo sem enrolação.

O avanço da Telemedicina no mundo traz oportunidades para investimentos nesta área com a criação de empresas sérias e comprometidas com o cliente e também casos de oportunismo sem nenhuma regulamentação.

Você sabe o que é Telemedicina e Telessaúde?

Basicamente, a telessaúde oferece a estrutura completa de atendimento tanto de pacientes quanto para educação á distância.

Dentro da telessaúde entra a telemedicina exclusivamente com tecnologia para receber os exames realizados e entregar os laudos médicos.

Como o tema é bem abrangente e extenso, decidi escrever um artigo sobre o assunto.

Solicite um orçamento

BAIXE O MANUAL DE TELEMEDICINA NA PRÁTICA

Os 5 passos importantes para contratar exames de Telemedicina

Exames de telemedicina

Espirômetro Minispir da MIR

Os avanços tecnológicos proporcionaram um alcance extraordinário dos exames médicos, incluindo a telemedicina que hoje pode estar presente em qualquer local que tenha um computador e internet. Mostramos um aparelho de espirometria modelo MINISPIR que usa um notebook, também é comum realizar Eletrocardiograma ou Eletroencefalograma

 

1- Confirme se a empresa de telemedicina é registrada em todos os órgãos reguladores da profissão

A oferta anunciada acima é tentadora, porém qual a segurança por traz do aparelho fornecido, da plataforma de telemedicina em nuvem utilizada? Quem está por trás do sistema para interpretar os exames?

Escolha uma Clínica registrada nos conselhos de Medicina. Tanto a empresa que deve possuir diretor técnico médico quanto os próprios especialistas precisam ser registrados e ainda ter um RQE específico de sua área de atuação.

No mundo globalizado, a competição no mercado acontece muito rapidamente e não é diferente na Telemedicina.

Observamos empresas trabalhando com valores de serviços muito abaixo do mercado e ao analisar a estrutura, percebemos que não se adequam as normas regulamentadoras.

Objetivamente temos os seguintes registros de empresa e especialistas que laudam os exames rotineiramente no sistema de telemedicina.

A Empresa deve ser registrada no Conselho Regional de Medicina do seu estado e consequentemente o mesmo conselho registra no Federal de Medicina.

Os especialistas devem ser registrados no Conselho Regional do Estado onde reside e consequentemente o mesmo conselho registra no Federal de Medicina.

Para o especialista ainda é necessário o RQE que é o requerimento de especialidade registrada no Conselho Regional e Federal de Medicina.

2- Os aparelhos fornecidos em comodato devem ser registrados na ANVISA

É muito fácil adquirir aparelhos fabricados na China, com valores muito abaixo dos praticados pelas empresas brasileiras e obviamente sem regulamentação. Não aceite os aparelhos sem comprovação de registro na ANVISA.

Mesmo que você decida comprar, controle o impulso de economizar comprando um aparelho mais barato na internet, não vale a pena o risco, não tem manutenção nem calibração no Brasil.

Sem contar da multa que pode levar da fiscalização ou deixar de fazer contratos com empresas que exigem o registro.

3- Estrutura Compatível com o serviço e com técnico em Enfermagem 

Existe muita diferença na qualidade de um exame sendo feito por uma secretária treinada que nunca teve contato com o doente e o técnico em Enfermagem.

É um investimento e não despesa oferecer qualidade no seu serviço. O paciente percebe isso e acaba aceitando se submeter aos exames e indica para outros.

4- A plataforma de Telemedicina também deve ser registrada na ANVISA

Recentemente a ANVISA regulamentou os protocolos de segurança para a utilização dos softwares médicos em nuvem e tornou-se obrigatório seguir rigorosamente as diretrizes para trazer segurança na troca e armazenamento dos dados.

Procure avaliar se a empresa segue essas diretrizes e como ela armazena os dados dos seus pacientes.

Opte ainda por empresas que integrem o software com o prontuário eletrônico, isso traz mais agilidade nos serviços.

5- Formalize um contrato de serviços

Procure celebrar um contrato com a empresa que traga cláusulas claras, tempo de entrega dos laudos dentro do prometido. Multas são importantes para ambos os lados.

Caso não goste de burocracias, opte por empresas com a Telemedicina Morsch que oferece serviço de entrega de laudos á distância no sistema pré-pago. Você apenas fornece seus dados de cadastro na plataforma de telemedicina e faz sua própria compra quantas vezes necessitar, sem envolvimento com funcionários.

Tenho aparelhos analógicos, posso enviar os exames para a Telemedicina?

SIM, a digitalização dos exames de aparelhos antigos feitos em papel usando um scaner ou mesmo fotografando com smartphones por whatsapp permite o envio imediato pela internet para as centrais de análise de exame da telemedicina.

Os médicos especialistas que compõe o grupo acessam os registros em tempo real e fornecem o resultado para que o mais rápido possível o cliente, normalmente uma clínica com médicos generalistas ou pequenos hospitais para que consigam atender o paciente sem a necessidade de encaminhar para grandes centros.

Que exames de Telemedicina oferecem exatamente?

Existem empresas de Telemedicina que fornecem exames de um única especialidade, como é o caso da Telecardiologia, Teleradiologia, Teleneurologia.

A Telemedicina Morsch disponibiliza na mesma plataforma de Telemedicina todas as especialidades, com um grupo muito seleto de especialistas responsáveis por cada área atendida como:

  • Cardiologia – ECG, Mapa, Holter de ECG, ergometria, Risco cirúrgico
  • Pneumologia – Espirometria Clínica e ocupacional
  • Neurologia – Eletroencefalograma clínico e ocupacional, com mapeamento cerebral
  • Radiologia – Rx de tórax OIT, Radiologia geral, densitometria óssea, mamografia, tomografia, RNM

As centrais de telemedicina possuem toda a estrutura para atendimento, desde o fornecimento dos equipamentos na modalidade de comodato, treinamento dos técnicos para realizar os exames de Telemedicina e envio dos registros.

Também podem solicitar uma segunda opinião para os médicos que precisam discutir sobre o resultado dos exames, registro nos conselhos médicos, na verdade uma especialidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina.

A lista de exames realizados usando a Telemedicina é enorme, indo desde eletrocardiograma, eletroencefalograma, espirometria, até todos os exames da radiologia.

CLIQUE E CONHEÇA COMO FUNCIONAM OS EXAMES NA TELEMEDICINA

Posso utilizar exames de Telemedicina na medicina do Trabalho?

A resposta é SIM. A medicina do trabalho é a área da medicina que mais cresce com a Telemedicina. Usando os aparelhos portáteis é muito fácil de ir nas empresas e realizar os exames em tempo real e já entregar os resultados para a empresa e funcionários.

CLIQUE E SAIBA MAIS SOBRE A TELEMEDICINA E MEDICINA OCUPACIONAL

Veja abaixo um vídeo explicativo sobre os aparelhos usados.

Como pedir um orçamento para a Telemedicina Morsch?

A empresa de telemedicina disponibiliza vários canais de antedimento, desde o chat online, whatsapp, telefone fixo ou e-mail.

CLIQUE E SOLICITE UM ORÇAMENTO RÁPIDO PARA A TELEMEDICINAMORSCH

Este artigo foi relevante para você? Então compartilhe com seus amigos!

Ainda tem dúvidas? Ótimo, pergunte, terei o prazer em acrescentar as respostas no artigo! Assine nosso blog!

Dr. José Aldair Morsch
Dr. José Aldair Morsch
Cardiologista
Médico formado pela FAMED - FURG - Fundação Universidade do Rio Grande - RS em 1993 - CRM RS 20142. Medicina interna e Cardiologista pela PUCRS - RQE 11133. Pós-graduação em Ecocardiografia e Cardiologia Pediátrica pela PUCRS. Linkedin

COMPARTILHE

Entre em contato por WhatsApp
Enviar mensagem pelo WhatsApp